Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Publicações > Visualização > Índice de Massa Corporal e número de horas de sono: que relação com os hábitos alimentares

Índice de Massa Corporal e número de horas de sono: que relação com os hábitos alimentares

Título
Índice de Massa Corporal e número de horas de sono: que relação com os hábitos alimentares
Tipo
Trabalho Académico
Ano
2012
Autores
Costa, Francisca Mariana Duarte
(Autor)
FCNAUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências médicas e da saúde > Ciências da saúde
CORDIS: Ciências da Saúde
Instituições Associadas
FCNAUP - Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto
Outras Informações
Resumo (PT): Trabalho complementar (Trabalho de Investigação) realizado no âmbito da Unidade Curricular Estágio da Licenciatura em Ciências da Nutrição da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, sob orientação de Dr.ª Sílvia Pinhão (Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e Hospital de São João do Porto)
Abstract (EN): Resumo da tese: Introdução e objetivos: Há autores que sugerem que a privação do sono, um comportamento típico da sociedade moderna, desempenha um papel decisivo na obesidade. Assim foi objetivo verificar se existe alguma correlação entre o IMC e o número de horas de sono numa população com excesso de peso/obesidade. População e métodos: Recolha de dados antropométricos, dados sobre o sono (relatados) e a ingestão alimentar (avaliada por um questionário 24h anteriores), numa amostra de 97 mulheres com excesso de peso/obesidade, com idades entre os 18 e 65 anos, seguidas numa consulta de nutrição. Resultados: As doentes dormem uma médis de 6,2 horas por noite. A mediana de refeições é de 5 e o almoço é a refeição que mais contribui para o valor energético total (VET). Os hidratos de carbono são os nutrientes que mais contribuem para o VET e a mediana de ingestão de fritos e doces é de 1x/semana. O pão e a carne/pescado, são os alimentos mais frequentemente consumidos, os bolos, o açucar e a gordura de adição são os menos consumidos. As doentes que dormem maior número de horas apresentam ingestão energética superior, bem como maior ingestão proteica, consomem mais carne, pescado e ovo e, a refeição que menos contribui para o VET é a ceia. Não foi encontrada qualquer relação com o número de horas de sono e o IMC. Discussão e Conclusões: O número médio de horas de sono encontrado é inferior ao recomendado como saudável, embora nesta amostra não exista qualquer relação entre o IMC e número de horas de Sono.Thesis abstract: Introduction: Some authors suggest that sleep deprivation, behaviour typical of modern society, plays a decisive role in obesity. So it was aimed to determining whether there is correlation between BMI and the number of hours of sleep in a population with overweight/obesity. Population and methods: Anthropometric data collection, data on sleep (reported) and dietary intake (assessed by a questionnaire 24 hours earlier) was made using a sample of 97 women with overweight/obesity, aged between 18 and 65 years, followed in a nutritional consultation. Results: Our sample sleeps an average of 6.2 hours per night. The median is 5 meals a day and lunch is the meal that contributes most to the total energy value (TEV). Carbohydrates are the nutrients that contribute most to the TEV and the median intake of fried foods and sweets is 1x/week. The bread and meat/fish, are the most commonly consumed group foods, cakes, sugar and added fat are the least consumed. Patients who sleep more hours have higher energy intake and higher protein intake, eat more meat, fish and egg, and the meal that contributes least to the TEV is evening snack. We did not find any relation between number of hours of sleep and BMI. Discussion and conclusions: The average number of hours of sleep found is lower than recommended as healthy, although in this sample there is no relationship between BMI and number of hours of sleep.
Idioma: Português
Tipo (Avaliação Docente): Científica
Contacto: lcnup08050@fcna.up.pt
Referência: ID ALEPH= 000154243
Tipo de Licença: Clique para ver a licença CC BY-NC
Documentos
Nome do Ficheiro Descrição Tamanho
154243_1254TCD54 433.05 KB
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Reitoria da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-08-17 às 08:25:45 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias