Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FMUP
Hoje é domingo
Você está em: Início » MI227
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Morfofisiologia do Aparelho Digestivo

Código: MI227     Sigla: MAD

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Medicina

Ocorrência: 2018/2019 - 2S (de 11-02-2019 a 12-07-2019) Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Biomedicina
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Medicina

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIMED 344 Mestrado Integrado em Medicina- Plano oficial 2013 (Reforma Curricular) 2 - 6 57 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Fani Lourença Moreira Neto Regente
Paulo Manuel Barreiros de Castro Chaves Regente
Pedro Alberto da Graça Pereira Regente

Docência - Horas

Teórica: 0,07
Teorico-Prática: 1,14
Práticas Laboratoriais: 2,39
Seminário: 0,11
Outras: 0,36
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 0,07
Pedro Alberto da Graça Pereira 0,07
Teorico-Prática Totais 20 22,80
Mário André da Silva Santos 0,03
Marta Ramos Tavares da Silva 0,37
Mariana Isabel Fragão Rocha Marques 0,26
João Sérgio de Lima Soares Neves 0,59
Ana Isabel Gonçalves Ferreira 0,25
Andre Filipe Mendes Leite Moreira 0,03
Roberto Liberal Fernandes Roncon Albuquerque 0,26
Marina Felicidade Dias Neto 0,06
Rita Alexandra Afonso da Costa 0,03
Joaquim Adelino Correia Ferreira Leite Moreira 0,02
Jose Pedro Oliveira Pinto 0,45
António Avelino Ferreira Saraiva Silva 1,43
André de Sousa Ferreira 0,50
Mariana Marques Santos Pintalhão 0,37
Pedro Miguel Gonçalves Teixeira 0,10
Pedro Filipe Viana Ferreira Pinto 0,50
Ricardo José Araújo Ladeiras Lopes 0,59
Rui João Gonçalves Cerqueira 0,03
Hélio José da Costa Alves 1,00
João Manuel Palmeira Rocha Neves 0,25
Paulo Manuel Barreiros de Castro Chaves 0,02
Vasco Miguel Clara Lopes Galhardo 1,43
Luís Carlos Ferreira Mendonça 0,37
José Carlos Máximo Duarte 0,03
Ricardo Manuel de Pinto Vaz 1,00
Armando Cardoso 1,00
Sílvia Marta Araújo Oliveira 0,15
Gabriel Faria Da Costa 0,26
Pedro Filipe Vieira Pimentel Nunes 0,47
Pedro Alberto da Graça Pereira 1,00
Carla Alexandra Ribeiro dos Santos Araújo 0,23
Joana Oliveira Miranda 0,13
Marta Borges Canha 0,40
Daniel Humberto Pozza 1,43
Francisco Aguiar Vasques Novoa Faria 0,26
Diogo Alexandre Santos Ferreira 0,37
João Carlos Pinheiro Costa 0,25
António Henrique Pereira Neves 0,50
Ricardo Luís Castro e Silva Ferreira 0,38
Maria Dulce Cordeiro Madeira 0,50
Célia da Conceição Duarte Cruz 1,07
André Pedro Leite Martins Lourenço 0,02
Ricardo Manuel Alves Monteiro Fontes Carvalho 0,05
Jorge Filipe Miranda Rodrigues 0,50
Tiago Alexandre Ferreira Tuna 0,40
João Carlos Bettencourt de Medeiros Relvas 0,71
Fani Lourença Moreira Neto 0,36
Francisco Pereira Gonçalves 0,26
Práticas Laboratoriais Totais 20 47,80
Joaquim Adelino Correia Ferreira Leite Moreira 0,05
Carla Alexandra Ribeiro dos Santos Araújo 0,45
Fani Lourença Moreira Neto 0,36
Pedro Alberto da Graça Pereira 2,00
Célia da Conceição Duarte Cruz 1,07
Andre Filipe Mendes Leite Moreira 0,06
André Pedro Leite Martins Lourenço 0,05
Mariana Marques Santos Pintalhão 0,74
Daniel Humberto Pozza 1,43
João Manuel Palmeira Rocha Neves 0,25
Pedro Filipe Vieira Pimentel Nunes 0,95
Rui João Gonçalves Cerqueira 0,06
João Carlos Pinheiro Costa 0,25
António Avelino Ferreira Saraiva Silva 1,43
Roberto Liberal Fernandes Roncon Albuquerque 0,52
Maria Dulce Cordeiro Madeira 1,00
Luís Carlos Ferreira Mendonça 0,74
Sílvia Marta Araújo Oliveira 0,30
Ricardo Manuel de Pinto Vaz 1,50
Ricardo José Araújo Ladeiras Lopes 1,19
Marina Felicidade Dias Neto 0,12
Marta Ramos Tavares da Silva 0,74
Ana Isabel Gonçalves Ferreira 0,25
Ricardo Luís Castro e Silva Ferreira 0,77
Jose Pedro Oliveira Pinto 0,90
Armando Cardoso 2,00
João Sérgio de Lima Soares Neves 1,18
Paulo Manuel Barreiros de Castro Chaves 0,05
Francisco Aguiar Vasques Novoa Faria 0,52
Joana Oliveira Miranda 0,25
Jorge Filipe Miranda Rodrigues 1,00
André de Sousa Ferreira 1,00
Hélio José da Costa Alves 1,50
Ricardo Manuel Alves Monteiro Fontes Carvalho 0,09
Mariana Isabel Fragão Rocha Marques 0,52
Gabriel Faria Da Costa 0,52
João Carlos Bettencourt de Medeiros Relvas 0,71
António Henrique Pereira Neves 0,50
Mário André da Silva Santos 0,06
Pedro Filipe Viana Ferreira Pinto 0,50
Tiago Alexandre Ferreira Tuna 0,60
Vasco Miguel Clara Lopes Galhardo 1,43
Seminário Totais 1 0,11
Maria de Fátima Machado Henriques Carneiro 0,11
Outras Totais 25 9,00
Célia da Conceição Duarte Cruz 0,43
Rui João Gonçalves Cerqueira 0,08
João Sérgio de Lima Soares Neves 0,08
Armando Cardoso 0,23
António Henrique Pereira Neves 0,23
Mariana Marques Santos Pintalhão 0,08
Ricardo Luís Castro e Silva Ferreira 0,08
Ricardo Manuel Alves Monteiro Fontes Carvalho 0,08
António Avelino Ferreira Saraiva Silva 0,43
Roberto Liberal Fernandes Roncon Albuquerque 0,08
Jose Pedro Oliveira Pinto 0,08
André Pedro Leite Martins Lourenço 0,08
Ricardo Manuel de Pinto Vaz 0,23
Jorge Filipe Miranda Rodrigues 0,23
Pedro Filipe Viana Ferreira Pinto 0,23
Carla Alexandra Ribeiro dos Santos Araújo 0,08
Joana Oliveira Miranda 0,08
Luís Carlos Ferreira Mendonça 0,08
Pedro Filipe Vieira Pimentel Nunes 0,08
Pedro Alberto da Graça Pereira 0,23
Joaquim Adelino Correia Ferreira Leite Moreira 0,08
Ricardo José Araújo Ladeiras Lopes 0,08
Vasco Miguel Clara Lopes Galhardo 0,43
Tiago Alexandre Ferreira Tuna 0,23
Marta Ramos Tavares da Silva 0,08
João Carlos Bettencourt de Medeiros Relvas 0,43
Maria Dulce Cordeiro Madeira 0,23
Sílvia Marta Araújo Oliveira 0,08
Mariana Isabel Fragão Rocha Marques 0,08
Marina Felicidade Dias Neto 0,08
Daniel Humberto Pozza 0,43
André de Sousa Ferreira 0,23
João Manuel Palmeira Rocha Neves 0,23
Andre Filipe Mendes Leite Moreira 0,08
Fani Lourença Moreira Neto 0,43
Paulo Manuel Barreiros de Castro Chaves 0,08
João Carlos Pinheiro Costa 0,23
Hélio José da Costa Alves 0,23
Ana Isabel Gonçalves Ferreira 0,23
Francisco Aguiar Vasques Novoa Faria 0,08
Mário André da Silva Santos 0,08

Módulos

Código Nome
MI227_B Morfofisiologia do Aparelho Digestivo_B (HOS_PE07)
MI227_A Morfofisiologia do Aparelho Digestivo_A (Anatomia II_PE07)
MI227_C Morfofisiologia do Aparelho Digestivo_C (Fisiologia II_PE07)
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2019-03-04.

Campos alterados: Métodos de ensino e atividades de aprendizagem, Fórmula de cálculo da classificação final, Provas e trabalhos especiais, Melhoria de classificação, Programa, Componentes de Avaliação e Ocupação, Métodos de ensino e atividades de aprendizagem, Fórmula de cálculo da classificação final, Provas e trabalhos especiais, Melhoria de classificação, Programa, Componentes de Avaliação e Ocupação

Língua de trabalho

Português

Objetivos

O objetivo principal desta Unidade Curricular é a descrição da Anatomia, Histologia, Embriologia e Fisiologia do Aparelho Digestivo.

Resultados de aprendizagem e competências

No final desta unidade curricular o estudante deverá:

- Descrever os princípios gerais da Anatomia, Histologia, Embriologia e Fisiologia do Aparelho Digestivo. Estar familiarizado com a terminologia anatómica, possuindo capacidade de observação e técnica de descrição pelo recurso a terminologia adequada;

- Descrever a estrutura normal, macroscópica e microscópica, e o modo de funcionamento do sistema digestivo;

- Ter adquirido uma base de conhecimentos que possa ser utilizada nos vários campos da morfofisiologia e aplicada posteriormente noutras unidades curriculares do curso e na futura vivência clínica;

Outras competências a adquirir no decorrer do semestre:

- Capacidade de resolução de problemas;

- Autoaprendizagem;

- Pensamento crítico;

- Capacidade de avaliação prática do funcionamento dos vários aparelhos e sistemas;

- Identificação de problemas morfofisiológicos em casos clínicos selecionados.

Para o efeito adotar-se-á uma abordagem integrada morfofuncional com o envolvimento de Anatomistas, Histologistas e Fisiologistas.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Princípios gerais da fisiologia digestiva. Fisiologia do aparelho estomatognático. Mastigação e deglutição.

Regulação neuroendócrina da motilidade e secreção gastrointestinais. Fisiologia esófago-gástrica.

Fisiologia hepática. Fisiologia das vias biliares. Fisiologia do pâncreas exócrino. Fisiologia da secreção salivar.

Intestino delgado. Cólon e defecação. Transporte intestinal de água e eletrólitos. Digestão e absorção de glícidos e proteínas. Digestão e absorção de lipídeos, vitaminas e outros nutrientes.

Imagiologia do tubo digestivo. Patologia gastrointestinal: principais aspetos fisiopatológicos. Fisiologia integrada do aparelho digestivo - casos clínicos.

 

Desenvolvimento Embrionário do Aparelho Digestivo. Histologia da Cavidade Oral e do Trato Gastrointestinal. Histologia das Glândulas Anexas ao Aparelho Digestivo: Glândulas Salivares; Fígado e Vesícula Biliar; Pâncreas Exócrino. Sistema Neuroendócrino Difuso.

 

Anatomia geral do aparelho digestivo. Organização topográfica das suas vísceras. Boca, língua e glândulas salivares. Mastigação. Faringe e esófago. Deglutição. Estômago. Intestino delgado. Intestino grosso. Fígado e vias biliares. Pâncreas e canais pancreáticos. Irrigação arterial das vísceras abdominais. Sistema porta hepático. Anatomia geral do peritoneu.

Bibliografia Obrigatória

Young, B. Lowe, J.S., Stevens, A., & Heath, J.W; Wheater's Functional Histology - A Text and Colour Atlas, 5th edition, Churchill Livingstone, 2009
Sadler, T.W; Langman's Medical Embryology , 11ª Ed, Williams and Wilkins, 2009
Abraham L. Kierszenbaum anda Laura Tres; Histology and Cell Biology - An introduction to Pathology, Elsevier, 2012
R. L. Drake, W. Vogl, A. W. M. Mitchel; Gray's Anatomy for Students, Elsevier Churchill Livingstone, 2010
Gray's Anatomy, 40ª edição, ; S. Standring, Elsevier Churchill Livingstone, 2008
Walter F. Boron and Emile L. Boulpaep; Medical Physiology, 3rd Edition, Elsevier, 2016. ISBN: 9780323427968
John E. Hall; Guyton and Hall Textbook of Medical Physiology, Saunders, 2015. ISBN: 978-1455770052

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

O ensino da Unidade Curricular é distribuído sob a forma de aulas teóricas (total 4h), seminários (total 1h), aulas teórico-práticas (total 40h), perfazendo um total de 50 horas de contacto (incluindo 5h para avaliação).

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 110,00
Frequência das aulas 52,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

De acordo com o regulamento pedagógico da FMUP

Fórmula de cálculo da classificação final

O exame final consta de uma prova prática e de uma prova teórica.

A prova prática (P) será realizada para os três componentes para avaliação dos conhecimentos obtidos em Histologia e Embriologia, em Anatomia e em Fisiologia.

  •  A prova prática de Anatomia é do tipo “gincana” e consiste na identificação de 14 estruturas anatómicas. 
  • A prova prática de Histologia e Embriologia consiste na identificação de 8 estruturas no microscópio ou em fotografias de microscopia eletrónica.
  • A prova prática de Fisiologia consiste em 15 questões de Verdadeiro/Falso. 

 

Todas as provas práticas serão classificadas na escala de 0-20 valores. A classificação final da componente prática da unidade curricular será a média ponderada das classificações obtidas em Anatomia (40%), Fisiologia (33,3%) e Histologia e Embriologia (26,7%). A classificação final obtida nesta avaliação prática será utilizada para a obtenção da classificação da prova prática de Morfofisiologia do Aparelho Digestivo.

Os alunos que reprovarem ou faltarem à avaliação prática desta UC na época normal terão que repetir a avaliação prática na época de recurso. Serão admitidos a exame teórico os estudantes que, no conjunto das provas práticas, obtiverem uma classificação média mínima de 10 valores. Esta classificação mantém-se válida para as outras épocas de avaliação do ano letivo em curso para os estudantes que reprovem (ou faltem) na prova teórica.

 

A prova teórica (T) contempla perguntas de resposta aberta e curta e perguntas de escolha múltipla e engloba a avaliação dos conhecimentos obtidos em Histologia e Embriologia, em Anatomia e em Fisiologia. Privilegiará a integração de conhecimentos e a capacidade de decisão. A classificação final da prova teórica da unidade curricular será a média ponderada das classificações obtidas em Anatomia (40%), Fisiologia (33,3%) e Histologia e Embriologia (26,7%). Serão considerados aprovados no exame teórico os estudantes que obtiverem a classificação mínima de 10/20 valores. 

 Serão considerados aprovados no exame teórico os estudantes que obtiverem a classificação mínima de 10 valores. Só nesses casos será feito o cálculo da classificação final (CF) de acordo com a seguinte fórmula:

                                       CF = (2T + P) / 3

 

Para melhoria de classificação os estudantes terão que realizar novamente as provas práticas e teóricas, na época de recurso, sendo usadas as novas classificações para o novo cálculo da classificação final.

 




 

 


 

Provas e trabalhos especiais

avaliação contínua de Histologia e Embriologia consistirá em apontar corretamente 3 estruturas durante as aulas práticas e é indispensável para aceder à prova prática de Histologia e Embriologia.

A avaliação contínua do componente de Fisiologia incide sobre o desempenho global de cada turma nas aulas teórico-práticas e práticas.  Será atribuída uma majoração de 10%, uma penalização de 10%, ou de não alteração (0%) da nota prática final da componente de Fisiologia. A referida apreciação será aplicada a todos os estudantes inscritos na turma, que estiverem inscritos na UC pela primeira vez no ano académico em curso. Esta apreciação apenas será válida para o ano curricular em curso.

Melhoria de classificação

Os pedidos de melhoria de classificação implicam a realização, de novo, dos exames prático e teórico nas três componentes da UC (anatomia, fisiologia e histologia e embriologia).
A classificação final de melhoria resulta do cálculo ponderado das classificações obtidas no conjunto de provas (prática + teórica) de uma só fase. 

 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Medicina da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-19 às 22:20:28 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais