Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
FAUP
Você está em: Início > Notícias > Palácio do Bolhão, projecto de reconversão de José Gigante, reabre no Dia Mundial do Teatro

Notícias

Palácio do Bolhão, projecto de reconversão de José Gigante, reabre no Dia Mundial do Teatro

Reconversão do Palácio do Conde de Bolhão

O Palácio do Conde do Bolhão, no Porto, reabre a 27 de Março, Dia Mundial do Teatro, após nove anos de obras e com inauguração prevista para o fim da tarde.

O projecto de reconversão é da autoria de José Gigante, Docente na FAUP, João Gomes e Manuel Fernando Santos.

O Palácio do Conde do Bolhão foi "adquirido pela Câmara Municipal do Porto e cedido, em regime de comodato, por um período de 50 anos à Academia Contemporânea do Espetáculo /Teatro do Bolhão, que se responsabilizou pelas obras de restauro e adaptação, cujo custo rondou os 2,8 milhões de euros e contou com fundos do QREN", refere o site de notícias da Câmara Municipal do Porto.

"O Palácio, espaço classificado como Monumento de Interesse Público, foi a residência de António Alves de Sousa Guimarães, barão e, posteriormente, conde do Bolhão, um local procurado para a realização de bailes e festas entre a burguesia do século XIX. Foi construído em meados do século XIX, hospedou a família real e foi palco de festas sumptuosas (Camilo Castelo Branco era um dos habitués). Mais tarde passou à posse de Emílio Biel, editor alemão e um dos precursores da fotografia em Portugal, acolhendo a famosa Casa Biel".

+ info
www.porto.pt

Teatro do Bolhão
Teatro do Bolhão (reconversão do Palácio do Conde de Bolhão) - Porto, 1999/2015 da autoria deJosé Gigante / João Gomes / Fernando Santos © direitos reservados





Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-04-25 às 23:28:47