Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Cursos/CE > M:ERSI
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Cursos

Mestrado em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos

InformaçãoO curso/CE encontra-se acreditado pela Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES).
Transição MERSI: Consultar

O Mestrado em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos visa a formação avançada de profissionais particularmente qualificados para a análise, o planeamento, a instalação e a administração de sistemas complexos e distribuídos de armazenamento, processamento e comunicação de dados, habilitados para desempenhar funções de grande responsabilidade e liderança em contextos complexos, multidisciplinares e com foco na inovação, ou para prosseguir para doutoramento. Entre as diversas funções para as quais um Mestre em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos pode ser chamado incluem-se, por exemplo, o planeamento de infraestruturas para redes complexas de computadores e respetivos serviços, a gestão e administração de sistemas cloud, a coordenação e gestão de tarefas relacionadas com a implementação de software, a análise aprofundada da segurança e do risco inerente à integração dos sistemas de informação, ou a elaboração de orçamentos para a instalação, manutenção e atualização de sistemas informáticos.

Estrutura do curso

Este segundo ciclo de estudos de 120 ECTS está organizado em dois anos letivos (quatro semestres). O primeiro ano é constituído por um conjunto organizado de unidades curriculares semestrais, a que correspondem 60 ECTS, cuja aprovação confere um diploma de curso de mestrado, não conferente de grau, em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos. O segundo ano é constituído por uma dissertação de 48 ECTS de natureza científica, original e especialmente realizada para este fim, cuja defesa em provas públicas permitirá a obtenção do grau de Mestre em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos, complementada por unidades curriculares totalizando 12 ECTS.
O plano de estudos inclui sete unidades curriculares obrigatórias, sendo seis na área científica de Ciência de Computadores e uma na área científica de Gestão. Inclui também duas unidades curriculares de Opção Específica em áreas de grande relevância para o ciclo de estudos e duas de Opção Genérica a escolher entre as unidades curriculares de segundo ciclo na área de Ciência de Computadores oferecidas na FCUP, dando aos estudantes algum grau de liberdade para realizarem unidades curriculares da área de CC que, podendo não ser tão diretamente relevantes para o ciclo de estudos, considerem úteis para o seu percurso académico e profissional. Inclui ainda 6 créditos ECTS em unidades curriculares de Opção U.Porto, que poderão ser quaisquer unidades curriculares da Universidade do Porto de segundo ciclo ou de competências transversais.

Horário e língua de ensino

O curso funciona em horário diurno. A lecionação e os materiais disponibilizados poderão ser em português ou em inglês, sendo dada preferência ao inglês sempre que estejam presentes estudantes que não dominem a língua portuguesa. Por isso, os candidatos devem ter um bom domínio da língua inglesa.

Saídas Profissionais

A diversidade de funções para as quais um mestre em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos está habilitado garante um elevado grau de empregabilidade, nomeadamente em empresas que desenvolvem ou comercializam software, prestam serviços de telecomunicações fixas e/ou móveis, prestam serviços de consultadoria no planeamento e administração de redes e sistemas informáticos, incluindo computação em nuvem, ou que fabricam ou comercializam hardware. Poderão ainda facilmente integrar departamentos de informática ligados a diferentes tipos de organizações (empresas, serviços, universidades, etc.) nas áreas de saúde, banca, seguros, produção de conteúdos multimédia, etc.

Condições de Acesso

Os candidatos devem satisfazer uma das seguintes condições:

  1. Ser titular do grau de licenciado em Ciência de Computadores, Engenharia Informática, Ciências de Engenharia Informática, Ciências da Computação ou Informática, ou do grau de licenciado ou mestre numa área afim considerada como adequada pela comissão científica do ciclo de estudos;
  2. Ser titular de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado numa das áreas referidas no ponto anterior;
  3. Ser detentor de um currículo escolar, científico ou profissional que a comissão científica do curso reconheça como suficiente para atestar a capacidade para a realização deste ciclo de estudos.

Para os candidatos não detentores do grau à data de candidatura, mas em condições de conclusão até à data de inscrição no ciclo de estudos, deverá ser feita evidência da média curricular à data de candidatura, bem como das unidades curriculares em falta para a obtenção do grau de licenciado.

Critérios de Seleção e Seriação

Serão seriados em primeiro lugar os candidatos que tenham o grau de licenciado em licenciatura adequada (Ciência de Computadores, Engenharia Informática, Ciências de Engenharia Informática, Ciências da Computação, Informática, ou áreas afins).

A seriação será feita atendendo aos seguintes critérios e subcritérios:

  • Currículo académico (área de formação e média obtida) (85 %)
    • Área de formação (30%)
    • Média aferida da licenciatura (70%)

    A média aferida da licenciatura é obtida normalizando a média final de licenciatura, (arredondada para o inteiro mais próximo) para a escala de 0 a 20, somando-lhe o valor ln(R/r), e arredondando à décima; sendo ln o logaritmo natural e sendo R e r os rankings mundiais da Universidade do Porto e da instituição conferente do grau do candidato expressos em http://www.webometrics.info, respetivamente. Os candidatos que ainda não possuam grau de licenciado e/ou tenham currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente, serão seriados de acordo com os critérios e subcritérios acima indicados, mas substituindo a média final de licenciatura pela média ponderada das unidades curriculares realizadas.

  • Currículo científico e experiência profissional (15%)
    • Publicações e comunicações técnicas e/ou científicas (50%)
    • Participação em projetos de investigação, em estágios na área do ciclo de estudos ou outra experiência profissional relevante (50%)

Critério de desempate:

Em caso de empate, será usado como primeiro critério de desempate a média aferida da licenciatura, e como segundo critério de desempate o resultado de uma entrevista ao candidato para aferir os seus conhecimentos técnicos e a sua adequação às caracterísiticas do mestrado, sendo dada prioridade a candidatos que demonstrem um maior domínio sobre conhecimentos básicos em Ciência de Computadores, Redes e Sistemas Informáticos.


Idioma de Lecionação

  • Em Português e parcialmente em Inglês

Informações


Contactos

Diretor do Curso: m.ersi.diretor@fc.up.pt
Secção de Pós-Graduação: pos.graduacao@fc.up.pt
Estudantes do curso: m.ersi@fc.up.pt

Dados Gerais

Código Oficial: MB92
Diretor: Rui Prior
Sigla: M:ERSI
Grau Académico: Mestre
Tipo de curso/ciclo de estudos: Mestrado
Início: 2021/2022
Duração: 4 Semestres

Planos de Estudos

Diplomas

  • Mestrado em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos (120 Créditos ECTS)
  • Curso de Mestrado em Engenharia de Redes e Sistemas Informáticos (60 Créditos ECTS)

Áreas Científicas Predominantes

Cursos/Ciclos de Estudos Antecessores

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2024-02-22 I  Página gerada em: 2024-02-27 às 08:03:50 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias