Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Notícias > Encontro | Piscina de Marés Sharing Memories | Partilhar Memórias

Encontro | Piscina de Marés 'Sharing Memories | Partilhar Memórias'

9 de setembro de 2021, 14h00-18h00, videoconferência



A FAUP, em parceria com a Câmara Municipal de Matosinhos e a Casa da Arquitectura, organiza o encontro online "Piscina de Marés - Sharing Memories | Partilhar Memórias", no âmbito do projeto "Keeping It Modern - Piscina de Marés" financiado pela Fundação Getty.

O encontro pretende constituir um momento de partilha e registo de memórias, testemunhos e imagens da piscina que assinalou este ano 55 anos desde a sua inauguração e, recentemente, foi alvo de um profundo e minucioso trabalho de reabilitação, que incluiu a construção de novos espaços de apoio e um aumento da área de permanência ao ar livre.

As obras de reabilitação foram realizadas pela Câmara Municipal de Matosinhos, sendo o processo de gestão e conservação da obra objecto de estudo pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto no âmbito do projecto "Keeping It Modern - Piscina de Marés", financiado pela Fundação Getty.

Todos os anos, nas marés vivas, o mar leva o que não é essencial.
Naquele sítio, um maciço rochoso interrompe três linhas paralelas:
encontro do mar e do céu, da praia e do mar, longo muro de suporte da via marginal.
Alguém pensou em proteger uma depressão desse maciço, utilizando-a como piscina de marés.

Álvaro Siza (01 Textos)


O Encontro | Piscina de Marés - Sharing Memories | Partilhar Memórias terá lugar no dia 9 de setembro de 2021, a partir das 14h00, através do canal YouTube FAUPlive.

Abertura
| 14h00 

João Pedro Xavier, Director da FAUP
Fernando Rocha, Vice Presidente da Câmara Municipal de Matosinhos
Nuno Sampaio, Director da Casa da Arquitectura
Susan Macdonald, Head of Buildings and Sites - Getty Conservation Institute
Álvaro Siza

painel 1
Pierluigi Nicolin
Giovanni Chiaramonte
Dominique Machabert
Brigite Fleck
Nuno Grande


painel 2
Peter Testa
Wilfred Wang
Christian Gänshirt
Jonathan Sergison

painel 3
Luis Martínez Santamaría
Juan Domingo Santo
Michel Touissant
Luís Urbano
Alexandre Alves Costa

painel 4
Joaquim Moreno
Eduardo Fernandes
Roberto Cremascoli
Filipa Guerreiro,
José Cabral Dias
e Ana Alves Costa


painel 5
Teresa Novais
Carlos Machado
Pedro Leão Neto
Nuno Brandão Costa
Ana Tostões

Encerramento | 18h00 
Teresa Cunha Ferreira

Rui Póvoas

*a confirmar


Comissariado: Teresa Cunha Ferreira e Filipa Guerreiro.

Mais informações brevemente disponíveis.

As sessões serão faladas em português, inglês, francês, italiano e espanhol, sem tradução.
Programa sujeito a alterações (sem aviso prévio).
Este evento é passível de ser registado e divulgado pela FAUP através de fotografia e vídeo.

A FAUP não emite declarações de presença ou assistência online do evento.

.


Alexandre Alves Costa

Alexandre Alves Costa
Estágio no Laboratório de Engenharia Civil com Nuno Portas.
Arquitecto pela Escola Superior de Belas Artes do Porto em 1966.
Professor Catedrático Emérito da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.
Participou em cursos, seminários ou mesas redondas e proferido conferências em Portugal e no estrangeiro.
Tem bibliografia publicada, parcialmente recolhida, em quatro volumes: Introdução ao Estudo da História da Arquitectura Portuguesa e Outros Textos, FAUP publicações, 2ª edição, Porto, 2007; Candidatura ao Prémio Jean Tschumi, Ordem dos Arquitectos, Lisboa, 2005; Textos Datados, e/d/arq, Coimbra, 2007. Centralidade do Real, e/d/arq, Coimbra,2018.
Membro do Conselho Editorial do "Boletim" da Universidade do Porto, da Revista "Monumentos", da DGPC e do "Jornal dos Arquitectos" (n.º 195 a 217 e a partir do nº 233) da Ordem dos Arquitectos.
Exerce a profissão liberal, em co-autoria com Sérgio Fernandez, desde 1970, com obra construída, quase totalmente publicada e largamente premiada.
Agraciado com o grau de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada. Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos. Medalhas de Mérito (Ouro) das Cidades de Vila Nova de Gaia e do Porto.

anc Jorge Carvalho anc Teresa Novais

ANC arquitectos 
Fundado em 1991 por Jorge Carvalho e Teresa Novais. Ambos são licenciados pela FAUP. O reconhecimento do aNC arquitectos traduziu-se em diversos prémios, entre os quais: Menção Honrosa, Prémio João de Almada 2019, Prémio da IX Bienal Ibero Americana de Arquitetura e Urbanismo 2014 e Nomeação para o Mies van der Rohe  Award 2011. aNC foi o atelier local na obra Casa da Música, projeto de Rem Koolhaas / O.M.A. São ambos professores auxiliares convidados, Jorge Carvalho no dARQ da Univ. de Coimbra e Teresa Novais na Escola de Arquitetura da Universidade do Minho.

Ana Tostões

Ana Tostões
Arquitecta, crítica e historiadora da Arquitectura. Professora Catedrática no IST-Universidade de Lisboa, presidente do Docomomo Internacional e editora do Docomomo Journal desde 2010. Durante o seu mandato o Docomomo, que trata da arquitectura moderna no mundo, passou de uma organização maioritariamente europeia para uma dimensão global coordenando mais de 70 países nos cinco continentes. O seu campo de pesquisa é a história da arquitectura e do urbanismo modernos. Sobre estes temas, publicou livros e artigos científicos, foi curadora de exposições, participou em júris, comités científicos e realizou palestras. Comissariou a Exposição “Arquitectura do Século XX em Portugal”, patente no CCB e no Deutsches Architektur Museum em Frankfurt. Publicou Idade Maior, Cultura e Tecnologia na Arquitectura Moderna Portuguesa (FAUP, 2015) galardoada com o Prémio da X Bienal Ibero-Americana de Arquitectura y Urbanismo e editou Arquitectura Moderna em África: Angola e Moçambique distinguido com o prémio Prémio Gulbenkian da Academia Portuguesa de História. Investigadora responsável do projecto “Curar e Cuidar” focado no estudo crítico dos equipamentos de saúde construídos em Portugal no século XX, acabou de publicar o livro Cure & Care, architecture and health (2020).

Brigitte Fleck

Brigitte Fleck
Nasceu em 1943. Estudou arquitectura na Technical University Stuttgart. Entre 1971 e 85 trabalhou para o Senado de Berlim e convidou Álvaro Siza para participar no concurso „Görlitzer Bad” que resultou no projeto habitacional „Bonjour Tristesse“. Publicou diversos livros sobre Álvaro Siza: a primeira monografia em alemão, uma seleção especial de Álvaro Siza „City Sketches“, uma publicação sobre a „Bouça“ (com Wilfried Wang) e uma extensão edição sobre a „Malagueira – Álvaro Siza in Évora“.

Carlos Machado

Carlos Machado
Concluiu o Curso de Arquitectura na Escola Superior de Belas Artes do Porto em 1987 e o Doutoramento em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto em 2006, com uma tese dedicada à Arquitectura Portuguesa Contemporânea. É docente da FAUP desde 1988.
Desenvolve projectos de arquitectura como profissional liberal a partir de 1983 e foi colaborador no escritório do arquitecto Eduardo Souto de Moura em 1990/91.
Participou em Congressos e Ciclos de Conferências sobre arquitectura e fotografia de arquitectura. Foi um dos organizadores do Ciclo de Conferências Discursos de Arquitectura realizado na ESPAP em 1990/1.
Publicou artigos sobre arquitectura e ensino da arquitectura em revistas, catálogos e monografias nacionais e internacionais.
Enquanto Professor Auxiliar lecciona as Unidades Curriculares "História da Arquitectura Contemporânea" (MIArq) e "Teoria da Arquitectura Contemporânea" (PDA) na FAUP, instituição na qual desenvolve atividade como investigador.

Christian Gänshirt

Christian Gänshirt 
É Visiting Professor no Politecnico di Milano. Foi Professor Associado no Xi’an Jiaotong-Liverpool University, em Suzhou, China; Visiting Professor na University of Hong Kong e Kassel University, Alemanha. Ensinou no Virginia Tech, UdK Berlin, Leibniz University Hanover, e Brandenburg University of Technology, instituição na qual completou o doutoramento. Estudou arquitectura na Karlsruhe University, Alemanha, e na École Polytechnique Fédérale, em Lausanne, Suiça. Trabalhou com Álvaro Siza e José Paulo dos Santos, no Porto.

Dominique Machabert

Dominique Machabert
É jornalista independente, autor e professor na Ecole Nationale Superieure d’Architecture de Clermont-Ferrand (França). O interesse pelo mundo português levou-o a publicar textos e entrevistas com personalidades encontradas no seu percurso (Álvaro Siza, Eduardo Souto de Moura, Manoel de Oliveira…). Mais que um especialista, tournou-se num contador de histórias de um movimento chamado Escola do Porto que se revelou, pela sua discricão no princípio, uma expressão importante e incontornável da produção arquitectónica contemporânea.
Publicou, escreveu e traduziu vários livros e textos.
"Des mots de rien du tout - Palavras sem importancia", textos de Álvaro Siza reunidos e traduzidos em francês por Dominique Machabert (Publication de l’Université de Saint-Etienne, 2002); "Créer la ville, paroles d’architectes" (livro colectivo : Le Monde, Éditions de l’Aube, 2003); "Siza au Thoronet - Le parcours et l’½uvre" (Parenthèses, 2007. A+U, 2010); "Álvaro Siza, une question de mesure" (Le Moniteur, 2008). Álvaro Siza, uma questão de medida (Caleidoscópio, 2009); "Imaginer l’évidence", texto de Álvaro Siza, tradução francesa Dominique Machabert (Parenthèses, 2012); "Eduardo Souto de Moura, au Thoronet, le Diable m’a dit…" (Parenthèses 2012); "Les Universalistes, 50 ans d’architecture portugaise" (colectivo - Parenthèses 2017).

Eduardo Fernandes

Eduardo Fernandes
Nasceu no Porto, em 1966.
Professor Auxiliar do Mestrado Integrado em Arquitetura da Universidade do Minho.
Investigador integrado do Grupo "SpaceR" do Laboratório de Paisagens, Património e Território (LAB2PT) da UM.
Licenciado em Arquitetura pela FAUP em 1992. Mestre em Planeamento do Ambiente Urbano pelas FAUP e FEUP em 1998. Doutorado em Cultura Arquitetónica pela EAUM em 2011, com a tese A Escolha do Porto, contributos para a actualização de uma ideia de Escola.
Autor de diversos projetos e textos publicados, dos quais se destacam os livros Guia de Arquitectura de Guimarães (Argumentum, 2012), Representações de Poder do Estado em Portugal e no Império (editado com Fátima Ferreira, Circo de ideias, 2019) e A Escrita do Porto: Antecedentes (Afrontamento, 2021).

Giovanni Chiaramonte

Giovanni Chiaramonte
Fotografo, nasce nel 1948 a Varese. Sviluppa come tema principale della sua opera il rapporto tra luogo e destino nella civiltà occidentale in decine di monografie e mostre in sedi espositive come Gropius Bau di Berlino, Deutsches Architekturmuseum di Francoforte, Museo di Arte Moderna di Caracas, Triennale di Milano, Biennale di Venezia, Hunter College di New York, CCA di Montréal.
Per le riviste “Lotus”, “Domus”, “Casabella”, “Area”, “DA” ha pubblicato più di 100 servizi fotografici sugli edifici dei più importanti architetti contemporanei.
È accademico dell’Accademia di San Luca.
Insegna Storia e Teoria della Fotografia all’Università IULM in Milano.

Jonathan Sergison

Jonathan Sergison 
Licenciou-se em arquitectura em 1989 na Architectural Association, Londres, e em 1996 fundou com Stephen Bates o atelier Sergison Bates architects, tendo em 2010 inaugurado um segundo escritório em Zurique. Ensinou na Architectural Association e foi Visiting Professor na ETH Zurich, EPF Lausanne, Oslo School of Architecture, ETSAB Barcelona e Harvard Graduate School of Design. Desde2008, é Professor na Accademia di Architettura em Mendrisio, Suiça, na qual é também diretor do Institute of Urban and Landscape Studies.

Juan Domingo Santos

Juan Domingo Santos
Arquitecto, professor de Projectos Arquitectónicos na Escuela Técnica Superior de Arquitectura de la Universidad de Granada (Espanha). Em 2011, venceu com Álvaro Siza o Concurso Internacional de Ideias "Átrio da Alhambra". Em 2014, recebeu o prémio FAD de Pensamiento y Crítica com o livro La tradición innovada. Escritos sobre regresión y modernidad.
Com o seu trabalho desenvolve uma linha de investigação em torno do património e paisagens através do Laboratorio de Arquitectura y Territorios en Transformación.

Luis Martinez Santa-Maria

Luis Martinez Santa-Maria
É arquitecto e professor de Projectos Arquitectónicos na Escuela Técnica Superior de Arquitectura de Madrid. Foi membro do Consejo Director de la Academia de España em Roma (2012), Membro da Comisión de Calidad de la Ciudad de Madrid (2010-2011), Membro da Comisión para la Protección del Patrimonio Histórico Artístico del Ayuntamiento de Madrid (2012-2018) e Diretor da coleção de livros La Cimbra da Fundación Caja de Arquitectos (2005-2015). É autor dos livros: El árbol, el camino, el estanque ante la casa (2004), Intersecciones (2005), El libro de los cuartos (2011), Principios (2012), Superposiciones (2018), Contacto (2020) y La expresión del peso (2021), este último livro também publicado em inglês. Recebeu o Prémio Extraordinario de Tesis Doctorales de la UPM (2000), Primeira Menção no III Concurso Bienal de Tesis de Arquitectura (2001), Prémio COAM (2005) e Beca de la Real Academia de España en Roma (2012). Prémio de Arquitectura del Ayuntamiento de Madrid (1991), Prémio Manuel Oraa (1997), Prémio ASCER (2005), Prémio Hispalyt (2009), Prémio Plata Fritz Höger (2014), Prémio FAD (2017) e Prémio Luis Moreno Mansilla (2017).

Michel Toussaint

Michel Toussaint
Professor Jubilado da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa
Doutorado em Teoria da Arquitetura (FAUTL)
Diretor do Jornal Arquitectos/JA (1993-2000)
Publicou/escreveu livros, mas também mais de uma centena de artigos e ensaios em livros, revistas, catálogos e comunicações académicas em Portugal e noutros países.
Escreveu e foi coordenador científico de monografias sobre edifícios, guias de Arquitetura (cidades e arquitetos) publicados pela A+A desde 2013.

Nuno Brandão Costa

Nuno Brandão Costa 
Formou-se na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) em 1994, onde se doutorou em 2013 e lecciona desde 1999, sendo actualmente professor auxiliar de Projecto 4, unidade curricular que lecciona desde 2001.
Coordenador com José Miguel Rodrigues da opção E "Teoria e Práticas de Projecto" do Programa de doutoramento da FAUP.
Entre 1992 e 1993 realizou um estágio curricular com Herzog & de Meuron em Basileia na Suiça,
Foi nomeado para o prémio "Mies Van der Rohe", 2008, BSI - Swiss Architectural Award, 2012 e o Prémio FAD, 2017.
É-lhe atribuido o Prémio revelação e mérito "Jornal Expresso - SIC" em 2004, o Prémio Secil em 2008 e o Prémio Vale da Gândara em 2011.
Nomeado com Sérgio Mah, curador da Representação Oficial Portuguesa na 16ª Bienal de Arquitectura de Veneza, 2018.

Nuno Grande

Nuno Grande
Nasceu em Luanda, em 1966.
Arquiteto, crítico, curador e Professor Associado da Universidade de Coimbra (DARQ/UC). Licenciado pela Universidade do Porto (1992) e doutorado pela Universidade de Coimbra (2009), onde é investigador do Centro de Estudos Sociais (CES). É coordenador do CoimbraStudio - Programa de Doutoramento em Arquitetura da Universidade de Coimbra.
Comissariou exposições internacionais de Arquitetura em Lisboa, Porto, Paris, Veneza, São Paulo e Rio de Janeiro. Possui livros e artigos publicados sobre Arquitetura Portuguesa, dentro e fora de Portugal.

Pedro Leão Neto

Pedro Leão Neto
Arquitecto licenciado pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP, 1992), mestre em Planeamento e Projecto do Ambiente Urbano (FAUP-FEUP, 1992), doutor em Planning and Landscape (Universidade de Manchester, 2002) e pós-doutorado (FAUP, 2018).
Professor e Investigador na FAUP, é coordenador do grupo de investigação Arquitetura, Arte e imagem (AAI) e das Edições scopio, sendo Editor-in-chief da revista científica Sophia Journal e Investigador Principal (PI) do projeto de Investigação Visual Spaces of Change (VSC) referência POCI-01-0145-FEDER-030605.
Regente das unidades curriculares de Comunicação de Projeto de Arquitetura e de Fotografia de Arquitectura, Cidade e Território, o seu campo de investigação é focalizado no universo da Arquitectura, Arte e Imagem. Em volta deste universo publicou e editou mais de 30 livros e mais de 100 artigos científicos, com mais de 100 citações scholar Google, dos quais se destacam como autor 3 artigos SCOPUS com 14 citações. Foi PI de 5 projectos de Investigação financiados por fundos competitivos, organizou 6 conferências Internacionais focalizadas nas temáticas de Arquitetura e Fotografia, com artigos revistos por pares e atas publicadas, foi curador de 25 exposições e 10 concursos internacionais. Participou ainda em 93 júris, 20 comités científicos e 16 palestras por convite algumas das quais em diversas universidades Europeias.

Peter Testa

Peter Testa 
É co-fundador do atelier Testa & Weiser Architects em Los Angeles, e Professor no Southern California Institute of Architecture (SCI-Arc). O seu trabalho é apresentado regularmente exposições em várias partes do mundo e integra as coleções permanente do CCA, MoCA, and othersentre outros. Recebeu diversos prémios, tais como o MIT Innovation Award, Municipal Art Society of New York Architecture Award, e NEA Design Arts Award. Foi professor na Columbia, Harvard, e MIT. Antes de estabelecer a sua prática profissional, colaborou com Álvaro Siza em projectos na Europa e Estados Unidos.

Pierluigi Nicolin

Pierluigi Nicolin
Laureato nel 1967 al Politecnico di Milano. Parte del gruppo vincitore del Concorso Internazionale per la Nuova Sede dell’Università delle Calabrie (1972). Nel 2004 dopo la proposta urbanistica dei Nove Parchi (1995) sviluppa per Milano il progetto per l’area Garibaldi Repubblica. In particolare ha svolto un’intensa attività pubblicistica e editoriale con la rivista Lotus International (dal 1978) che gli è avvalsa la Medaglia d’oro dell’architettura italiana della Triennale (2003). Nel 2011 ha realizzato ‘La porta di Milano’ presso l’aeroporto di Malpensa e da ultimo (2021) ha vinto con Sonia Calzoni il Concorso Internazionale di Progettazione del museo Novecentopiùcento a Milano. Dal 2009 al 2012 è Presidente della Commissione per il Paesaggio del Comune di Milano. Nel 2016 membro del Comitato scientifico della Ventunesima Esposizione della Triennale di Milano.

Wilfried Wang

Wilfried Wang
Nasceu em Hamburgo, estudou arquitectura em Londres; em conjunto com Barbara Hoidn, fundou o atelier Hoidn Wang Partner em Berlim. Desde 2002 tem a cátedra O’Neil Ford Centennial Professor in Architecture na University of Texas at Austin.
Ensinou em Londres no Polytechnic of North London, na University College, na ETH Zurich, na Harvard Graduate School of Design e na Universidade de Navarra.
É membro da Academia Real de Belas Artes de Estocolmo, membro da Akademie der Künste, Berlim, Doutor Honoris Causa pelo the Royal Institute of Technology, de Estocolmo, e membro honorário da Ordem dos Arquitectos.

.



poster

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-12-08 às 03:01:52 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais