Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Edifício da Reitoria

Memória U.Porto

U.Porto - Edifícios com história

Edifício da Reitoria

Fotografia da Vista aérea do edifício da Reitoria da U.PORTO, em 1953 / Photo of Aerial view of the Rectory building U.PORTO in 1953O edifício sede da Universidade do Porto, em pleno centro histórico da cidade, acolhe atualmente a Reitoria e dois museus: o Museu de História Natural e o Museu de Ciência, ambos instituídos em 1996. Construído e remodelado ao longo de mais de um século, nele esteve instalada a Academia Real de Marinha e Comércio (1803-1837) e a Academia Politécnica do Porto, que lhe sucedeu (1837-1911). O espaço pertencia ao Colégio dos Meninos Órfãos, que aí se manteve até meados do século XIX. O edifício do Colégio era do tipo conventual, com quatro alas em torno de um claustro, ocupando a igreja (de Nossa Senhora da Graça) o lado Norte.

O primeiro desenho arquitetónico da Academia Real de Marinha e Comércio da Cidade do Porto é da autoria do arquiteto e professor lisboeta José da Costa e Silva (1747-1819) e foi mais tarde revisto por Carlos Luís Ferreira de Amarante (1748-1815), arquiteto autodidata, engenheiro de pontes, desenhador, gráfico e ilustrador.

Para a concretização da obra concorreram a Câmara Municipal do Porto, a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro e o imposto "do real de vinho" ou "subsídio literário". A morosidade da construção ficou a dever-se à instabilidade económica e política do país, mas também à necessidade de se adaptarem as instalações às diversas funcionalidades do edifício.

Fotografia do Patamar da escadaria nobre do edifício da Reitoria com busto de Gomes Teixeira / A bust of Francisco Gomes Teixeira, 1st Rector of the University of Porto, can be seen on the landing (Photo)Durante a segunda metade do século XIX, a responsabilidade das obras esteve a cargo do engenheiro e professor Gustavo Adolfo Gonçalves de Sousa (1818-1899) e do engenheiro António Ferreira de Araújo e Silva (…).

Em 1911, com a criação da Universidade do Porto, a Academia Politécnica foi desmembrada e parcialmente integrada na Faculdade de Ciências. No edifício da atual Praça de Gomes Teixeira, por essa altura designada Praça dos Voluntários da Rainha, instalaram-se a Reitoria, a Faculdade de Ciências com os seus museus e laboratórios, bem como uma Escola de Engenharia, anexa a essa Faculdade.

Fotografia da Sala do Conselho, no Edifício da Reitoria - Galeria de retratos de antigos reitores / Photograph of the Council Hall, in the Rectory Building - Gallery of Portraits of Former RectorsNa madrugada do dia 20 de abril de 1974, um devastador incêndio destruiu parte do edifício, então ocupado pela Faculdade de Ciências, pela Faculdade de Economia e pela Reitoria da Universidade. Quer o fogo, quer a água utilizada para o debelar provocaram estragos avultados nas coberturas, em diversos pisos, nos arquivos, na decoração e no mobiliário. A recuperação deu lugar a intervenções profundas na estrutura do edifício e na sua distribuição no espaço, em particular no corpo Norte. É desta época que data a criação de um piso suplementar sob a cobertura, assim como a introdução de novas caixas de escadas e elevadores e instalações sanitárias, entre outras.

Em 1976, a Reitoria viu-se obrigada a mudar de instalações, tendo ido ocupar o imóvel do antigo Centro de Instrução e Condução Auto do Porto, na Rua de D. Manuel II. O regresso ao edifício de origem deu-se apenas em 2006.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2012-01-31 Página gerada em: 2017-09-26 às 12:08:32