Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Departamentos > Imuno-Fisiologia e Farmacologia
Opções

Imuno-Fisiologia e Farmacologia

Sigla: IMFF
Responsável: Paula Ferreira da Silva
Missão: O Departamento de Imuno-Fisiologia e Farmacologia tem como atividades principais o ensino e a investigação científica.
É constituído por 3 laboratórios principais - Laboratório de Fisiologia, Laboratório de Imunologia Mário Arala Chaves e Laboratório de Farmacologia e Neurobiologia. As atividades de ensino e investigação são desenvolvidas por 15 docentes, 4 técnicos superiores e 3 técnicos de laboratório, coadjuvados por diversos estudantes de doutoramento, mestrado e licenciatura.


Ensino

O Dept. IMFF tem a responsabilidade do ensino de várias disciplinas no âmbito da Imunologia, Fisiologia e Farmacologia dos Mestrados Integrados em Medicina (MED), Medicina Veterinária (VET) e Bioengenharia (BIOENG), dos Mestrados em Bioquímica (MBIOQ), Ciências do Mar e Recursos Marinhos (MCMRM) e Medicina Legal (MML), e das licenciaturas em Ciências do Meio Aquático (CMA) e Bioquímica (BIOQ) do ICBAS. É, ainda, responsável pela formação pós-graduada ao nível de terceiro ciclo, nomeadamente nos Programas Doutorais de Neurociências (PDN, colab. FMUP), Farmacologia e Toxicologia Experimentais e Clínicas (PDFTEC, colab. com FMUP e FFUP) e Biotecnologia Molecular e Celular Aplicada às Ciências da Saúde (colab. FFUP).

Investigação científica

No Dept. IMFF estão em curso vários projetos de Investigação Científica desenvolvidos no seio dos seus grupos de trabalho. Para a prossecução destes projetos os investigadores do Dept. de IMFF contam com a colaboração de várias instituições e com financiamento externo (Fundação para a Ciência e a Tecnologia, Fundação Calouste Gulbenkian, Comunidade Europeia, etc.).
• Investigação sobre o papel das purinas (ATP e seus metabolitos) na sinalização celular como base para a descoberta de novos alvos para o tratamento de diversas doenças humanas (e.g. miastenia gravis, epilepsia, hiperatividade da bexiga, doença inflamatória intestinal, hipertensão pulmonar, disfunção eréctil, osteoporose). Estes estudos têm sido realizados no Laboratório de Farmacologia e Neurobiologia em colaboração com diversos grupos nacionais e estrangeiros, usando culturas celulares, modelos animais de doença e recursos metodológicos sofisticados, tais como:
  1. imagiologia celular em tempo real com recurso à microscopia de fluorescência e confocal
  2. microdissecção a laser.
  3. eletrofisiologia associada a fotoestimulação e quimiodeteção,
  4. radiomarcadores.
  5. identificação de metabolitos por ELISA, HPLC e espectrometria de massa.
  6. diversas técnicas de biologia molecular.
• Na área da Imunologia, os elementos do Dept. IMFF dedicam-se maioritariamente ao estudo de Proteínas imuno-moduladoras de origem microbiana como factores de virulência e da sua aplicabilidade como antigénios vacinais ou na prevenção/terapia da autoimunidade. Este trabalho decorre em colaboração com o Dept. de Engenharia Biológica e com a Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho, com o Instituto Gulbenkian de Ciência, com o grupo de Imunobiologia do Instituto de Biologia Molecular e Celular (IBMC – Porto), com investigadores do Instituto de Ciências e Tecnologias Agrárias e Agro-alimentares (ICETA), com a Faculdade de Medicina de Coimbra e com a Área de Imunologia da Universidade de Vigo.
Email: pauferr@icbas.up.pt
Telefone: 220428215

Laboratórios

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-07-28 às 10:52:05 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais