Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Publicações > Visualização > MIDAS - Museus e Estudos Interdisciplinares (01)

MIDAS - Museus e Estudos Interdisciplinares (01)

Título
MIDAS - Museus e Estudos Interdisciplinares (01)
Tipo
Trabalho Académico
Ano
2013
Autores
Rodrigues, Paulo Simões
(Editor)
Outra
A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Casaleiro, Pedro
(Editor)
Outra
A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Silva, Raquel Henriques da
(Editor)
Outra
A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. A pessoa não pertence à instituição. Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Humanidades
CORDIS: Humanidades
Outras Informações
Resumo (PT): A ideia de criar a MIDAS surgiu como um imperativo num momento de viragem para os museus em Portugal e para as áreas de estudo que lhes estão correlacionadas. Designadamente porque em Portugal se está a assistir a uma mudança de conjuntura, de encerramento de um ciclo que se iniciou na década de 1930, com João Couto, em que o sistema se concentrou sobretudo na promoção da qualificação técnica e académica dos quadros dos museus nacionais, que passou, inclusive, por formação especializada realizada no estrangeiro e da qual decorreu a também especialização de objetivos e tarefas das instituições museológicas e a qualificação dos recursos e dos espaços. Nos últimos anos também se tem assistido à consolidação da oferta formativa (Mestrados e Doutoramentos) nas áreas da Museologia e do Património nas instituições de ensino superior portuguesas, muitas delas já em processo de balanço, avaliação e transformação. 2O novo ciclo dos museus que se começou a desenhar com a entrada no século XXI e que a criação da MIDAS também quer assinalar é o da permanente reinvenção da ideia de Museu, mercê da pluralidade das realidades passíveis de serem classificadas hoje como museológicas, em que até a tradicional dimensão física do museu é problematizada. A MIDAS propõe que se repense o museu enquanto projeção de um processo cultural, por vezes ideológico e até político. Daí a intencionalidade programática da nossa opção pelo título MIDAS - Museus e Estudos Interdisciplinares, que afirma como fundamental a convocação de outros saberes quando necessários a uma melhor compreensão das realidades museológicas, cada vez mais complexas e cada vez menos contidas entre as paredes do museu, e que à pluralidade do museu atual corresponde uma sua maior integração e participação nas dinâmicas e nos principais debates das sociedades contemporâneas. 3A MIDAS – Museus e Estudos Interdisciplinares apresenta-se como uma revista universitária, editada em suporte digital, de acesso aberto e com revisão científica. Pretende dar a conhecer e promover o Museu enquanto objeto de investigação científica e a Museologia enquanto área do conhecimento que congrega diferentes grupos disciplinares. A abrangência internacional permitirá uma leitura comparativa de diferentes circunstâncias nacionais. Além dos artigos, a inclusão de secções especializadas dedicadas à História da Museologia e a recensões confere uma necessária vertente de natureza epistemológica ao projeto. 4Neste primeiro número, da constante reinvenção do museu dão notícia Joana Ganilho Marques, com os Museus Contemporâneos, e Carmen Pérez Almagro, em Las estructuras de Emilio Pérez Piñero en la musealización de dos espacios singulares. Maria Lucia de Niemeyer Matheus Loureiro e José Mauro Matheus Loureiro (Documento e musealização: entretecendo conceitos), assim como Marcus Granato e Guadalupe do Nascimento Campos (Teorias da Conservação e desafios relacionados aos acervos científicos) colocam o enfoque na transdisciplinaridade dos museus, quer em relação à definição de conteúdos, quer no que concerne aos critérios de conservação. Com Joana d'Oliva Monteiro retomamos a noção do museu enquanto exposição, com a mostra A Natureza-Morta na Europa. Segunda parte: séculos XIX-XX (1840-1955), exibida na galeria do Museu da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. A Museologia enquanto objeto de estudo e a literatura museológica são também motivo de reflexão, designadamente para Irene Vaquinhas (A museologia como campo de estudo nas universidades portuguesas: esboço de evolução, pertinência e atualidade) e Jesús Pedro Lorente (Revistas museológicas en la actualidad: una panorámica global).
Idioma: Português
Tipo (Avaliação Docente): Científica
Contacto: http://midas.revues.org/72
Notas: CHAIA - Centro de História de Arte e Investigação Artística; CIDEHUS - Universidade de Évora; Museu de Cência da Universidade de Coimbra; FLUP; FCT; Les Cahiers des Revues.org
Documentos
Não foi encontrado nenhum documento associado à publicação.
Publicações Relacionadas

Dos mesmos autores

Midas - Museus e Estudos Interdisciplinares (02) (2013)
Trabalho Académico
Semedo, Alice; Rodrigues, Paulo Simões ; Casaleiro, Pedro ; Silva, Raquel Henriques da

Das mesmas áreas científicas

Midas - Museus e Estudos Interdisciplinares (02) (2013)
Trabalho Académico
Semedo, Alice; Rodrigues, Paulo Simões ; Casaleiro, Pedro ; Silva, Raquel Henriques da
Novas Leituras 8 (2012)
Publicação Didática
Alice Amaro; António Leal
Ideias e Imagens, História da Cultura e das Artes, 10º Ano (2013)
Publicação Didática
Maria José Goulão

Ver todas (177)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Letras da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-02-25 às 23:18:31 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais