Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Cooperação > PROGRAMAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES

Cooperação

PROGRAMAS DE MOBILIDADE PARA ESTUDANTES


Acordo de Cooperação - MOBILE (Brasil, América Latina)

A FEUP promove o Programa MOBILE - Mobilidade de Estudantes do Ensino Superior entre a FEUP e Instituições Congéneres da América Latina.

Um dos principais objetivos deste Programa é promover o intercâmbio de estudantes dos cursos de graduação entre a FEUP e as Universidades do Brasil com quem mantém protocolos de cooperação.

Os estudantes podem realizar um semestre de estudos com reconhecimento académico.

Para o efeito, terá de se candidatar à 1.ª call (dezembro/janeiro) para o 1.º e 2.º semestres do ano letivo seguinte ou à 2.ª call (setembro) para o 2.º semestre desse mesmo ano letivo em que concorre. 

Para mais informações: FEUP - Fase de Pré-candidaturas e Seleção dos Candidatos (IES)

Início da Página

Acordo de Cooperação - SMILE - Rede Magalhães

A FEUP pertence à Rede Magalhães, constituída por parceiros da União Europeia, América Latina e Caraíbas.

Esta Rede promove um programa de intercâmbio designado SMILE, que permite aos estudantes, provenientes das instituições que tenham acordos celebrados para mobilidade, que realizem um semestre de estudos com reconhecimento académico.

Para o efeito, terá de se candidatar à 1.ª call (dezembro/janeiro) para o 1.º semestre do ano letivo seguinte ou à 2.ª call (agosto/setembro) para o 2.º semestre desse mesmo ano letivo em que concorre. 

Para mais informações: FEUP - Fase de Pré-candidaturas e Seleção dos Candidatos (IES)

Instituições com as quais a FEUP estabeleceu acordo SMILE (informação sujeita a atualização):
#Argentina
Instituto Tecnológico de Buenos Aires
#Brasil
Universidade de São Paulo – POLI
Univ. Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho
Universidade Federal do Rio de Janeiro - POLI
#Chile 
Universidad de Chile - Facultad de Ciencias Físicas y Matemáticas
Universidad Técnica Federico Santa María
Pontifícia Universidad Católica do Chile
#Colômbia 
Universidad de los Andes
Pontificia Universidad Javeriana
#México
Instituto Politécnico Nacional
Instituto Tecnológico y de Estudios Superior de Monterrey
#Panamá
Universidad Tecnológica de Panamá
#Peru
Pontifícia Universidad Católica del Perú
#Venezuela
Universidade Simón Bolívar

Início da Página

Programa Estudos - Almeida Garrett (Portugal)

O programa Almeida Garrett é um programa de mobilidade interna de estudantes do ensino superior público universitário que oferece a possibilidade de efetuar um período de estudos (1 semestre), com reconhecimento académico, numa das universidades portuguesas que participam no programa.

A mobilidade de estudantes abrange também os estágios, trabalhos de fim de curso, ou projetos finais desde que as referidas atividades integrem o plano curricular do curso na universidade de origem.

À semelhança dos restantes programas de mobilidade, no âmbito do Programa Almeida Garrett, os estudantes deverão pagar as propinas na sua instituição de origem, ficando isentos do pagamento na instituição de destino durante o semestre de mobilidade. Não existe qualquer bolsa de apoio à mobilidade.

Qualquer mobilidade de um estudante da FEUP para fora deve cumprir as: Regras de Mobilidade OUT ESTUDOS 23.24

Universidades que fazem parte do Programa Almeida Garrett:

P ACORES01 - Universidade dos Açores

P AVEIRO01 - Universidade de Aveiro

P BRAGA01 - Universidade do Minho

P COIMBRA01 - Universidade de Coimbra

P COVILHA01 - Universidade da Beira Interior

P EVORA01 - Universidade de Évora

P FARO02 - Universidade do Algarve

P FUNCHAL03 - Universidade da Madeira

P LISBOA03 - Universidade Nova de Lisboa

P LISBOA87 - ISCTE - IUL (Instituto Universitário de Lisboa)

P LISBOA109 - Universidade de Lisboa

P PORTO19 - Universidade Católica Portuguesa

P VILA-RE01 - Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro 

IMPORTANTE:
 os estudantes interessados em realizar mobilidade Almeida Garrett, assim que tomarem essa decisão, devem enviar email para outgoing@fe.up.pt indicando os seguintes dados: nome completo; n.º de estudante; curso da FEUP; instituição de destino; semestre da mobilidade,

. até 01.MARÇO - para mobilidade a iniciar no 1.º semestre do ano letivo seguinte

. até 01.OUTUBRO - para mobilidade a iniciar no 2.º semestre desse ano letivo.

Sendo aprovada a mobilidade pelo Coordenador de Mobilidade do Curso e validada pelo OUTGOING, pserá criar um processo de candidatura no SIGARRA, tendo o estudante de apresentar os documentos de carácter obrigatório para formalizar, na FEUP, a candidatura a uma mobilidade Almeida Garrett.

. Formulário de Candidatura do SIGARRA, submetido no SIGARRA e assinado pelo estudante e Coordenador de Mobilidade do curso.
. Cópia do Documento de Identificação válido (Cartão de Cidadão ou Passaporte)
. Cópia do Cartão de Contribuinte (NIF)
. Comprovativo IBAN
. Cópia do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), válido ou comprovativo do pedido de renovação.
Declaração Estudantes OUT (Programas de Mobilidade Estudos).

Posteriormente, a candidatura terá de ser formalizada junto da instituição de acolhimento no prazo que for definido para o efeito. Pode haver documentos adicionais a apresentar para submissão da candidatura no destino.

Este programa de mobilidade não tem qualquer apoio financeiro.

Início da Página

Protocolo de Estágio - SA KAUST (Arábia Saudita)

No âmbito da parceria estabelecida entre a FEUP e a KAUST - King Abdullah University of Science and Technology (Arábia Saudita), os estudantes podem candidatar-se à realização de um estágio académico nesta instituição, ao abrigo do Programa de Bolsas VSRP - "Visiting Student Research Program" para, por exemplo, desenvolveram, nessa instituição, o trabalho de investigação no âmbito da Dissertação, mas com defesa obrigatória na FEUP.

Para tal, os estudantes interessados terão também de discutir esta oportunidade com o docente responsável pelas Dissertações no seu curso (ou Diretor de Curso) e/ou com o Coordenador de Mobilidade (dado tratar-se simultaneamente de mobilidade no estrangeiro), para que o trabalho a realizar seja previamente validado pela FEUP.

ANTES de formalizar candidatura na KAUST, o estudante tem de enviar para o OUTGOING (outgoing@fe.up.pt) a Declaração Estudantes OUT (Programa de Mobilidade Estágios na SA KAUST), devidamente assinada, OR Students OUT Declaration (SA KAUST Internship Mobility Programme), duly signed.

OBJETIVO: realização de estágios entre 3 a 6 meses no âmbito dos projetos previamente definidos e anunciados no site da KAUST.

REQUISITOS DE CANDIDATURA: as condições solicitadas pela KAUST estão indicadas no flyer.

DURAÇÃO DO ESTÁGIO: entre 3 e 6 meses.

BENEFÍCIOS: Bolsa de 1000$ por mês; viagem e visto pagos, alojamento gratuito, seguro de saúde; acesso a atividades sociais, instalações desportivas e laboratoriais. 

PRAZO DE CANDIDATURA: aberto permanentemente, mediante os prazos de candidaturas dos projetos que vão sendo anunciados por docentes/investigadores da KAUST, e que estão disponíveis no site desta universidade.

PROCEDIMENTOS DE CANDIDATURA: as candidaturas são individuais e devem ser submetidas diretamente pelos estudantes interessados através de um plataforma online no respetivo site da KAUST.

No entanto, ANTES DE FORMALIZAR A CANDIDATURA, o estudante tem de enviar, para o email outgoing@fe.up.pt, a Declaração Estudantes OUT (Programa de Mobilidade Estágios na SA KAUST) OR Students OUT Declaration (SA KAUST Internship Mobility Programme), devidamente assinada.

INFORMAÇÕEShttp://vsrp.kaust.edu.sa/

Os estudantes, que vierem a ser formalmente aceites pela KAUST, deverão informar o OUTGOING dessa seleção, para que seja criado um processo oficial de mobilidade no SIGARRA, associado ao estudante.

Início da Página

Programa Erasmus+ Short PhD Mobility

O Short PhD Mobility é uma nova modalidade do programa Erasmus+, destinada a doutorandos, realizando-se num período de curta duração (de 5 a 30 dias), o que oferece maior flexibilidade e mobilidades mais adaptadas às necessidades dos estudantes. 

Esta tipologia de mobilidade tem como objetivo proporcionar a aquisição de conhecimentos e competências teórico e/ou prático especializados, recolha de dados de investigação, intercâmbio colaborativo de investigação, alargamento da rede de contactos na Europa e a possibilidade de encontrar oportunidades de pós-doutoramento.

Para o Short PhD Mobility são elegíveis atividades relacionadas com o tema ou investigação da tese como, por exemplo, visita a laboratórios ou centros de investigação, participação numa formação/workshop/summer school sobre uma matéria específica; participação em seminários e palestras, colóquios de investigação. NÃO se aceitam mobilidades para formação em línguas estrangeiras.

Podem candidatar-se todos os estudantes de 3.º ciclo, inscritos regularmente na FEUP, durante a formalização da candidatura e a realização da mobilidade. A mobilidade só é válida, se o estudante realizar, pelo menos, 5 dias de mobilidade presencial

As formações realizadas nesta tipologia de mobilidade podem, eventualmente, atribuir créditos ECTS aos estudantes. Contudo, na FEUP, não há lugar a qualquer creditação.
De referir que esta mobilidade é registada em Suplemento ao Diploma, podendo ter ainda o estudante um certificado de participação emitido pela entidade organizadora.

Cabe ao estudante formalizar o interesse em realizar uma Short PhD Mobility, preenchendo o nosso Google Forms, pelo menos, com 1 mês e meio de antecedência ao início da mobilidade. Após esse registo, o OUTGOING irá criar um processo de candidatura no SIGARRA.

Para formalizar depois a candidatura na FEUP, o doutorante terá de apresentar os documentos, de carácter obrigatório, que a seguir se apresentam:

. Formulário de Candidatura do SIGARRA, submetido no SIGARRA e assinado pelo estudante, o Diretor do Programa Doutoral e o Orientador da Tese
. Cópia do Documento de Identificação válido (Cartão de Cidadão ou Passaporte)
. Cópia do Cartão de Contribuinte (NIF)
. Comprovativo IBAN
. Cópia do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), válido ou comprovativo do pedido de renovação.
Declaração Estudantes OUT (Programas de Mobilidade Estágio e de Curta Duração) OR Students OUT Declaration (Internships or Short-Term Mobility Programmes).
. Título de Residência válido (aplicável apenas para estudantes não europeus).
Visto para estudantes nacionais de países terceiros (a confirmar com a embaixada do país onde irá ocorrer a componente presencial do BIP).

Posteriormente, a candidatura terá de ser formalizada junto da entidade organizadora, no prazo que for definido para o efeito. Poderá haver documentos adicionais a apresentar para submissão da candidatura no destino.

Para esta tipologia de mobilididade, a bolsa Erasmus+ considera o número de dias de formação presencial frequentado pelo estudante, mais 2 dias de viagem. A gestão financeira, assim como dos contratos de bolsa, são tratados pelo Serv. de Relações Internacionais (SRI) da Reitoria da U.PORTO. Os estudantes só serão contactados pela Reitoria sobre este assunto, depois de a candidatura ter sido submetida no SIGARRA e validada pela FEUP e UP.
Veja-se o valor diário previsto:

. entre o 1.º e o 14.º dia: a bolsa é de 70¤;
. entre o 15.º e o 30.º dia: a bolsa é de 50¤.

Para mais informações sobre apoios financeiros, consulte a nossa página de FAQs Bolsa Erasmus+ Estágios e de Curta Duração.

Início da Página

Programa Erasmus+ BIP

Um Blended Intensive Programme (BIP) é uma nova modalidade do programa Erasmus+, um curso intensivo e interdisciplinar, que combina uma componente de mobilidade física de curta duração com uma componente online, com o intuito de promover modos inovadores de ensino e aprendizagem, através da investigação e da aquisição de conhecimentos baseada em desafios.

Com a sua estrutura inovadora e inclusiva, os programas BIP oferecem mais uma oportunidade de mobilidade, nomeadamente aos estudantes que não tenham possibilidade de realizar uma mobilidade de longa duração (um semestre ou ano académico).

Os BIPs são desenvolvidos e implementados através de um consórcio, constituído por um mínimo de três instituições de ensino superior (IES), provenientes de, pelo menos, três Estados-Membros da UE e de países terceiros associados ao Programa Erasmus+, que financia os cursos.

Durante os BIP, os estudantes realizarão uma mobilidade física de curta duração (entre 5 e 30 dias) no estrangeiro, combinada com uma componente virtual obrigatória (sem limite de duração), facilitando o intercâmbio colaborativo de aprendizagem e o trabalho de equipa.

Sempre que surge um novo BIP, relacionado com a área das Engenharias, o OUTGOING fará a sua divulgação por email dinâmico. Poderá, em alguns casos, ser um docente da FEUP a efetuar a divulgação aos estudantes do curso afim da temática do BIP.

O estudante NÃO pode candidar-te individualmente, SEM aprovação prévia do OUTGOING (outgoing@fe.up.pt), pois é necessário haver um Acordo interinstitucional e garantir-se que há financiamento disponível para a atribuição da bolsa. Uma vez autorizada a mobilidade pelo OUTGOING, o estudante deve dar conhecimento ao Coordenador de Mobilidade do curso, que terá de assinar o Formulário de Candidatura.

São elegíveis a estes programas os estudantes de qualquer ciclo de estudos, inscritos regularmente na FEUP, durante a formalização da candidatura e a realização da mobilidade.
Também a mobilidade só é válida, se o estudante participar em, pelo menos, 5 dias de formação presencial. Caso o BIP tenha uma duração superior e o estudante não possa estar presente durante a componente presencial, então terá de contactar o Outgoing (outgoing@fe.up.pt) para se informar se pode ou não realizar a mobilidade.

Os BIPs devem atribuir, no mínimo, três créditos ECTS aos estudantes. Contudo, na FEUP, não há lugar a qualquer creditação. De referir que esta mobilidade é registada em Suplemento ao Diploma, podendo ter ainda o estudante um certificado de participação emitido pela entidade organizadora.

Indicam-se agora os documentos de carácter obrigatório para formalizar, na FEUP, a candidatura a um BIP.

. Formulário de Candidatura do SIGARRA, submetido no SIGARRA e assinado pelo estudante e Coordenador de Mobilidade do curso.
. Cópia do Documento de Identificação válido (Cartão de Cidadão ou Passaporte)
. Cópia do Cartão de Contribuinte (NIF)
. Comprovativo IBAN
. Cópia do Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD), válido ou comprovativo do pedido de renovação.
. Declaração Estudantes OUT (Programas de Mobilidade Estágio e de Curta Duração) OR Students OUT Declaration (Internships or Short-Term Mobility Programmes).
. Título de Residência válido (aplicável apenas para estudantes não europeus).
Visto para estudantes nacionais de países terceiros (a confirmar com a embaixada do país onde irá ocorrer a componente presencial do BIP).

Posteriormente, a candidatura terá de ser formalizada junto da entidade organizadora do BIP, no prazo que for definido para o efeito. Pode haver documentos adicionais a apresentar para submissão da candidatura no destino.

Para esta tipologia de mobilididade, a bolsa Erasmus+ considera o número de dias de formação presencial frequentado pelo estudante, mais 2 dias de viagem. A gestão financeira, assim como dos contratos de bolsa, são tratados pelo Serv. de Relações Internacionais (SRI) da Reitoria da U.PORTO. Os estudantes só serão contactados pela Reitoria sobre este assunto, depois de a candidatura ter sido submetida no SIGARRA e validada pela FEUP e UP.
Veja-se o valor diário previsto:

. entre o 1.º e o 14.º dia: a bolsa é de 70¤;
. entre o 15.º e o 30.º dia: a bolsa é de 50¤.

Para mais informações sobre apoios financeiros, consulte a nossa página de FAQs Bolsa Erasmus+ Estágios e de Curta Duração.

Início da Página

Programa Erasmus+ ICM: International Credit Mobility

A U.Porto participa em diversos consórcios internacionais, com países terceiros, aprovados no âmbito do Programa Erasmus+ medida ICM, os quais preveem vagas e bolsas para mobilidade de estudantes, docentes, investigadores e pessoal técnico.

Os prazos, destinatários, países abrangidos e número de bolsas disponíveis varia de projeto para projeto e restringe-se às condições desse consórcio específico.

Os candidatos com bolsas aprovadas no âmbito destes projetos têm cobertura para a viagem de e para o país de destino, um seguro de saúde, viagem e acidentes pessoais e ainda uma bolsa que varia consoante o tipo de mobilidade.

As convocatórias para mobilidade ao abrigo de projetos ICM nos quais a U.Porto participa/coordena serão divulgadas à medida que os concursos forem sendo abertos, e mediante o público-alvo a que se destinam. 

Qualquer mobilidade de um estudante da FEUP deve cumprir as: Regras de Mobilidade OUT ESTUDOS 23.24

Início da Página

Título de Doutoramento Europeu

O que é o Título de Doutoramento Europeu?

  1. O Título de Doutoramento Europeu (TDE) é um processo institucionalizado pela U.Porto, funcionando apenas um mecanismo legal da U.Porto para registar formalmente o período de mobilidade curricular realizado no âmbito da Tese de Doutoramento.
  2. Não confere mais um Grau nem um Grau conjunto a duas ou mais universidades;
  3. De acordo com o Regulamento, ao terminar o Doutoramento o estudante pode pedir à Universidade do Porto, juntamente com o grau de Doutor, o documento de Título Doutoramento Europeu, que comprova que parte da sua Tese foi realizada numa universidade europeia.

Destinatários

Estudantes de Doutoramento na Universidade do Porto.

Período de Mobilidade:

Mínimo: 3 meses consecutivos

Elegibilidade da Instituição de Ensino Superior:

  1. Universidade de um país europeu, que não Portugal;
  2. Instituição parceira com competência jurídica para atribuir o Grau de Doutoramento;
  3. Institutos /organizações de I&D autónomas, mesmo que estejam ligados a alguma universidade, não são elegíveis, pois terá de ser sempre uma universidade a assinar e carimbar os documentos obrigatórios do TDE.

Regulamento:

Regulamento de Título de Doutoramento Europeu da U.Porto

Documentos obrigatórios:

  1. Research Work Plan (RWP) – artº 1, ponto 1, alínea b, Regulamento TDE U. Porto
  2. Declaração de Estadia – artº 1, ponto 1, alínea d, Regulamento TDE U. Porto

 NB: Os modelos dos documentos serão disponibilizados pela Unidade de Captação e Cooperação Académica (COOP) da FEUP, sob solicitação do estudante aquando da sua manifestação de interesse em realizar o TDE.

Bolsa de Mobilidade

Nesta página pode encontrar todas as informações sobre como se candidatar. Mais salientamos que todas as questões sobre a candidatura a bolsa Erasmus+ devem ser remetidas para o email outgoing@fe.up.pt.

Passo a passo do Título Doutoramento Europeu

Início da Página

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2024-02-02 I  Página gerada em: 2024-05-20 às 13:50:59 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias