Saltar para:
Logótipo
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > Centros de Investigação e Desenvolvimento > Centro de Investigação em Sistemas e Tecnologias
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Centro de Investigação em Sistemas e Tecnologias

Sigla: SYSTEC Centro de Investigação em Sistemas e Tecnologias - Abre numa nova janela
Responsável: Fernando Lobo Pereira
Missão:

O Centro de Investigação em Sistemas e Tecnologias (SYSTEC) tem por objectivos principais:

  • Efetuar trabalho de investigação fundamental e de desenvolvimento em sistemas, controlo, optimização, estimação, robótica, e a articulação destas disciplinas em arquitecturas de sistemas ciber-físicos para redes de sistemas e de veículos, gestão de energia, com enfâse na integração de renováveis e mobilidade na rede, e sistemas de produção, com base essencialmente nas seguintes grandes áreas científicas nucleares de electrotecnia, matemática aplicada, e ciências de computação (incluindo “data science”).  Os desenvolvimentos visam, não só criar impacto nestas áreas, como também responder aos desafios da sociedade, nomeadamente, nos contextos académico, natureza e ambiente, indústria, serviços e empreendedorismo.
  • Contribuir para a valorização e transferência de conhecimento e produtos para a sociedade.

 

Descrição:

O SYSTEC está hospedado na Faculdade de Engenharia da Universidade, Universidade do Porto (FEUP) e no Instituto de Sistemas e Robótica (ISR). Apoiado pela FEUP nas infraestruturas, capital humano técnico científico e administrativo, bem como numa vasta rede colaborativa com um forte carácter estratégico, e pelo ISR na rede de “stakeholders” e de instituições ligadas aos desafios da sociedade, o SYSTEC avança a sua agenda de I&D e de inovação  para promover: (i) excelência académica, (ii) interação com outras instituições nacionais e internacionais com afinidades científicas para garantir massa crítica, (iii) interação com utilizadores e "stakeholders" para promover uma estreita relação entre a investigação e inovação e os desafios do mundo real, (iv) emergência de novos actores relevantes para a evolução de  paradigmas do impacto da ciência e tecnologia na sociedade, bem como (v) atividades de formação avançadas.

Para garantir uma eficiente materialização dos objectivos do SYSTEC, este está organizado por forma a assegurar a operacionalidade do diálogo com os diversos actores, tendo em consideração a evolução dos desafios da sociedade segundo quatro Vectores de Intervenção:

  • CONTROL: Sistemas, controlo, optimização, estimação e “data science”. Sendo a actividade focada em investigação fundamental nas áreas da teoria do controlo óptimo, controlo baseado em optimização, estratégias de controlo direcionadas por aplicações, modelação e estimação, sistemas de larga-dimensão, distribuídos e sistemas estruturados, os desafios científicos são inspirados por desafios colocados por contextos de aplicação. Um outro papel importante é o desenvolvimento de algoritmos de estimação, optimização e controlo e protótipos para aplicações com um vasto espectro, fornecendo não só métodos e e ferramentas para as outras Vectores de Intervenção, como também noutras importantes aplicações, sendo de salientar saúde e qualidade de vida, e a agricultura.
  • NET: Sistemas e tecnologias de veículos robóticos e outros dispositivos em rede. Sendo fortemente interdisciplinar e requerendo uma base fundamental robusta - pois combina desenvolvimentos fundamentais de teoria de sistemas e controlo, optimização e controlo óptimo, sistemas híbridos, verificação e acessibilidade, redes de sistemas de controlo, arquiteturas computacionais para capacidades deliberativas e robótica móvel - tem o objetivo de desenvolver, promover e transferir sistemas avançados de engenharia e tecnologias com foco especial em cenários de operações em rede de múltiplos veículos robóticos (tele-operados e autónomos) aéreos submarinos e de superfície.
  • ENERGY: Sistemas inteligentes e tecnologias de energia. Endereça os desafios que emergem dos conceitos e tecnologias relacionadas com os novos sistemas de geração renovável, novos sistemas de tração elétrica, sistemas inteligentes distribuídos de energia, incorporando tecnologias electrónica de potência em todos os sistemas de energia, a fim de beneficiar as fontes de energia primárias renováveis e otimizar a utilização da energia pela sociedade.
  • MANUFACTURING: Sistemas ciber-físicos para manufatura. Está centrada no projeto, implementação e validação de componentes inteligentes para sistemas avançados de manufatura que introduzem inteligência nos processos industriais e contribuem para o surgimento das fábricas do futuro, implementando novas abordagens relacionadas aos sistemas de produção ciber-físicos.

É de salientar que ao longo destes Vectores de Intervenção, os desafios do mundo real dão origem a desafios de investigação e de desenvolvimento científicos e tecnológicos. Esta interação bidirecional - (i) a excelência da investigação ao serviço dos problemas do mundo real, e (ii) desafios do mundo real inspirando novos problemas na investigação fundamental - promove a agenda da especialização regional através da cooperação entre empresas e, com especial relevo nas PME e outras organizações da sociedade. A estrutura do foi concebida para promover o progresso no sentido de uma visão unificadora de longo prazo em que os desenvolvimentos teóricos irão evoluir de forma a corresponder às exigências dos desafios emergentes inerentes à complexidade dos sistemas do mundo real, nomeadamente, os relacionados com as diversas classes de sistemas complexos em rede de grande escala.

Email:                systec@fe.up.pt

Telefone:            351 22 508 1857 / 22 041 3211

Morada:              FEUP, DEEC, Rua Dr. Roberto Frias, s/n

Código Postal:     4200-465

Localidade:          Porto

Email: systec@fe.up.pt
Telefone: 351 22 508 1857 / 22 041 3211
Morada: FEUP, DEEC, Rua Dr. Roberto Frias, s/n
Código Postal: 4200-465
Localidade: Porto
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-04-23 às 23:32:44 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais