Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Regresso a Casa
Você está em: Início > EEC0008

Física

Código: EEC0008     Sigla: FISI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Física

Ocorrência: 2019/2020 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Física
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEEC 276 Plano de estudos oficial 1 - 8 77 216

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
António José dos Santos Silva Regente
Francisco José Baptista Salzedas Regente

Língua de trabalho

Português

Objetivos

a) Apresentar uma discussão detalhada dos conceitos básicos da Mecânica Clássica e da Termodinâmica, com ênfase nos aspetos essenciais, procurando desenvolver a intuição e a capacidade de pensar em termos físicos ;
b) Introduzir as ferramentas matemáticas necessárias sempre com motivação física;
c) Desenvolver a capacidade de aplicar a matemática a problemas do mundo real da física e da engenharia;
d) Incluir exemplos de aplicação não triviais para ilustrar o alcance dos resultados obtidos e fazendo referência, sempre que possível, a tópicos de interesse atual.

Resultados de aprendizagem e competências

Os estudantes que tiverem aproveitamento deverão ser capazes de:

1 - Explicar conceitos e fenómenos físicos básicos de 2 áreas distintas da Física: Mecânica Clássica e Termodinâmica, usando o vocabulário apropriado.
2 - Usar as leis que regem os fenómenos básicos dessas 2 áreas para calcular grandezas físicas relevantes.
3 - Mostrar como os conceitos referidos explicam fenómenos observados no dia-a-dia, e como se aplicam a problemas da engenharia. 
4 - Trabalhar em grupo, na resolução de problemas e serem igualmente capazes de resolverem problemas de forma independente.

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Pré-requisitos: cálculo vectorial, diferencial e integral. 

Co-requisitos: equações diferenciais ordinárias

Programa

I – MECÂNICA CLÁSSICA
1. – Apresentação. Introdução à Física. Unidades, grandezas físicas e sistemas de medida
2. – Vetores e cálculo vetorial
3. - As leis de Newton do movimento e suas aplicações
4. - Trabalho, energia e conservação da energia
5. - Sistemas de partículas e leis de conservação da quantidade de movimento e do momento angular
6. - Movimento e equilíbrio estático de corpos rígidos

II – TERMODINÂMICA
7. – Temperatura, propriedades térmicas e processos térmicos
8. – Calor e 1ª lei da Termodinâmica
9. – Teoria Cinética dos Gases
10. – Segunda lei da Termodinâmica e Entropia

Bibliografia Obrigatória

Marcelo Alonso, Edward J. Finn ; Tradução Maria Alice Gomes da Costa, Maria de Jesus Vaz de Carval; Física. ISBN: 978-972-592-296-5
Paul A. Tipler; Física para cientistas e engenheiros. ISBN: 85-216-1462-4

Bibliografia Complementar

H. Moysés Nussenzveig; Curso de física básica. ISBN: 85-212-0046-3 (vol.1)

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Nas aulas é apresentada a matéria a lecionar, discutem-se e resolvem-se problemas ilustrativos dessa mesma matéria, e realizam-se demonstrações experimentais sempre que tal for possível. Uma importante parte das aulas consiste na resolução de problemas pelos estudantes.

Palavras Chave

Ciências Físicas > Física > Mecânica clássica
Ciências Físicas > Física > Termodinâmica

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 55,00
Teste 45,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 139,00
Frequência das aulas 77,00
Total: 216,00

Obtenção de frequência

► Para estudantes na 1ª inscrição:
Regime de faltas segundo o regulamento da UP.

► Para estudantes com duas ou mais inscrições:

Para estes estudantes não há critério de assiduidade, isto é, não há marcação de faltas.

Com frequência no ano anterior:
OU mantêm a classificação de AD obtida nesse ano,
OU podem, irreversivelmente, optar por se submeter à AD no presente ano lectivo, anulando a anterior classificação de AD.

Sem frequência no ano anterior:
OU submetem-se à AD no presente ano lectivo, bastando apresentar-se aos testes.
OU comparecem apenas ao exame (época normal ou recurso), realizando o exame para 20 valores.

► Independentemente da classificação obtida na avaliação distribuída (AD), todos os estudantes com
frequência podem comparecer aos exames das épocas normal e de recurso.

► A avaliação distribuída consistirá de dois testes a realizar em data pré-definida a indicar, cada teste terá a duração de 1,5h.

► DATAS PREVISTAS PARA A REALIZAÇÃO DAS PROVAS COMPONENTES DA AVALIAÇÃO DISTRIBUÍDA:
- 1º TESTE: 7ª semana de aulas, início a 25 de março.
- 2º TESTE: 12ª semana de aulas, início a 29 de abril.
As datas exatas serão comunicadas após definidas pela Coordenação de Ano.

Fórmula de cálculo da classificação final

• A classificação da avaliação distribuída (AD) é dada pela média das classificações obtidas nos dois minitestes.

• Se a classificação no exame (EX) for inferior a 8,0 valores (mínimo para obter aprovação), a classificação final será a do exame. Caso contrário, a classificação final (CF) será dada por:

CF = Máximo (0,45*AD + 0,55*EX ; EX)

Avaliação especial (TE, DA, ...)

• Avaliação por exame final para 20 valores, se dispensados de frequência.

• Podem participar na avaliação distribuída de acordo com as regras da frequência.

Melhoria de classificação

Nas épocas previstas pelo regulamento de avaliação, aplicando-se fórmula de cálculo da classificação final.

Observações

– A utilização de telemóvel ou qualquer outro meio de comunicação é expressamente proibida durante as provas de avaliação. Deverão estar desligados, sendo a sua utilização motivo de anulação da prova.

– É fornecido nas provas de avaliação o formulário usado nas aulas.

– De acordo com os ECTS da unidade curricular, o estudo autónomo corresponde a aproximadamente 10 horas semanais.


________________________________________________
Novo modo de funcionamento e procedimento de avaliação na UC de Física, MIEEC

Na sequência das medidas de quarentena em vigor, a informação a seguir disponibilizada poderá ser atualizada sempre que as circunstâncias o exijam.

A classificação final da UC de Física será obtida pelo:
valor máximo de (Exame; Exame*0.85+MT*0.15; Exame*0.55+AD2019*.45),
onde:
Exame é a classificação (0 a 20) obtida em qualquer dos exames realizados de forma presencial (época: normal ou recurso)
MT é a classificação (0 a 20) obtida no mini-teste remoto no Moodle realizado no dia 12 de maio pelas 9:30.
AD2019 é a classificação (0 a 20) obtida na avaliação distribuída em 2019.

Todos os alunos estão admitidos a todas as provas de avaliação.
________________________________________________

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-10-26 às 12:17:46 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais