Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação regular da Biblioteca |fevereiro a maio
Você está em: Início > EIC0099
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Seminário de Engenharia de Software e Sistemas de Informação

Código: EIC0099     Sigla: SESI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Engenharia de Software
OFICIAL Sistemas de Informação

Ocorrência: 2018/2019 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Informática
Curso/CE Responsável: Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
MIEIC 24 Plano de estudos a partir de 2009/10 5 - 6 42 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Hugo José Sereno Lopes Ferreira Regente

Docência - Horas

Teórico-Práticas: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórico-Práticas Totais 1 3,00
Hugo José Sereno Lopes Ferreira 3,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-09-25.

Campos alterados: Métodos de ensino e atividades de aprendizagem, Fórmula de cálculo da classificação final, Componentes de Avaliação e Ocupação, Programa, Lingua de trabalho, Melhoria de classificação

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Os engenheiros de software têm impacto na sociedade através da criação de aplicações. Embora estas aplicações produzem valor para os utilizadores, por vezes produzem também desconforto (e até mesmo desastres) nas situações cuja operação desce abaixo do nível de qualidade esperado.

Os engenheiros de software constroem aplicações que as pessoas usam para diferentes propósitos, as quais, por sua vez, pressionam-nos para resolver problemas com novas abordagens. Cada uma destas aplicações enfatiza diferentes requisitos, tais como segurança, usabilidade, escalabilidade, confiabilidade, acessibilidade, eficiência e correcção. Por exemplo, o software orientado ao consumo prioritiza custos baixos, o médico a elevada qualidade, e as aplicações web o desenvolvimento rápido.

Assim sendo, o objectivo fundamental desta unidade curricular é aprender, discutir e desenhar soluções para as várias problemáticas que surgem pela influência da engenharia de software (e do uso do software em geral) pelas pessoas e pela sociedade como um todo.


Resultados de aprendizagem e competências

Espera-se que os estudantes ganham familiaridade com a abrangente influência que o software tem nas suas várias áreas de aplicação, e o profundo impacto na qualidade de vida no indivíduo e na sociedade.

Adicionalmente, espera-se que os estudantes ganham competências nos vários papeis associados a seminários: orador, revisor, organizador.

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Conhecimentos de desenvolvimento de software.

Programa

1. Identificação das áreas de aplicação mais influenciadas pelo software nos dias de hoje. Escolhendo uma, realizar um artigo com:

1.1. Identificação e discussão de factores de qualidade chave com elevado impacto na área de aplicação;
1.2. Identificação e análise crítica de bons e maus exemplos, e das melhores práticas da engenharia de software, na forma como este afecta o indivíduo e a sociedade.
1.3. Discussão e proposta de novas abordagens para mitigar problemas recorrentes.

2. Organização da conferência Talk-A-Bit, incluindo:
2.1. Identificação e contacto com convidados;
2.2. Logística;
2.3. Desenvolvimento de aplicações de suporte;
2.4. Preparação, revisão e publicação dos proceedings compostos pelos artigos feitos pelos vários estudantes.

Bibliografia Obrigatória

ed. by Richard H. Thayer, Merlin Dorfman and Mark J. Christensen; Software engineering. ISBN: 0-7695-1555-X (vol. 1)

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas formais de apoio, endereçando os tópicos do programa acima mencionados. 

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Trabalho de campo 50,00
Trabalho escrito 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 80,00
Frequência das aulas 42,00
Trabalho de campo 40,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Via avaliação distribuída.

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota final = 0.5 * Trabalho Escrito + 0.5 * Organização Talk-a-Bit

Atendendo que ambas as componentes estão sujeitas a um elevado nível de cooperação com colegas, a nota final será sujeita a ajustes mediante desempenho individual, pela multiplicação de um coeficiente entre [0.5 ~ 1.5] decorrente da apreciação qualitativa pelo docente.

O desempenho individual terá em consideração o feedback obtido pelos colegas por meio de formulários de hetero-avaliação.

Provas e trabalhos especiais

n/a

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os trabalhadores-estudantes (TEs) que não possam cumprir a assiduidade, estão dispensados da mesma, submetendo-se a um processo especial de avaliação. A avaliação é completamente individual, considerando apenas a componente "Trabalho Escrito", definida como: (a) um ensaio de 8 páginas, original, em formato IEEE 2 colunas, sobre um tópico a designar pelo docente e alinhado ao tema anual da unidade curricular; (b) um acompanhamento quinzenal do mesmo, onde o estudante demonstre uma progressão natural do trabalho, e (c) uma apresentação do artigo, em formato de "defesa", a um painel de docentes, onde serão avaliados o domínio e a autoria do mesmo.

Melhoria de classificação

Através de um trabalho especificamente desenhado para o estudante, a avaliar caso a caso.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-25 às 16:55:03 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais