Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Publicações > Visualização > Narrativas Interativas como Ferramenta Terapêutica para a Doença de Alzheimer: Princípios Orientadores

Narrativas Interativas como Ferramenta Terapêutica para a Doença de Alzheimer: Princípios Orientadores

Título
Narrativas Interativas como Ferramenta Terapêutica para a Doença de Alzheimer: Princípios Orientadores
Tipo
Tese
Ano
2021-07-22
Autores
Maria João Figueiredo Alves
(Autor)
FEUP
Ver página pessoal Sem permissões para visualizar e-mail institucional Pesquisar Publicações do Participante Sem AUTHENTICUS Sem ORCID
Classificação Científica
FOS: Ciências da engenharia e tecnologias > Outras ciências da engenharia e tecnologias
Outras Informações
Resumo (PT): Esta dissertação procura compreender quais os aspetos a ter em consideração na criação de narrativas interativas destinadas ao apoio terapêutico de doentes com Alzheimer, fornecendo um conjunto de princípios orientadores para a conceção futura de ferramentas terapêuticas com este propósito. Após uma pesquisa e leitura relativas à prevalência da doença de Alzheimer e seus impactos, o processo de envelhecimento e o papel contínuo de storytelling ao longo da história humana, foram entrevistados três profissionais de uma instituição de saúde do Norte de Portugal que contactam diariamente com doentes com demência e distribuídos inquéritos a dez cuidadores de doentes com Alzheimer. As respostas demonstraram que os profissionais de saúde veem benefícios no uso de narrativas interativas como ferramenta terapêutica, nomeadamente em doentes em estados iniciais da doença de Alzheimer. Os inquéritos evidenciaram que as atividades terapêuticas realizadas diariamente com os doentes partem maioritariamente da intuição do cuidador e englobam entender os seus gostos e preferências. A falta de estimulação cognitiva em alguns doentes demonstrou a necessidade de ferramentas terapêuticas como a proposta. Em conjunto, os resultados forneceram uma variedade de diretrizes que foram tidas em consideração, juntamente com a pesquisa realizada, na escrita de um documento com princípios orientadores na criação de ferramentas de apoio terapêutico a doentes com Alzheimer baseadas em narrativas interativas. Futuramente, estes princípios poderão ser uma mais-valia para o desenvolvimento deste tipo de ferramentas.
Abstract (EN): This dissertation seeks to understand which aspects should be taken into consideration in the creation of interactive narratives destined to therapeutic support of people with Alzheimer’s, offering a collection of guidelines to be used in the future in the conception of therapeutic tools for this purpose. After a search into the prevalence of Alzheimer’s disease and its impacts, the aging process and the continuous role storytelling has played throughout human history, three professionals from a health institution in the north of Portugal with daily contact with patients suffering from dementia were interviewed and questionnaires were given to ten Alzheimer’s patients caregivers’. The answers given revealed that health professionals see benefits in the use of interactive narratives as a therapeutic tool, especially in patients in early stages of Alzheimer’s disease. The questionnaires showed that the therapeutic activities performed daily with patients were mostly intuitively thought by caregivers and encompass understanding their tastes and preferences. The lack of cognitive stimulation in some patients demonstrated the need for therapeutic tools such as the one proposed. Altogether, the results provided a variety of guidelines that were taken into consideration, along with the research conducted, in the writing of a document with guiding principles for the creation of therapeutic support tools for patients with Alzheimer’s based on interactive narratives. In the future, these principles may be an asset for further development of these types of tools.
Idioma: Português
Nº de páginas: 80
Documentos
Nome do Ficheiro Descrição Tamanho
Narrativas Interativas como Ferramenta Terapêutica para a Doença de Alzheimer-Princípios Orientadores_VF Narrativas Interativas como Ferramenta Terapêutica para a Doença de Alzheimer: Princípios Orientadores 1061.08 KB
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-07-16 às 21:08:49 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias