Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
Formação Online da Biblioteca
Você está em: Início > Notícias > Estudantes da U.Porto lideram projeto de informação feita por jovens e para jovens

Notícias

Estudantes da U.Porto lideram projeto de informação feita ''por jovens e para jovens''

A plataforma InfoYouth, criada por estudantes de várias faculdades, dá nova roupagem à informação da atualidade, tornando-a mais apelativa para os jovens.

imagem

Objetiva, imparcial e interativa: é assim que cinco estudantes das faculdades de Engenharia (FEUP), Economia (FEP), Direito (FDUP) e Medicina (FMUP) da Universidade Porto idealizaram a informação apresentada no InfoYouth, uma plataforma que aposta na divulgação da atualidade a nível nacional e que tem como principais destinatários jovens universitários e do ensino secundário.

O projeto InfoYouth, dinamizado por uma equipa de 30 estudantes voluntários de várias universidades de todo o país, está presente no Instagram desde setembro 2020 e conta já com mais de 2000 seguidores. Os fundadores do projeto escolheram esta rede social pelo seu impacto e ampla utilização por parte dos jovens, sendo o meio ideal para o consumo de informação.

“Queremos destacar-nos dos websites comuns de comunicação social, uma vez que a informação que veiculamos é apresentada exclusivamente por jovens e para jovens”, avança Vasco Guedes, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação da FEUP e cofundador do projeto.

Ao constatarem a permanente falta de interesse ou conhecimento informado sobre assuntos sociais e políticos que se faz sentir por parte da maioria dos jovens, decidiram, “inconformados com a situação” e sem qualquer tipo de comparticipação financeira, fazer a diferença, veiculando “informação transparente e imparcial da forma mais apelativa possível”.

Trabalhando em parceria com a Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina da U.Porto (AEFMUP), e com mais de 15 associações de alunos do ensino secundário, os estudantes – que se guiam pela máxima do filósofo político norte-americano Thomas Jefferson: “A informação é a moeda da democracia” – criam vídeos e imagens dinâmicos acompanhados de textos informativos escritos de forma concisa, facilitando a leitura de quem faz o chamado scroll diário na rede social.

Mas como surgem as temáticas a serem abordadas e como é feita a triagem das mesmas? “A nossa equipa procura estar constantemente atenta aos assuntos político-sociais emergentes e, uma vez atestada a relevância dos temas, desenvolvemos os materiais a serem publicados”, explica um dos cofundadores.

Após confirmação da veracidade de determinada informação, avança-se para o “processo de tradução para uma linguagem mais acessível aos jovens” e, posteriormente, para a gravação e edição dos respetivos conteúdos.

Aposta na pareceria com associações de estudantes

Apesar de o InfoYouth estar presente, atualmente, apenas no Instagram e no Twitter, os seus fundadores pretendem avançar para a criação de um canal de YouTube, aumentando os meios de veiculação de informação. Para já, contam ainda com tempo de antena na rádio AEFMUP, sendo autores de um podcast quinzenal sobre as principais notícias e atualizações de interesse para a comunidade da FMUP.

“Através desta estreita parceria com a AEFMUP, conseguimos ajudar a rádio a crescer e a informar os seus ouvintes, cumprimos o objetivo do nosso projeto e divulgamos o nosso contínuo trabalho, alcançando mais pessoas dentro do nosso público-alvo. Estes três pontos também se aplicam à nossa ação com as associações de estudantes, que nos ajudam a captar seguidores numa camada mais jovem.”, esclarece a equipa do InfoYouth.

Ao trabalharem em conteúdo personalizado e mais apropriado para alunos do ensino secundário, facilitam o trabalho das associações de estudantes e até de professores, que já lhes têm dado feedback positivo em relação ao projeto.

“Literacia financeira é uma das temáticas menos abordadas no ensino secundário e é também uma das menos atrativas para os jovens. Neste sentido, acabamos por ajudar os professores a cultivarem o gosto por estas áreas nos seus alunos”, finaliza um dos membros do projeto.


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
Divulgue os seus eventos e projetos através do e-mail: noticias@fe.up.pt. Saiba mais sobre os nossos serviços no site dos SICC.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2021-05-12 às 08:30:38 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais