Saltar para:
Logótipo
This page in english Ajuda Autenticar-se
exposição ''A Intersecção de Duas Linhas Paralelas''
Você está em: Início > Cursos conferentes de grau disponíveis em 2020/2021 para o 2º Ciclo
Autenticação




Mapa das Instalações
Edifício A (Administração) Edifício B (Aulas) - Bloco I Edifício B (Aulas) - Bloco II Edifício B (Aulas) - Bloco III Edifício B (Aulas) - Bloco IV Edifício C (Biblioteca) Edifício D (CICA) Edifício E (Química) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício F (Minas e Metalurgia) Edifício G (Civil) Edifício H (Civil) Edifício I (Electrotecnia) Edifício J (Electrotecnia) Edifício K (Pavilhão FCNAUP) Edifício L (Mecânica) Edifício M (Mecânica) Edifício N (Garagem) Edifício O (Cafetaria) Edifício P (Cantina) Edifício Q (Central de Gases) Edifício R (Laboratório de Engenharia do Ambiente) Edifício S (INESC) Edifício T (Torre do INEGI) Edifício U (Nave do INEGI) Edifício X (Associação de Estudantes)

Cursos conferentes de grau disponíveis em 2020/2021 para o 2º Ciclo

Mestrado Integrado

  • Mestrado Integrado em Bioengenharia
  • Visa preparar recursos humanos com capacidade para abordarem de uma forma multidisciplinar problemas de biomedicina e de biotecnologia industrial sob as perspetivas da engenharia de processos e da engenharia molecular. O curso oferece três Ramos ou Especializações (Engenharia Biológica, Engenharia Biomédica, Biotecnologia Molecular), após um Tronco Comum de 2 anos. Os dois primeiros Ramos estão centrados na Faculdade de Engenharia, enquanto o terceiro Ramo está centrado no ICBAS.



  • Mestrado Integrado em Engenharia Civil
  • O Mestrado Integrado em Engenharia Civil pretende formar Engenheiros capazes de conceber, projetar e gerir sistemas, estruturas e obras de Engenharia Civil, aplicando metodologias de análise, materiais, equipamentos e processos atualizados e adequados, com respeito pela Ética, Ambiente e pelos superiores interesses da Comunidade. Para isso, oferece uma formação conciliando:

    - uma formação cuidada nas ciências básicas, nomeadamente na Matemática, na Física e no Desenho;

    - uma formação muito abrangente nas grandes áreas científicas e técnicas da Engenharia Civil,com tratamento aprofundado dos seus aspetos formativos essenciais;

    - uma especialização numa das áreas científicas e técnicas de Engenharia Civil.

    O ciclo de estudos está estruturado com os quatro primeiros anos constituindo um tronco comum e um quinto ano distribuído por sete ramos de especialização. Neste último ano,o primeiro semestre corresponde às unidades curriculares específicas de especialização e o segundo semestre à elaboração da dissertação.



  • Mestrado Integrado em Engenharia do Ambiente
  • Sob o ponto de vista profissional os Mestres em Engenharia do Ambiente devem possuir a capacidade para projetar e implementar tecnologias preventivas, de intervenção, de abatimento e de reabilitação por forma a minorar ou a eliminar os efeitos nefastos da poluição e a diminuir a intensidade de utilização dos recursos naturais, minimizando os impactos negativos da atividade humana no Ambiente.



  • Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial
  • O MIEIG resultou do processo de adequação a Bolonha da LGEI, Licenciatura em Gestão e Engenharia Industrial, criada em 1990 na FEUP sob proposta do Prof. Rui Campos Guimarães. O plano curricular do MIEIG é constituído por disciplinas de base em Matemática e Física, disciplinas tecnológicas na área da Engenharia Mecânica, e disciplinas de Gestão. Muitas disciplinas envolvem a realização de trabalhos individuais e em grupo com uso de ferramentas informáticas muito variadas. Nos últimos anos, os estudantes têm acesso a programas de intercâmbio internacional, particularmente na Europa e no Brasil. O curso termina com um projeto individual de dissertação, que normalmente é realizado numa empresa em Portugal, na Europa ou em outros países. Após o curso, os diplomados poderão desempenhar funções de engenharia industrial e gestão em várias áreas, tais como produção, distribuição, logística, aprovisionamentos, manutenção, marketing, sistemas de informação e consultadoria, ou optarem por uma carreira de investigação.



  • Mestrado Integrado em Engenharia Electrotécnica e de Computadores
  • O Mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (MIEEC) implementa o conceito de ciclo de estudos integrado conducente ao grau de Mestre, tal como foi estabelecido na Lei de Bases do Ensino Superior, tendo uma duração de 5 anos. O MIEEC combina uma formação científica sólida e de espectro largo com uma formação especializada nas diferentes áreas da Engenharia Eletrotécnica e de Computadores. O plano de estudos do curso define um tronco comum de dois anos seguido dos seguintes três percursos formativos alternativos (ramos):

    • Automação;
    • Energia;
    • Telecomunicações, Eletrónica e Computadores.


  • Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação
  • No final dos cinco anos do curso os diplomados terão uma formação avançada em Engenharia Informática e Computação, podendo ter escolhido uma área de especialização ou manter um leque mais alargado de interesses, mercê de uma ampla oferta de opções, configurável individualmente, contida no plano de estudos. As possíveis especializações incluem atualmente: * Engenharia de Software e Sistemas de Informação (2 sub-áreas com estes nomes) * Redes e Tecnologias de Informação (sub-áreas de Tecnologias da Internet e de Infraestruturas Informáticas) * Sistemas Inteligentes e Multimédia (2 sub-áreas com estes nomes)

    Para mais informações sobre empregabilidade, testemunhos, parcerias, etc., consultar o site http://www.fe.up.pt/dei/mieic.



  • Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica
  • O Curso de Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica é uma formação abrangente, que aborda os 5 grandes domínios tradicionais da Engenharia Mecânica: Energia Térmica e Mecânica dos Fluídos; Projeto e Construção Mecânica; Materiais e Processos Tecnológicos; Gestão da Produção; Automação e Controlo. Sob o ponto de vista profissional, os Mestres em Engenharia Mecânica são profissionais que intervêm num vasto conjunto de atividades, tais como: Construção de equipamentos mecânicos e térmicos, Produção de energia, Planeamento e de gestão da produção, Automação industrial, Projeto e desenvolvimento de novos produtos, Criação de novas empresas de índole tecnológica.



  • Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais
  • O Mestrado Integrado em Engenharia Metalúrgica e de Materiais tem como principal objetivo formar diplomados qualificados para o exercício da função de Engenheiro de Materiais com capacidade de intervenção nos atuais desafios da sociedade, designadamente, a otimização de materiais tradicionais e o desenvolvimento de novos materiais e processos inovadores.O Mestrado Integrado, com a duração de cinco anos, assegura uma sólida formação em Ciências dos Materiais, Caracterização, Tecnologia e Processamento, Projeto, Gestão e Inovação em Materiais.

  • Mestrado Integrado em Engenharia Química
  • Since 2006/2007 Feup offers an Integrated Masters in Chemical Engineering, included in the reform of the Portuguese higher education (The Bologna Process). It is an academic degree which endows students with professional skills in the area of chemical engineering. This master's has been reformulated and now it gives students the opportunity to learn new methodologies of work, which are in consonance with the evolution of teaching in the best European institutions. This academic degree acquaints students with underlying knowledge on Mathematics, Chemistry, Physics, Biology and Chemical Engineering Science. This master's is based not only on the practice of engineering but also on designing. Besides, students have the chance to deepen their knowledge in the following areas: - Processes and Products - Energy and Environment - Biotechnology



Mestrado

  • Mestrado em Ciência da Informação
  • Os diplomados do MCI têm competências de gestão de informação onde quer que a Informação desempenhe um papel central, seja a especificar processos, a organizar arquivos, a dinamizar bibliotecas ou a gerir sistemas de informação.


    A U.PORTO é a única universidade portuguesa a oferecer licenciatura + mestrado em Ciência da Informação, articulados entre si. 



  • Mestrado em Engenharia Biomédica

  • O Mestrado em Engenharia Biomédica (MEB) da Faculdade de Engenharia da U.Porto (FEUP) foi criado em 1996/1997. A Engenharia Biomédica visa a aplicação das ciências exatas e aplicadas à resolução de problemas nos domínios da biologia, da medicina e da saúde. O MEB é oferecido no seguimento de um 1º ciclo nas áreas de Física, Química, Matemática, e Engenharias (nomeadamente, Biomédica, Electrotécnica, Materiais, Química, Mecânica, e Informática, entre outras), tem como objetivo proporcionar formação avançada integrada em Engenharia Biomédica, promovendo a capacidade de compreensão sistemática num domínio específico, a par com uma formação mais global em domínios mais abrangentes dentro desta área da engenharia.

  • Mestrado em Engenharia de Minas e Geo-Ambiente
  • O Mestrado em Engenharia de Minas e Geo-Ambiente (MEMG) é o segundo ciclo de estudos (mestrado) em engenharia de minas da FEUP.
    Tem como objetivo a formação de engenheiros de minas com um perfil de conceção, capazes não só de operar mas também conceber um sistema mineiro com toda a sua complexidade.



  • Mestrado em Engenharia de Segurança e Higiene Ocupacionais
  •  Apresentar Candidatura:
    O MESHO é um curso de perfil transversal, dirigido à formação de profissionais com elevada qualificação técnica e académica na área da Segurança e Higiene Ocupacionais. Permite ainda o reconhecimento profissional, pela possibilidade de acesso ao CAP em SHT junto da Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).
    No âmbito académico, a qualidade do curso foi novamente reconhecida em 2015 pela A3ES (Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior) com a renovação da acreditação.
    Página web do MESHO



  • Mestrado em Engenharia de Serviços e Gestão


  • Mestrado em Engenharia de Software


  • Mestrado em Estruturas de Engenharia Civil


  • Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico
  • NEW | COTEC MUDA Dissertation Competition 2016 - MIETE got 3 ranked among the TOP 10 out of 75dissertations in the competition. The dissertation by Poliana Pires (MIETE2013/15), although not the winner, was ranked among the TOP 3 (more information here).

    A Nossa Proposta de Valor

    O MIETE tem como Proposta de Valor promover a formação integrada de gestores e empreendedores através de um ensino prático (“mãos-na-massa”) que, estando assente em conceitos teóricos sólidos e num acompanhamento permanente e profissional, permita o desenvolvimento de competências e conhecimentos com vista à eficaz gestão do conhecimento e inovação e ao desenvolvimento de novos negócios. Estes novos negócios, de elevado potencial, poderão ser desenvolvidos no seio de empresas existentes ou através da criação de novas empresas.


    O MIETE oferece:
    i) Formação integrada nos processos de Inovação e Comercialização de Tecnologia;
    ii) Promoção da construção de novos negócios de base tecnológica;
    iii) Acesso privilegiado a tecnologia disponível na Universidade do Porto para a construção do negócio;
    iv) Orientação dos alunos tendo por base casos reais, ao longo de todo o processo de construção de novos negócios;
    v) Apoio de professores e executivos experientes na construção do negócio a nível nacional e internacional;
    vi) Integração de valências e competências diversas em equipas pluri-disciplinares.



  • Mestrado em Mecânica Computacional


  • Mestrado em Multimédia


  • Mestrado em Planeamento e Projecto Urbano
  • 1) O Programa do Curso de Mestrado em Planeamento e Projecto Urbano (MPPU) integra uma parte escolar – curso de Mestrado – com 60 ECTS e a elaboração de uma tese de mestrado com 60 ECTS. A parte escolar compreende sete unidades curriculares obrigatórias (cinco unidades no 1º semestre – “Sistema de Planeamento e Gestão Territorial”, “Políticas Urbanas e Metropolitanas”, “Planeamento dos Transportes e Mobilidade”, “Formas e Estruturas Urbanas” e “Planeamento da Qualidade do Ambiente Urbano”; duas unidades no 2º semestre - “Estúdio de Projecto Urbano” e “Seminário em Planeamento”) e duas unidades de opção condicionada (no 2º semestre). As unidades optativas têm de ser escolhidas entre as indicadas explicitamente no Plano de Estudos como "Optativas". A escolha tem de ter o acordo da Comissão Científica do programa.

    2) Segundo a Classificação Nacional das Áreas de Educação e Formação (CNAEF), a área do MPPU é: "Engenharia e técnicas afins".



  • Mestrado em Projeto Integrado na Construção de Edifícios
  • O MPRINCE Mestrado em Projeto Integrado na Construção de Edifícios é um curso de pós-graduação com a duração de 2 Anos/4 semestres (120 ECTS), essencialmente destinado a estudantes já com formação inicial – e, eventualmente, atividade profissional -  nas áreas de Engenharia Civil e Arquitetura, e que pretendam ampliar as suas competências no sentido de participar no desenvolvimento de empreendimentos de construção de uma forma integrada e abrangente, percorrendo as fases de conceção, projeto técnico, construção e utilização.

    Entre as diversas atividades industriais, a Indústria da Construção será, provavelmente, aquela onde a obtenção de um produto final envolve um maior número de especialidades e componentes técnicas, com a contribuição de um elevado número de profissionais cobrindo um âmbito alargado de áreas científicas nos domínios da engenharia e arquitetura. Do mesmo modo, o facto de se esperar que os produtos desta indústria – em especial edifícios – durem várias décadas, conduz à necessidade de uma atenção particular sobre o modo como são concretizados.

    Isto é refletido no cada vez maior número de ligações e inter-relações entre os assuntos envolvidos e o seu impacto no ambiente construído, frequentemente traduzidos em regulamentação que deverá ser observada. Assim, é fundamental o conhecimento sobre a essência e aplicação das diversas especialidades que se encontram ligadas num empreendimento global de construção, bem como as aptidões e competências necessárias para contribuir para uma gestão eficiente daquelas, com o objetivo de conceber, projetar e construir construções sustentáveis.

    Mais informação em
    https://sigarra.up.pt/feup/pt/cur_geral.cur_view?pv_ano_lectivo=2019&pv_origem=CAND&pv_tipo_cur_sigla=M&pv_curso_id=16561

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-12-16 às 07:33:06 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais