Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > CC2003
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Lógica Computacional

Código: CC2003     Sigla: CC2003     Nível: 200

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciência de Computadores

Ocorrência: 2023/2024 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Ciência de Computadores
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciência de Computadores

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 48 162
L:CC 83 Plano estudos a partir do ano letivo 2021/22 2 - 6 48 162
L:F 1 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 48 162
3
L:G 1 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 2 - 6 48 162
3
L:IACD 71 Plano Oficial a partir do ano letivo 2021/22 2 - 6 48 162
L:M 10 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 48 162
3
L:MA 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 48 162
L:Q 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 48 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sabine Babette Broda Regente

Docência - Horas

Teórica: 1,71
Práticas Laboratoriais: 1,71
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 1,71
Sabine Babette Broda 1,71
Práticas Laboratoriais Totais 4 6,84
Sabine Babette Broda 3,42
Nelma Resende Araújo Moreira 3,42

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Pretende-se que o aluno aprenda as noções básicas do raciocínio lógico e seja capaz de utilizar correctamente os sistemas dedutivos; compreenda as relações entre as semânticas e os sistemas dedutivos e a sua caracterização do ponto de vista da decidibilidade; reconheça o papel dos sistemas formais nas várias áreas da Ciência de Computadores, e em particular na área da programação em lógica.

Resultados de aprendizagem e competências

Conhecer os principais tópicos da lógica proposicional e da lógica de primeira ordem, bem como a sua aplicação na programação em lógica.

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Estruturas Discretas

Programa

Lógica proposicional:
Sintaxe e semântica, satisfazibilidade, validade, consequência lógica. Formas normais. Algoritmos de satisfazilidade. 
Sistemas dedutivos. Completude e integridade do sistema dedutivo. Decidibilidade.

Lógica de primeira ordem: Linguagem de primeira ordem. Sintaxe.
Semântica: estruturas, interpretações, modelos. Sistemas dedutivos. Completude e integridade dos sistemas dedutivos. 

Programação em lógica: cláusulas de Horn, unificação e resolução.

Bibliografia Obrigatória

Huth Michael 1962-; Logic in Computer Science. ISBN: 0-521-54310-X

Bibliografia Complementar

Barwise Jon; Language, proof, and logic. ISBN: 1-57586-374-X
C.J. Hogger; Essentials of logic programming. ISBN: 0-19-853832-4
Almeida José Bacelar 070; Rigorous software development. ISBN: 9780857290175

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas de exposição dos conteúdos programático.
Aulas práticas de resolução de exercícios propostos semanalmente.



 

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 114,00
Frequência das aulas 48,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

- A meio do semestre  haverá um teste, não obrigatório, cotado para 20 valores.
- O exame da época normal tem duas partes. A matéria da primeira parte corresponde à do teste, a da segunda parte à restante matéria lecionada na UC.
-Os alunos deverão obter um mínimo de 6 valores (em 20) em cada uma das partes.
- Os estudantes com cotação de seis ou mais valores no teste podem optar por não realizar a primeira parte do exame e usar
a nota obtida no teste para o cálculo da nota final (média aritmética).


Todos os alunos poderão realizar o exame de recurso.

Fórmula de cálculo da classificação final


Sendo PP a classificação obtida na primeira parte e SP a
classificação obtida na segunda parte, a nota final é dada por:
F = PP*(0.5) + SP*(0.5)
PP,SP >= 6 e F >= 9.5

Não obterão aprovação na avaliação distribuída, os alunos que não obtiverem um mínimo de 6 valores (em 20) em cada teste.
Para os alunos que não obtiverem aprovação, haverá um exame de recurso cotado para 20 valores.



Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os critérios de avaliação são os mesmos para todos os estudantes.

Melhoria de classificação

Será possível fazer melhoria de classificação em época de recurso.

Observações

É desejável, mas não obrigatório, que os estudantes tenham já tido aprovação à disciplina de Estruturas Discretas.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-02-28 às 17:06:48 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias