Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Q3005
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Recolha e Tratamento de Amostras

Código: Q3005     Sigla: Q3005     Nível: 300

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Química

Ocorrência: 2018/2019 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: http://moodle.up.pt/course/view.php?id=167
Unidade Responsável: Departamento de Química e Bioquímica
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Química

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 56 162
L:CC 0 Plano de estudos a partir de 2014 2 - 6 56 162
3
L:F 0 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:G 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 3 - 6 56 162
L:M 2 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:Q 20 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Carlos Manuel de Melo Pereira Regente
Manuel Augusto Gomes de Oliveira Azenha Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 2,00
Manuel Augusto Gomes de Oliveira Azenha 2,00
Práticas Laboratoriais Totais 2 4,00
Manuel Augusto Gomes de Oliveira Azenha 4,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-07-03.

Campos alterados: Componentes de Avaliação e Ocupação

Língua de trabalho

Português

Objetivos

A recolha e a preparação de uma amostra são passos essenciais num procedimento analítico e, apesar disso, são aqueles que o analista poderá estar menos preparado para enfrentar. Com esta disciplina pretende-se minimizar o efeito dos erros de amostragem no resultado final da análise, introduzindo as noções básicas do procedimento de amostragem, apresentando e discutindo as várias estratégias possíveis para a realização da amostragem. Aquisição de conhecimentos sobre os diversos processos de tratamento de amostras directamente relacionados ou não com o método de análise.

Resultados de aprendizagem e competências

Resultados de aprendizagem:

Conhecer os princípios básicos de amostragem e os diferentes métodos de amostragem;

conhecer os princípios básicos de recolha de amostras de ar;

conhecer os princípios básicos de recolha de amostras de solo;

conhecer os princípios básicos de recolha de amostras de água;

conhecer os princípios básicos de armazenamento e transporte de amostras;

conhecer os princípios do tratamento de amostras tendo em conta a origem e objetivos de análise;

conhecer os princípios básicos de digestão de amostras por via húmida e por micro-ondas;

 

 

Competências:

Identificar a origem dos erros nos diferentes passos do processo analítico;

estimar os erros cometidos nos diferentes passos do processo analítico;

distinguir entre amostragem aleatória e não aleatória;

saber identificar e colocar em prática os diferentes tipos de amostragem (sistemática, aleatória, estratificada);

calcular constantes de amostragem;

elaboração e execução de planos de amostragem;

manuseamento, calibração, manutenção de bombas de amostragem de ar;

uso de digestão por micro-ondas para tratamento de amostras.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. Introdução 2. Medições e Decisões 3. Amostras e Universo 4. Estrato, Lote, Incremento, Amostra composta 5. Amostragem e seus objectivos 6. Plano de Amostragem 7. Métodos de Amostragem 8. Tipos de erros de amostragem 9. Constante de amostragem 10. Cálculo do nº de amostras 11. Exemplos de planos de amostragem 11.1 amostragem de solos 11.2 amostragem de águas 11.3 amostragem de ar 12. Armazenamento de amostras 13. Processos de tratamento de amostras 14.1 Digestão 14.2 Digestão por micro-ondas

Bibliografia Obrigatória

Gy Pierre; Sampling for analytical purposes. ISBN: 0-471-97956-2
Harris Daniel C.; Quantitative chemical analysis. ISBN: 0-7167-2508-8

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Exposição oral da matéria, com discussão dos vários temas versados. Realização de trabalhos práticos exemplificativos de diferentes aspectos a ter em consideração na recolha e tratamento de vários tipos de amostras.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 50,00
Trabalho escrito 15,00
Trabalho laboratorial 35,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 76,00
Frequência das aulas 56,00
Trabalho escrito 10,00
Trabalho laboratorial 20,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

Ter aprovação na componente prática da disciplina e média igual ou superior a 9,5 valores na avaliação da disciplina. Obrigatoriedade de frequência às aulas práticas e teórico-práticas.

Fórmula de cálculo da classificação final

Exame – 50% (nota mínima de 8.5 valores) Trabalho em grupo com apresentação- 15% Nota prática – 35%

Provas e trabalhos especiais

Uma das componentes da avaliação consiste na realização em grupo de um trabalho de pesquisa/síntese sobre uma temática relacionada com a recolha ou o tratamento de amostras. Pretende-se promover o trabalho e discussão dos temas em grupos bem como o desenvolvimento de aptidões de escrita e apresentação de informação.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

TE: Será exigida demonstração da aquisição das competências práticas trabalhadas nas aulas laboratoriais através de exame prático.

Melhoria de classificação

A melhoria só é aplicável à componente de exame final.

Observações

BIBLIOGRAFIA Métodos de Amostragem, C. M. Pereira, Departamento de Química, FCUP, Porto, 1989. Sampling for Analytical Purposes, P. Gy, John Wiley & Sons, 1ª Ed., Chichester, 1999. Quantitative Chemical Analysis, D. C. Harris, W. H. Freeman, 5ª Ed., Nova Iorque, 1997. Acceptance Sampling in Quality Control, Second Edition, Dean V. Neubauer and Edward G. Schilling, Chapman and Hall/CRC 2009 A Primer on Quality in the Analytical Laboratory, John Kenkel, CRC Press, 2000 Air Sampling and Industrial Hygiene Engineering, Dennis W. Day and Martha J. Boss, CRC Press 200

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-02 às 07:05:05 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias