Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > GEOL3004
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Recursos Geológicos

Código: GEOL3004     Sigla: GEOL3004     Nível: 300

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Geologia

Ocorrência: 2018/2019 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Geociências, Ambiente e Ordenamento do Território
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Geologia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 56 162
L:CC 1 Plano de estudos a partir de 2014 2 - 6 56 162
3
L:F 0 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:G 46 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 3 - 6 56 162
L:M 0 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:Q 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Alexandre Martins Campos de Lima Regente
António José Nogueira Gomes de Moura Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Alexandre Martins Campos de Lima 1,00
António José Nogueira Gomes de Moura 1,00
Práticas Laboratoriais Totais 3 6,00
António José Nogueira Gomes de Moura 3,00
Alexandre Martins Campos de Lima 3,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-09-17.

Campos alterados: Fórmula de cálculo da classificação final, Obtenção de frequência, Componentes de Avaliação e Ocupação, Observações, Tipo de avaliação

Língua de trabalho

Português

Objetivos

É esperado que os estudantes adquiram conhecimentos gerais sobre a variedade de Recursos Geológicos existente bem como sobre a génese e aspetos geo-económicos. É esperado que os estudantes adquiram competências que os tornem aptos a ingressar no quadro técnico de empresas da área extrativa, ou a iniciar trabalhos de investigação na área dos recursos geológicos.

Resultados de aprendizagem e competências

O programa foi elaborado tendo em vista a natureza generalista que a unidade curricular possui (no campo dos recursos é a única UC do Curso). Deste modo pretende-se que o estudante fique com uma visão da totalidade dos recursos, sem descurar aspectos básicos e essenciais sobre a génese de cada tipo de recurso geológico, bem como o conhecimento de exemplos paradigmáticos de jazigos mundiais.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Noções básicas sobre Recursos Geológicos. Principais características mineralógicas, económicas e a génese dos seguintes tipos de jazigos minerais: MAGMÁTICOS de quimismo BÁSICO, CARBONATITOS e ROCHAS ÍGNEAS ALCALINAS, VMS e SEDEX, MVT, jazigos de zinco em óxidos e carbonatos, LATERITES, SUPERGÉNICOS, SEDIMENTARES, PLACERS, PALEOPLACERS, SKARNS, jazigos em Filões, Greisens ou Aplitopegmatitos, BIFs, IRONSTONES, PÓRFIROS, IOCG. Recursos energéticos. Minerais e rochas industriais. Rochas Ornamentais e gemas. Ambientes geodinamicos na formação dos Recursos Geológicos. A formação dos recursos geológicos atráves do Tempo. Alguns dos principais jazigos mundiais de cada um dos tipos de jazigos referidos. Recursos Geológicos de Portugal- uma síntese.

Bibliografia Obrigatória

Kesler Stephen E.; Mineral resources, economics and the environment. ISBN: 978-1-107-07491-0
Moura António José Nogueira Gomes de; Geologia económica dos elementos não metálicos. ISBN: 978-989-20-3619-9
Moura António José Nogueira Gomes de Universidade do Porto. Faculdade de Ciências; Geologia económica dos metais básicos e dos metais ferrosos. ISBN: 978-989-703-145-8
Moura António; Metais e semi-metais de portugal
Moura António; Recursos Geológicos de Portugal. ISBN: 978-989-703-017-8
Craig, J.R., ; ORE-MINERAL TEXTURES AND THE TALES THEY TELL, 2001 (Excelente artigo sobre texturas de minérios)
Arndt, N.T. et al. (editores); Future Global Mineral Resources, Geochemical Perspectives v. 6, n. 1. European Association of Geochemistry, 2017. ISBN: 2223-7755 (Excelente síntese sobre Recursos Geológicos)
Ridley, J.; Ore Deposit Geology , Cambridge University Press, 2013. ISBN: 9781107022225
Robb Laurence; Introduction to ore-forming processes. ISBN: 0-632-06378-5
Velho José Lopes 1956-; Mineralogia industrial. ISBN: 978-972-757-331-8

Bibliografia Complementar

Kogel, J.E. et al. (Editores); Industrial Minerals and Rocks. 7th edition, S.M.E., 2006. ISBN: 978-0873352499
Pirajno Franco 1939; Hydrothermal mineral deposits. ISBN: 3-540-52517-3
Guilbert John M.; The geology of ore deposits. ISBN: 0-7167-1456-6
Taylor, R.; Ore Textures, Springer., 2009. ISBN: 978-3-642-01782-7 (Livro sobre texturas, sobretudo macroscópicas; inclui texturas de alteração hidrotermal.)
Arndt, N., Ganino, C.,; Metals and Society. An introduction to economic geology, Springer, 2012. ISBN: 978-3-642-22995-4.
Evans Anthony M.; Ore geology and industrial minerals. ISBN: 0-632-02953-6
Harben, P.W., Kuzvart, M., ; Industrial Minerals a Global Geology, Industrial Mineral Information Ltd, 1996. ISBN: 1 900663 07 4
Craig James R. 1940-; Resources of the earth: origin, use, and environmental impact. ISBN: 0-13-083410-6

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Nas aulas o professor expõe a matéria letiva na forma oral e mostrando projeções de gráficos, tabelas e fotos relacionadas com os temas. Também mostra objetos do dia-a-dia, relacionando-os com os minérios de onde são extraídos os elementos de que são feitos.
Nas aulas práticas os estudantes estudam em amostra de mão e em microscópios de reflexão e de transmissão minérios dos mais importantes recursos.
Aulas de campo em áreas mineiras complementam a parte lectiva dando-lhes uma componente industrial virada para a realidade económica.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 50,00
Frequência das aulas 50,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

Conforme regras da FCUP

Fórmula de cálculo da classificação final

Média dos 2 testes.
Peso das componentes teórica e prática:
parte teórica- 60% 
parte prática- 40% .
A classificação mínima em cada parte é de 7,0 em 20 valores.
Não haverá exame em época normal pois nessa época a avaliação será efetuada por testes.

Observações

Na avaliação será 60% da parte teórica e 40% da parte prática. A classificação mínima em cada parte é de 7,0 em 20 valores.
Não haverá exame em época normal pois nesta época a avaliação será efetuada por testes.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-03 às 15:32:01 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias