Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > Q2001
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Introdução ao Processo Analítico

Código: Q2001     Sigla: Q2001     Nível: 200

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Química

Ocorrência: 2018/2019 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Química e Bioquímica
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Química

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 1 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 56 162
L:CC 0 Plano de estudos a partir de 2014 2 - 6 56 162
3
L:F 3 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:G 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 3 - 6 56 162
L:M 1 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:Q 57 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
José António Maia Rodrigues Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Teorico-Prática: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
José António Maia Rodrigues 2,00
Teorico-Prática Totais 2 4,00
Paulo Joaquim Ferreira de Almeida 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Pretende-se desenvolver nos alunos a capacidade de compreensão e descrição dos diferentes procedimentos analíticos habitualmente usados em análise química, identificando os seus aspectos comuns e mostrando as suas características particulares que os tornam específicos para aplicações analíticas. Assimilação e integração de conceitos e de características de modo a proporcionar uma visão abrangente dos processos  baseados no equilíbrio heterógeneo, em particular, os processos de separação física e química. Proporcionar a aquisição de conhecimentos sobre análise volumétrica.

Resultados de aprendizagem e competências

Oa alunos desenvolverão capacidades de compreensão e conhecimentos sobre os diferentes procedimentos analíticos habitualmente usados em análise química, identificando os seus aspectos comuns e as suas características particulares que os tornam específicos para determinadas aplicações analíticas. Assimilarão e integrarão conceitos de modo a obterem uma visão abrangente dos processos  baseados em equilíbrios heterógeneos, em particular, os processos de separação física e química habitualmente utilizados na preparação de amostras para análise. Adquirirão conhecimentos sobre análise volumétrica e suas aplicações.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1 Introdução à análise química; análise qualitativa e quantitativa; métodos químicos e instrumentais. 2. Elementos de estatística e procedimentos de quantificação. Obtenção e tratamento de dados. 3. Equilíbrio químico. Resolução de problemas de equilíbrio químico. Balanço material, balanço de carga eléctrica e balanço de protões.  Aplicação a reacções de ácido-base, complexação, oxidação-redução e precipitação. 4. Efeito de eletrolítos no equilíbrio químico. Força iónica, atividade e coeficiente de atividade. 5. Obtenção e preparação de amostras para análise química. Noções de amostragem. Equilíbrio heterogéneo em química analítica. Extração líquido-líquido. 6. Gravimetria, métodos gravimétricos. 7. Volumetrias, métodos de análise volumétrica.



Bibliografia Obrigatória

Skoog Douglas; West Donald; Holler James; Crouch Stanley; Fundamentals of Analytical Chemistry. ISBN: 0-03-035523-0
Harris Daniel C.; Quantitative Chemical Analysis. ISBN: 0-7167-4464-3
David Harvey; Analytical Chemistry 2.0, 2008 (Obra de acesso livre via WWW. Site: http://www.asdlib.org/onlineArticles/ecourseware/Analytical%20Chemistry%202.0/Text_Files.html)

Bibliografia Complementar

Kellner R.; Mermet J. M.; Otto M.; Widmer H. M.; Analytical Chemistry . ISBN: 3-527-28610-1

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

O ensino processa-se através de aulas teóricas e teórico-práticas. As aulas teóricas são espaços de exposição presencial dos temas do programa, com recurso aos meios audiovisuais disponíveis. As aulas teórico-práticas são espaços dedicadas à resolução de exercícios de aplicação dos conceitos tratados e apreendidos nas aulas teóricas, ao esclarecimento de dúvidas e à análise crítica do resultado final.

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 100,00
Participação presencial 0,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo
Frequência das aulas
Total: 0,00

Obtenção de frequência

Para obtenção de frequência, o aluno com inscrição ordinária não pode exceder o número limite de faltas às aulas teórico-práticas, que é fixado em 3 faltas no presente ano lectivo. O aluno com estatuto especial não está abrangido pela medida restritiva anterior.

Fórmula de cálculo da classificação final

1. Modo de Avaliação
A avaliação de conhecimentos será efectuada através de exame final obrigatório.
2. Dispensa de exame final
O aluno poderá dispensar de exame final através da realização de 2 testes (T1, T2) ao longo do semestre, no horário das aulas teóricas, desde que a média aritmética dos dois testes seja positiva. A realização destes testes é facultativa.
3 Exame final (EX)
O exame final de época normal será constituído por dois módulos independentes correspondentes à matéria dos testes referidos no ponto 2.. Os alunos que tenham optado por realizar os testes previstos no ponto 2. podem optar por realizar os módulos em exame final que mais lhes convierem. A nota final deste exame será obtida através da média aritmética das classificações obtidas nos dois módulos. No caso dos alunos que tenham optado por realizar os testes e, posteriormente, repetir o módulo em exame, a nota considerada será a mais favorável. O exame final de época de recurso e de época especial será único englobando toda a matéria efetivamente lecionada. A classificação final será exclusivamente obtida a partir da nota do aluno nesse exame.

Provas e trabalhos especiais

Realização de dois testes ao longo do semestre nas aulas teóricas.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

A avaliação de conhecimentos para os alunos com estatuto especial será feita em exame final. Podem contudo optar por realizar os testes previstos no ponto 2. l e seguir o processo de avaliação aí descrito.

Melhoria de classificação

A melhoria da classificação pode ser conseguida através da realização de exame final com esse propósito.

Observações

Não há dispensa de frequência às aulas teórico-práticas.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-04 às 23:11:58 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias