Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > CC3007
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Sistemas e Aplicações

Código: CC3007     Sigla: CC3007     Nível: 300

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciência de Computadores

Ocorrência: 2018/2019 - 2S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Página Web: https://moodle.up.pt/course/view.php?id=2513
Unidade Responsável: Departamento de Ciência de Computadores
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciência de Computadores

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 56 162
L:CC 16 Plano de estudos a partir de 2014 2 - 6 56 162
3
L:F 0 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:G 0 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 3 - 6 56 162
L:M 1 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:Q 3 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 56 162
MI:ERS 27 Plano Oficial desde ano letivo 2014 2 - 6 56 162
3

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Pedro Miranda de Andrade de Albuquerque d'Orey Regente
Nelma Resende Araújo Moreira Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Pedro Miranda de Andrade de Albuquerque d'Orey 2,00
Práticas Laboratoriais Totais 2 4,00
Francesco Renna 2,00
Pedro Miranda de Andrade de Albuquerque d'Orey 2,00

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

Fornecer ao aluno experiência na utilização, administração e programação de alguns dos sistemas/aplicações mais utilizados em ambiente Windows. O enfoque particular será sobre o ambiente de programação do Visual Basic for Applications.

Resultados de aprendizagem e competências

Conhecer e saber desemvolver programas que usem o MS Excel.

Conhecer e saber desenvolver programas que usem o MS Access.

Criar sistemas capazes de integrar aquelas duas ferramentas.

 

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Frequência de uma cadeira (inicial) de programação, de preferência programação imperativa.

Programa

Microsoft Excel: Ambiente de trabalho. Tipos de dados. Formatar dados. Documentar dados. Referenciar células. Fórmulas. Operadores. Funções. Soma automática e cálculo automático.
Microsoft Access: Conceitos básicos sobre base de dados. Ambiente de trabalho. Tabelas. Tipos e propriedades dos dados. Integridade referencial. Relações e associações. Consultas. Tipos de consulta. Formulários e sub-formulários. Controlos. Tipos de controlos. Relatórios, sub-relatórios e secções. Macros. Segurança.
Visual Basic for Applications (VBA): Variáveis. Operadores. Procedimentos. Argumentos. Arrays. Estruturas de decisão. Ciclos. Funções básicas. Objectos. VBA e Excel. Objectos Workbook, Worksheet e Range. VBA e Access. Objectos DoCmd, Form, Report e Control. ActiveX Data Objects (ADO). Objectos Connection, Command e Recordset. Tratamento de erros. Collections. Módulos de classe.

Bibliografia Obrigatória

Running Microsoft Excel, Microsoft Press
Running Microsoft Access, Microsoft Press

Bibliografia Complementar

ADO: ActiveX Data Objects, O'Reilly

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Método expositivo; demonstrações; resoluções de exercícios e trabalhos práticos.

Software

Moodle UP
MS Office 2016

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 60,00
Trabalho laboratorial 40,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 40,00
Frequência das aulas 50,00
Trabalho laboratorial 40,00
Total: 130,00

Obtenção de frequência

Realização de todos os trabalhos práticos; nota mínima de 4 valores nos trabalhos práticos; nota mínima de 4 valores no conjunto dos dois testes (cotados para 12); frequência a 75% das aulas práticas

Fórmula de cálculo da classificação final

Soma de todas as parcelas da avaliação: trabalho1 (4 valores), trabalho2 (4 valores),  teste1 (6 valores), teste2 (6 valores).

 

Provas e trabalhos especiais

Trabalho1 (Excel-VBA). Trabalho2 (Access-VBA)

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Em situações devidamente fundamentadas, a necessidade de um número mínimo de presenças às aulas práticas poderá ser relaxada para estudantes em regimes especiais. As componentes da avaliação são consideradas e tratadas e igual forma aos estudantes em regime normal.

Melhoria de classificação

Melhoria da nota obtida nos testes através das épocas de recurso e especial.

Observações

- Haverá apresentação dos trabalhos práticos nas aulas práticas. Alunos que não compareçam a esses momentos (2 por trabalho prático), ou não demonstrem ter conhecimento do trabalho, ou não auxiliem os colegas de grupo, terão desconto na nota do Grupo em cada trabalho em que tal tenha ocorrido.
- O teste1 será realizado durante o decorrer do semestre. O teste2 será realizado durante a época normal de exames. 

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-03 às 16:41:57 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias