Saltar para:
Logótipo
Você está em: Início > CC2003
Mapa das Instalações
FC6 - Departamento de Ciência de Computadores FC5 - Edifício Central FC4 - Departamento de Biologia FC3 - Departamento de Física e Astronomia e Departamento GAOT FC2 - Departamento de Química e Bioquímica FC1 - Departamento de Matemática

Lógica Computacional

Código: CC2003     Sigla: CC2003     Nível: 200

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciência de Computadores

Ocorrência: 2017/2018 - 1S

Ativa? Sim
Página Web: http://www.dcc.fc.up.pt/~sandra//Home/LC1718.html
Unidade Responsável: Departamento de Ciência de Computadores
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Ciência de Computadores

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
L:B 0 Plano de Estudos Oficial 3 - 6 56 162
L:CC 71 Plano de estudos a partir de 2014 2 - 6 56 162
L:F 1 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:G 14 Plano estudos a partir do ano letivo 2017/18 2 - 6 56 162
3
L:M 3 Plano de Estudos Oficial 2 - 6 56 162
3
L:Q 3 Plano estudos a partir do ano letivo 2016/17 3 - 6 56 162
MI:ERS 102 Plano Oficial desde ano letivo 2014 2 - 6 56 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sandra Maria Mendes Alves Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Práticas Laboratoriais: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Sandra Maria Mendes Alves 2,00
Práticas Laboratoriais Totais 5 10,00
Sandra Maria Mendes Alves 4,00
Nelma Resende Araújo Moreira 6,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

 Pretende-se que o aluno aprenda as noções básicas do raciocínio lógico e seja capaz de utilizar correctamente os sistemas dedutivos; compreenda as relações entre as semânticas e os sistemas dedutivos e a sua caracterização do ponto de vista da decidibilidade; reconheça o papel dos sistemas formais nas várias áreas da Ciência de Computadores.

Resultados de aprendizagem e competências

Pretende-se que o aluno aprenda as noções básicas do raciocínio lógico e seja capaz de utilizar correctamente os sistemas dedutivos; compreenda as relações entre as semânticas e os sistemas dedutivos e a sua caracterização do ponto de vista da decidibilidade; reconheça o papel dos sistemas formais nas várias áreas da Ciência de Computadores.

Modo de trabalho

Presencial

Pré-requisitos (conhecimentos prévios) e co-requisitos (conhecimentos simultâneos)

Estruturas Discretas

Programa

 Lógica proposicional: Sintaxe Semântica: satisfazibilidade, validade, consequência. Formas normais. Algoritmos de satisfazilidade.

Sistema dedutivos. Completude e integridade do sistema dedutivo. Decidibilidade.

Lógica de primeira ordem (de predicados). Linguagens. Sintaxe. Semântica: estruturas, interpretações, modelos. Sistemas dedutivos. Completude e integridade dos sistemas dedutivos. Teorias e axiomatizações.

Demonstração automática: cláusulas de Horn, unificação e resolução

Bibliografia Obrigatória

Huth Michael 1962-; Logic in Computer Science. ISBN: 0-521-54310-X

Bibliografia Complementar

Barwise Jon; Language, proof, and logic. ISBN: 1-57586-374-X
C.J. Hogger; Essentials of logic programming. ISBN: 0-19-853832-4
Almeida José Bacelar 070; Rigorous software development. ISBN: 9780857290175

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas de exposição dos conteúdos programático assim como de exemplos e casos de estudo. Aulas práticas de resolução de exercícios propostos semanalmente.



 

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 50,00
Teste 50,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 84,00
Frequência das aulas 56,00
Total: 140,00

Fórmula de cálculo da classificação final

Teste intercalar (50% de peso na nota final).
Exame final (50% de peso na nota final).
Sendo TI a classificação obtida  no teste intercalar e EF a
classificação obtida no exame final, então a nota final é dada por:
F = TI*(0.5) + EF*(0.5)
TI,EF >= 6 e F >= 9.5
Não obterão aprovação na avaliação distribuída, os alunos que não obtiverem um mínimo de 6 valores (em 20), no teste e no exame final.
Para os alunos que não obtiverem aprovação, haverá um exame de recurso cotado para 20 valores.



Melhoria de classificação

O exame de melhoria de nota é classificado para 20 valores.

Observações

Os alunos devem ter aprovação a Estruturas Discretas
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-10-06 às 04:50:35 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias