Saltar para:
Logótipo
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
FCUP
Você está em: Início > Concursos Especiais de Acesso e Ingresso no Ensino Superior 2017-2018

Concursos Especiais de Acesso e
Ingresso no Ensino Superior 2017-2018

a) Estudantes aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos

São abrangidos por este concurso, os estudantes aprovados nas provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos.
CONDIÇÕES ESPECÍFICAS DE ACESSO AO CICLO DE ESTUDOS
Aprovação em prova especial prevista no Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março, numa das provas de acesso a realizar por ciclo de estudos, fixadas pela FCUP, realizada no ano de 2017 ou num dos 3 anteriores, na FCUP ou noutra instituição que o conselho científico da FCUP delibere aceitar.
CRITÉRIOS e SUBCRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS
Por ordem decrescente do valor:
  • Classificação na prova especial.
CRITÉRIO DE DESEMPATE DE CANDIDATOS
Critérios para aplicação sucessiva, por ordem decrescente do valor:
  • Diferença entre 2017 e o ano de realização da prova especial de acesso;
  • Idade.

b) Titulares de um diploma de especialização tecnológica (TDET)

São abrangidos por este concurso, os titulares de um diploma de especialização tecnológica, cuja adequação será objeto de apreciação casuística, que tenham realizado os exames nacionais do ensino secundário correspondentes às provas de ingresso exigidas para o ingresso no ciclo de estudos em causa através do regime geral de acesso e ingresso regulado pelo D.L. nº 296-A/98, de 25/09, com classificação não inferior a 95 pontos.
Nota: Os candidatos titulares de diploma de especialização tecnológica (DET), que pretendam efetuar a candidatura por este concurso a um ciclo de estudos de licenciatura ou mestrado integrado da FCUP, antes de submeterem a candidatura online, devem solicitar ao Conselho Científico, desta Faculdade, através de um requerimento a adequação do currículo do DET que possuem ao ingresso no ciclo de estudos em causa.
CRITÉRIOS e SUBCRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS
Por ordem decrescente do valor, a média ponderada de dois fatores:
  • (60%) - Classificação da(s) prova(s) de ingresso;
  • (40%) - Classificação do curso de especialização tecnológica, normalizada para a escala inteira de 200.
CRITÉRIO DE DESEMPATE DE CANDIDATOS
Por ordem decrescente do valor, normalizado para a escala inteira de 20:
  • Média ponderada pelos créditos das classificações obtidas em unidades curriculares do curso de especialização tecnológica.

d) Titulares de outros cursos superiores (TOCS)

São abrangidos por este concurso, os titulares do grau de bacharel, licenciado, mestre ou doutor do Ensino Superior Português e titulares do previsto no artigo 26º do D.L 113/2014 de 16/07.
CRITÉRIOS e SUBCRITÉRIOS DE SELEÇÃO E SERIAÇÃO DOS CANDIDATOS
Por ordem decrescente do valor, normalizado para a escala inteira de 20:
  • Classificação do curso superior, assumindo 16 no caso de doutoramento.
CRITÉRIO DE DESEMPATE DE CANDIDATOS
Preferência sucessiva aos titulares do previsto no artigo 26º do D.L 113/2014 de 16/07, titulares de bacharelato, licenciatura, mestrado e doutoramento.

Legislação Aplicável:

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Ciências da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Última actualização: 2017-04-26 I  Página gerada em: 2019-03-27 às 03:10:44