Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > C500

Cerâmica

Código: C500     Sigla: C

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Artes Plásticas

Ocorrência: 2018/2019 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Artes Plásticas
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Artes Plásticas

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
AP 41 Plano de estudos oficial 2011 3 - 4,5 64 121,5
4

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Francisco Artur de Vaz Tomé Laranjo Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 4,00
Leonor Dupic de Lencastre Ferreira Marques 4,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2018-12-12.

Campos alterados: Componentes de Avaliação e Ocupação, Obtenção de frequência

Língua de trabalho

Português e inglês

Objetivos

• Conhecer o processo cerâmico; 
• Identificar as características dos materiais cerâmicos; 
• Complementar o trabalho desenvolvido na UC de Cerâmica e noutras áreas curriculares; 
• Explorar as potencialidades expressivas das técnicas cerâmicas; 
• Valorizar as metodologias experimentais associadas ao trabalho em estúdio; 
• Estimular a reflexão crítica sobre a cerâmica actual.

Resultados de aprendizagem e competências

O estudo da cerâmica em contexto e das matérias-primas permite conhecer o processo cerâmico e identificar as características dos materiais cerâmicos.

O conhecimento do equipamento cerâmico e a prática laboratorial permitem explorar as potencialidades expressivas das técnicas cerâmicas a partir do domínio da utilização dos fornos e da realização de ensaios e registos de pastas, fundentes e produtos auxiliares.

Os exercícios de modelação, escultura e pintura cerâmica valorizam as metodologias experimentais associadas ao trabalho em estúdio.

As aulas teórico-práticas, a utilização de plataformas digitais, os exercícios da componente prática, as visitas de estudo a exposições, ateliers e outras actividades organizadas no exterior permitem conhecer o processo cerâmico, valorizar as metodologias experimentais associadas ao trabalho em estúdio e estimular a reflexão crítica sobre a cerâmica actual.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

- A cerâmica em contexto: conceitos e géneros;

 - Matérias-primas: caracterização geológica;

- Processos de cozedura das esculturas e relevos cerâmicos;

- Prática laboratorial – ensaios e registos: pastas, corantes, fundentes e produtos auxiliares;

- Processo cerâmico: modelação e pintura.

Bibliografia Obrigatória

Daniel Rhodes; Terre et Glaçures

Bibliografia Complementar

Nino Caruso; Cerâmica Viva
Robert Tichane; Clay Bodies
Dessain et Tolra; La Ceramique Archictectural
Leone Papua; La Coccion de Productos Cerâmicos
Fernandez Chiti; Manual de Esmaltes Cerâmicos
Júlio Resende; A Cerâmica
Christine Constant; The Potter’s Palette

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

O processo de ensino aprendizagem decorre no espaço da Faculdade, com eventuais saídas de campo e workshops com especialistas convidados. Os métodos de ensino a utilizar podem ser assim resumidos:


• Aulas práticas na sala de aula destinada à UC de Cerâmica. 
• Outras aulas teórico-práticas com recurso a meios audiovisuais, textos e outros.
• Utilização de plataformas digitais para a discussão e partilha de informação.
• Visitas de estudo a exposições, ateliers e outras actividades organizadas no exterior.

As aulas da UC de Cerâmica terão uma componente prática com os seguintes exercícios:

1) Modelação sobre a lastra (grés branco com chamote). Dimensões: aproximadamente 30 x 40 x 2 cm. Ensaio com base na relação de planos, superfícies e texturas.

2) Modelação de uma peça de vulto perfeito, em médio formato, motivada pela temática formal do exercício anterior.

3) Pintura de um painel de azulejos em chacota ou vidrado cru, com engobes, pigmentos cerâmicos, óxidos e vidrados.


Relatório final sobre o desenvolvimento dos trabalhos.

Palavras Chave

Humanidades > Artes > Belas artes
Humanidades > Artes > Artesanato > Cerâmica

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 20,00
Trabalho de campo 10,00
Trabalho escrito 10,00
Trabalho prático ou de projeto 60,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Elaboração de projeto 15,00
Estudo autónomo 10,00
Frequência das aulas 60,00
Trabalho de campo 25,00
Trabalho escrito 10,00
Total: 120,00

Obtenção de frequência

Participação em 60% das aulas teórico-práticas da UC de Cerâmica.

Fórmula de cálculo da classificação final

20% (2 val) + 10% (1 val) + 10% (1 val) + 60% (16 val) = 100% (20 val).

Observações

Avaliação distribuída sem exame final.
O processo de avaliação é contínuo, sendo no final do semestre apresentado um relatório com o projecto relativo a cada exercício, respectivas fichas técnicas, memória descritiva, registos fotográficos das distintas fases de trabalho e das peças concluídas.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2024-02-24 às 21:47:39 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais | Denúncias