Saltar para:
This Page in English   A Ajuda Contextual não se encontra disponível   
Hoje é domingo
Você está em: TIC > Rede de Dados >
Autenticação




Rede de Dados da Universidade do Porto

A netUP - rede de dados da Universidade do Porto - é a infra-estrutura de comunicações transversal que serve as várias Unidades Orgânicas e Organismos que fazem parte da Universidade, geograficamente distribuídos pela cidade do Porto.

Trata-se portanto de uma rede metropolitana, que dá acesso a todas as Unidades Orgânicas e Organismos, permite a troca de informação entre si, e faz ainda a interface com redes externas, nomeadamente a Internet (via RCTS).

A netUP consiste numa rede IP estruturada que utiliza, sempre que possível, a tecnologia Ethernet e a fibra óptica como meio de transmissão. A rede tem um total de 53 nós de acesso, dos quais 17 dizem respeito a Faculdades e Escolas, 10 a residências universitárias e 26 a institutos de I&D e outros organismos.

Tal como a Universidade em si, a netUP está organizada em três pólos geográficos, existindo em cada um deles um nó de comutação que assegura a conectividade das entidades a ele ligadas. O pólo 1 está localizado na zona histórica da cidade e o respectivo nó de comutação está localizado no edifício da Reitoria. O pólo 2 está instalado na zona da Asprela e o nó de comutação é alojado pela Faculdade de Engenharia. O pólo 3 está localizado no Campo-Alegre, funcionando o nó de comutação nas instalações da Faculdade de Ciências.

A interligação entre os três pólos é efectuada por um anel de fibra óptica que atravessa a cidade, implementado no âmbito do projecto Porto Digital, que a Universidade coordenou, no que se refere ao sub- projecto de infraestruturas tecnológicas. As topologia em anel, aliada um protocolo de encaminhamento dinâmico, permite a reconfiguração automática da rede em caso de uma falha em qualquer ponto do anel. A velocidade actual da interligação entre pólos é de 10 Gigabit/s.
 

Representação da Topologia netUP

A ligação à Internet faz-se através da RCTS (Rede de Ciência Tecnologia e Sociedade), operada pela FCT-FCCN (Fundação para a Computação Científica Nacional). Actualmente o acesso é feito a 10 gigabit/s no nó de comutação do pólo 2 (Asprela), havendo também uma ligação de backup a 1 gigabit/s no pólo 3 (Campo-Alegre).

Entre o nó de comutação e as instituições de um determinado pólo existe um nível de distribuição que, sempre que possível, é implementado com base em cabos de fibra óptica dispostos em anel, para efeitos de redundância. No caso concreto do pólo 1 (Centro da cidade) esse objectivo é de muito difícil implementação, dadas as dificuldades de construção de infra-estruturas nesta zona da cidade. Os pontos de demarcação da rede são as interfaces existentes em cada uma das Unidades Orgânicas ou Organismos, sendo as redes internas destas instituições geridas pelas equipas locais.
 

Ícone representativo da netUP - Pólo 1

 Ícone representativo da netUP - Pólo 2

 Ícone representativo da netUP - Pólo 3

netUP - Pólo I

netUP - Pólo II

netUP - Pólo III

Opções
Página gerada em: 2017-07-23 às 13:47:32 Última actualização: 2016-01-13