Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > MP301

Metodologias de Projecto

Código: MP301     Sigla: MP

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CNAEF Design

Ocorrência: 2019/2020 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Design
Curso/CE Responsável: Design de Comunicação

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
DC 43 Plano Oficial do ano letivo 2017 4 - 3 30 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Bruno Sérgio Gonçalves Giesteira Regente

Docência - Horas

Teorico-Prática: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 2,00
Bruno Sérgio Gonçalves Giesteira 2,00
Mais informaçõesA ficha foi alterada no dia 2019-09-04.

Campos alterados: Objetivos, Componentes de Avaliação e Ocupação, Programa, Resultados de aprendizagem e competências

Língua de trabalho

Português - Suitable for English-speaking students

Objetivos

* O objetivo desta unidade curricular consiste na apresentação, discussão e prática de diferentes métodos de Design Centrado no Utilizador: DCU, úteis em diferentes fases de desenvolvimento do projeto, numa abordagem metodológica de "Design Sprint".

* No final da UC, o estudante deverá compreender as diferentes fases inerentes à metodologia "Design Sprint" identificando e aplicando adequadamente terminologias, métodos e ferramentas orientados para o Design Centrado no Utilizador, permitindo-lhes estabelecer e aperfeiçoar os seus próprios processos de trabalho.

Resultados de aprendizagem e competências

* Compreender as diferentes fases da metodologia de "Design Sprint" usando métodos de Design Centrados no Utilizador. 

* Reconhecer, gerir e colocar em prática os métodos (DCU) de trabalho adequados às diferentes fases do projecto em desenvolvimento:

* Tipologia dos Métodos DCU:

  • Comportamentais/Atitudinais;

  • Qualitativos/Quantitativos;

  • Inovadores/Adaptados/Tradicionais;

  • Exploratórios/Generativos/Avaliativos;

  • Participatórios/Observacionais/Auto-Registáveis/Revisitáveis por Especialistas/Procedimentais em Design

 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

* Esta unidade curricular centra-se na compreensão e prática da metodologia de Design Sprint e métodos de Design Centrados no Utilizador, assumindo a forma de fórum de discussão, por vezes numa abordagem PBL: "Problem-Based Learning" e monitorização de projetos dos estudantes que estarão enquadrados nos contextos de Investigação e Desenvolvimento em que o docente se encontra a trabalhar.

* A UC assume a parceria em diferentes contextos da Universidade do Porto (Laboratórios; Unidades; Projectos de Doutoramento) e respectivos intervenientes (outros professores e investigadores) onde o docente participa em I&D, permitindo aos alunos o contacto com diferentes realidades académicas e investigativas, motivando-os depois a optar por um dos contextos para apresentar uma proposta de trabalho, com entregáveis do projecto agendadas com a respectiva equipa de I&D.  

Matérias:

  • Exposição e implicações da metodologia de Design Sprint centrado no utilizador;

  • Exposição de Métodos de Design Centrados no Utilizador, identificação da sua tipologia, caraterísticas e aplicabilidade em diferentes contextos e fases projetuais;

  • Estruturação analítica de um projeto: "Work Breakdown Structure" (WBS).
    Identificação das fases, tarefas, objetivos (milestones), entregáveis (deliverables);

  • Cronograma Gantt: Dependências, caminho crítico (Critical Path);
      
  • Aplicação dos pontos anteriores às práticas projetuais dos estudantes, nos projetos de I&D apresentados.

Bibliografia Obrigatória

Dubberly, Hugh, ed.; How Do You Design? – a Compendium of Models, Dubberly Design Office, 2005
Lupton, Ellen; Graphic Design Thinking: Beyond Brainstorming, Princeton Architectural Press, 2011
NOBLE, Ian; BESTLEY, Russel; Visual Research - An introduction to research methodologies in graphic design, Ava Academia, 2005

Bibliografia Complementar

Ambrose, Gavin, & Harris, Paul; Basics Design 08: Design Thinking, AVA Publishing SA, 2009
AUDREY, Bennett; Design Studies: Theory and Research in Graphic Design - A Reader, Princeton Architectural Press, 2006
Boden, Margaret A.; The Creative Mind: Myths and Mechanisms, Psychology Press, 2004
Merton, R K, E Barber, and J L Shulman; The Travels and Adventures of Serendipity: a Study in Sociological Semantics and the Sociology of Science, Princeton University Press, 2011
Van Andel, Pek; Anatomy of the Unsought Finding. Serendipity: Orgin, History, Domains, Traditions, Appearances, Patterns and Programmability, The British Journal for the Philosophy of Science, 1994
Weinschenk, Susan; 100 Things Every Designer Needs to Know About People, Pearson Education, 2011

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Exposição, análise e discussão de materiais relevantes de natureza teórica e teórico-prática de forma a instituir um fórum de discussão permanente e o estabelecimento de fluxos transversais de informação no âmbito do grupo de trabalho.

A colocação em prática da ideia de laboratório como local de experimentação, operação e transformação, desenvolvendo, de forma colectiva, projetos de carácter teórico e teórico-prático visando implementar conteúdos científicos e metodologias de investigação em design.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 10,00
Trabalho laboratorial 45,00
Trabalho prático ou de projeto 45,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Frequência das aulas 30,00
Trabalho laboratorial 15,00
Elaboração de projeto 15,00
Estudo autónomo 21,00
Total: 81,00

Obtenção de frequência

Classificação final igual ou superior a 10 valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

* As classificações finais serão calculadas a partir da média ponderada das avaliações dos exercícios, e da sua articulação com uma avaliação qualitativa da assiduidade e participação dos discentes nas aulas e demais atividades letivas;

* Os projetos não entregues serão classificados com 0 (zero);

* Os projetos não acompanhados não serão motivo de avaliação;

* Todos os projetos entregues fora dos prazos estabelecidos serão penalizados na sua classificação em 20%.

* A falta de assiduidade em mais de 25% das aulas será motivo de reprovação.

* Considerando a abordagem formativa e de avaliação distribuída, a UC não é passível de uma avaliação em momento único. 

Melhoria de classificação

Considerando a abordagem formativa e de avaliação distribuída, a UC não é passível de uma avaliação em momento único. 

A melhoria da classificação poderá ser realizada pela frequência da UC no ano letivo posterior.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2020-07-04 às 23:49:07 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais