Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > PCS500

Processos Construtivos e Subtrativos

Código: PCS500     Sigla: PCS

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Artes Plásticas

Ocorrência: 2015/2016 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Artes Plásticas
Curso/CE Responsável: Artes Plásticas

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
AP 8 Plano de estudos oficial 2011 2 - 4,5 64 121,5
3
4

Docência - Horas

Teorico-Prática: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 4,00
Susana Maria Clemente dos Santos Piteira 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Promover o confronto com as matérias através de práticas escultóricas de caráter Subtrativo, Aditivo e Construtivo, descobrindo as diferenças conceptuais na aplicação dos diversos processos técnicos implicados.
Entender a relação de um processo técnico específico de transformação da matéria com a linguagem plástica e expressiva obtida com o trabalho final.


Resultados de aprendizagem e competências

Estar familiarizado com metodologias e processos de realização da escultura, conhecer as características físicas e mecânicas do materiais, ter disponibilidade para experimentar novos processos tecnológicos e ter capacidade para concretizar os projetos enunciados.

Consolidar o saber da tecnologia ou das tecnologias envolvidas no desenvolvimento dos projetos enunciados, potenciando uma linguagem formal individual.

Conhecer as mudanças tecnológicas e seus consequentes processos no contexto histórico, compreendendo as suas implicações nos diferentes resultados do objeto escultórico.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. As matérias
1.1. O metal
1.2. A madeira
1.3. A pedra

2. O Processo Subtrativo
2.1. Estrutura física e mecânica das matérias com vocação subtrativa
2.2.O talhe, a fratura, o seccionamento e outros processos subtrativos
2.3. Modulação e deformação de uma secção de corte
2.4. Tratamento de superfícies, por desgaste
2.5. O processo e a sua relação com a volumetria

3 O Processo Construtivo
3.1. Estrutura física e mecânica das matérias com vocação construtiva
3.2. Volumetrias processadas por aglutinação, associação, justaposição
construção e assemblagem;
3.3. Modelação
3.4. O processo na relação da forma com os componentes volumétricos

4. Forma edificada/construída e corpo
4.1. Noção de escala e a noção de proporção
4.2. A expansão de um volume no espaço
4.3. A relação do interior com o exterior
4.4. A potencialidade sensorial e táctil de um material

5. Casos Estudo

Bibliografia Obrigatória

AA.VV.; Qu’est-ce que la sculpture moderne? , Paris: Centre Georges Pompidou / Musée national d’art modern, 1986
AA.VV.; La Madera, Barcelona: Editorial Blume, 1978
AA.VV.; Rodin y la revolución de la escultura. De Camille Claudel a Giacometti, Fundació “La Caxia, 2006
AA.VV.; Sculpture: From Antiquity to the Present day, Taschen, 2002
CAMÍ, J. T. & SANTAMERA, J. C. ; La talla. Escultura en Madera, Editorial Estampa, 1997
HUGHES, A. & ERICH ; The Language of Sculpture, Thames and Hudson, 1974
LAMBERT, M.F; Acerca das tendências da Escultura Portuguesa actual, Santa Maria da Feira: Museu Municipal / CMSMF., 1996
PLOWMAN, J. ; The Encyclopedia of Sculpting Tecniques: A compreensive visual guide to traditional and contemporary tecniques, New YorK: SR, 2003
SANTAMERA, C. ; A Escultura em Pedra: A técnica e a Arte da Escultura em Pedra explicadas com rigor e clareza, Editorial Estampa, 2001

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

As horas de trabalho do 2º Semestre nesta Unidade Curricular são organizadas da seguinte forma:
Horas de Contacto Semestral (HCS), distribuídas por aulas teóricas e aulas teórico-práticas.

As aulas teóricas caracterizam-se pela apresentação e explanação dos conteúdos programáticos.

As aulas teórico-práticas destinam-se:
À concretização, desenvolvimento e exploração dos conteúdos e dos exercícios;
À análise, à crítica e à avaliação conjunta dos resultados obtidos.

As restantes HTS são utilizadas no desenvolvimento e aprofundamento da prática implicada, a partir dos enunciados específicos para e exploração de conteúdos.
Serão objeto de estudo visitas a exposições e locais de interesse para a disciplina, a participação em seminários, workshops, assim como outras atividades que possam convergir para o apoio ao desenvolvimento dos objetivos desta Unidade Curricular.
Neste contexto, a cada discente, é também solicitada a organização de um diário de registo do trabalho desenvolvido durante todo o Semestre, em suporte papel e em suporte digital.

Os alunos que assim o desejarem, poderão ainda, produzir um diário objeto, que supere a sua dimensão documental e se constitua como um complemento aos trabalhos e projetos desenvolvidos na Unidade Curricular.

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Participação presencial 100,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

A avaliação é contínua sem prejuízo de combinação com outras modalidades de avaliação.
A presença assídua às aulas deve assegurar informação qualitativa e quantitativa a qualquer momento, independentemente dos períodos fixados para a avaliação.
A docente fará um registo de presenças de cada aluno.
A informação qualitativa e quantitativa referida é assegurada através do desenvolvimento regular dos trabalhos práticos e do respetivo enquadramento de reflexão teórica bem como da sua discussão.
São fatores de avaliação/classificação final: a participação efetiva presencial do aluno(a) nos espaços de aula/oficina; o desempenho e a capacidade de concretização ao nível da técnica; a capacidade de experimentação e de abertura para o risco; a qualidade do trabalho concluído; o diário de registo do trabalho desenvolvido durante todo o Semestre, em suporte papel e em suporte digital; a investigação e o desenvolvimento dos conteúdos teóricos.

A obtenção de frequência é obtida a com classificação final igual ou superior a 10 (dez) valores.

Fórmula de cálculo da classificação final

Frequência assídua e cumprimento do estabelecido no Programa da UC.

Provas e trabalhos especiais

Os alunos poderão optar pelo desenvolvimento de um exercício único ou de vários exercícios a partir do qual ou a partir dos quais possam trabalhar as práticas escultóricas de caráter Subtrativo, Aditivo e Construtivo, descobrindo as diferenças conceptuais na aplicação dos diversos processos técnicos implicados, tendo em conta a vocação formal das matérias e dos materiais, assim como o conceito de escala.
No caso dos alunos que optem por um único exercício, devem os mesmos, nesse trabalho desenvolver questões relativas às matérias e materiais de índole subtrativa ou às matérias e materiais de índole aditiva, aos conceitos de construção e assemblagem. Em ambos os casos, a noção de escala deve ser trabalhada.
Todos os discentes realizarão um pequeno trabalho/texto de reflexão que através das suas motivações, projeto(s) desenvolvido(s) e resultados obtidos, possa demonstrar de que forma a unidade curricular se desenvolveu e eventualmente respondeu às suas expectativas.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

De acordo com o regulamento

Melhoria de classificação

Sob frequência da UC no ano seguinte.

Observações

O atendimento aos alunos será à quinta-feira das 18h às 20h, no Pavilhão de Madeira, ou noutros locais que se verifiquem oportunos, de acordo com os espaços nos quais os trabalhos se venham a desenvolver e sob combinação prévia.

Para além da presente bibliografia, serão facultados e entregues em complementaridade, mais títulos de obras durante o decurso das aulas, de forma a responder às necessidades específicas de apoio ao desenvolvimento dos trabalhos individuais de cada aluno.
Parte dos livros e documentos mencionados e a utilizar estão digitalizados e podem ser solicitados na Biblioteca da FBA-UP, no âmbito da Unidade Curricular de Processos Construtivos e subtrativos.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-19 às 16:35:52 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais