Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > HA101

História da Arte I

Código: HA101     Sigla: HAI

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Ciências da Arte

Ocorrência: 2015/2016 - 1S Ícone do Moodle

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Ciências da Arte e do Design
Curso/CE Responsável: Artes Plásticas

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
AP 106 Plano de estudos oficial 2011 1 - 3 34 81
DC 58 Licenciatura em Design de Comunicação 1 - 3 34 81

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria José Goulão Machado Regente

Docência - Horas

Teórica: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teórica Totais 1 2,00
Maria José Goulão Machado 2,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Esta disciplina destina-se a fornecer aos alunos dos vários cursos da FBAUP um espaço de reflexão comum sobre a arte, enquanto componente de sistemas culturais que se foram modificando ao longo dos tempos e que diferem nas várias civilizações que lhes deram origem. Deste modo, o programa da disciplina será estruturado à volta de grandes temáticas, capazes de suscitar o confronto e o diálogo entre alunos com experiências e motivações muito diferentes. A disciplina cobre um longo período histórico, que deu origem a magníficas produções artísticas que tiveram um papel fundamental no desenvolvimento da consciência ocidental. A abordagem será simultaneamente histórica e temática, pretendendo fornecer aos alunos os instrumentos de análise fundamentais para o estudo e apreciação da arte medieval, tanto no seu contexto sócio-histórico original, como quanto à sua importância e significado universal. Procurar-se-á fomentar o interesse pela leitura de textos da época e de estudos e ensaios, e desenvolver as capacidades de entendimento das imagens, fornecendo aos alunos utensílios para observar e interpretar o objecto artístico. O confronto com obras de arte, temas e questões essenciais à história da arte, permitirá a cada aluno tecer a sua própria base de reflexão.

Resultados de aprendizagem e competências

A partir de algumas obras maiores e de outras menos divulgadas da história da arte ocidental, procurar-se-á dotar os alunos de uma linguagem crítica comum, dando especial relevo à importância do contexto histórico e cultural e da análise formal, de modo a que estas obras permitam igualmente compreender certas práticas contemporâneas. São essenciais a aquisição de um vocabulário técnico, de conceitos e de conhecimentos básicos fundamentais para o estudo da história da arte, bem como o desenvolvimento do espírito crítico e das capacidades de percepção visual e comparativa na análise da obra de arte, enquanto objecto artístico, estético e histórico.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

1. Breve introdução à disciplina da História da Arte. A “invenção” da arte. O surgimento do actual sistema das artes e a crítica e falência deste modelo. 2. A Europa medieval. Arte e cultura visual entre 900 e 1400. 2.1. Os mundos da arte. A sociedade medieval. A prática artística. 2.2. Arte e poder. Comunicação visual. A palavra e o gesto. O mosteiro. As ordens religiosas medievais: vontade de ascetismo e vontade de ostentação. As peregrinações e o culto das relíquias. 2.3. Vida e morte: as representações do Paraíso e do Inferno. 2.4. As práticas devocionais entre 1200 e 1400. As catedrais como foco da devoção pública. O sentido do espaço. A cor e a luz celestial. A representação da natureza. As novas representações do sagrado: o culto mariano; o corpo de Cristo. 2.5. A imagem e o conhecimento. Outros mundos: a alteridade. 2.6. A esfera da morte. A arte funerária e a preservação da memória. A consciência da morte individual. Os temas macabros. 2.7. A esfera do profano. O prazer. As representações do corpo. A beleza transitória e a morte. Paródia e humor: as obscenidades e a arte “marginal”. 2.8. Artes decorativas e cultura material. Os fenómenos de gosto e a recepção das obras de arte: laicização e vulgarização da arte nos finais da Idade Média. Os espaços profanos.

Bibliografia Obrigatória

Camille, Michael; Gothic Art: Visions and Revelations of the Medieval World, Calmann and King, 1996
Camille, Michael; The Gothic Idol – Ideology and Image-Making in Medieval Art, Cambridge University Press, 1989
Camille Michael; Image on the edge. ISBN: 0-948462-28-0
Camille, Michael; The Medieval Art of Love, Calmann and King, 1998
Davies Glyn e Kennedy Kirstin; Medieval and Renaissance Art: People and Possessions, Victoria & Albert Publishing, 2009
Duby Georges; A Idade Média. ISBN: 972-564-284-8
Duby Georges; O tempo das catedrais
Farago, France; A arte, Porto Editora, 2002
Frontisi, Claude; Historia visual del arte, Larousse, 2005
Gombrich E. H.; A história da arte
Harris, Jonathan; Art History: The Key Concepts, Routledge, 2006
Hartt Frederick; Art. ISBN: 0-8109-1884-6
Honour Hugh; Historia mundial del arte. ISBN: 84-460-2092-0
Kemp, Martin ; História da Arte no Ocidente, Verbo, 2006
Kemp Martin 340; The Oxford history of western art. ISBN: 0-19-860012-7
Le Goff, Jacques e Truong, Nicholas; Uma história do corpo na Idade Média, Teorema, 2005
Lucie-Smith Edward; L. érotisme dans l.art occidental
Lucie-Smith, Edward; Sexuality in Western Art, Thames & Hudson, 1991
Onians John; Atlas mundial del arte. ISBN: 84-9801-040-3
Pointon, Marcia; History of Art. A Student’s Handbook, Routledge, 1997
Sekules, Veronica; Medieval Art, Oxford University Press, 2001
Shiner Larry; The^invention of art. ISBN: 0-226-75343-3
Stokstad Marilyn; Art history. ISBN: 0-8109-1960-5
Weir Anthony; Images of lust. ISBN: 0-415-151-56-2
Williams Robert; Art theory. ISBN: 1-4051-0707-3 35.68
D’Alleva, Anne; Methods and Theories of Art History, Lawrence King, 2005
Gowing Lawrence 340; A^History of art. ISBN: 1-85627-758-5
D.Alleva Anne; Look!. ISBN: 0-13-174505-0

Observações Bibliográficas

Unfortunately, due to budget cuts, some books were not yet purchased for the library of FBAUP.

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas de exposição dos temas, acompanhadas de material audiovisual, de acordo com a especificidade da Unidade Curricular em causa. Os estudantes devem acompanhar sistematicamente as aulas e consultar a bibliografia disponível em cada sumário, que complementa e desenvolve a informação ministrada. As leituras e pesquisas individuais consideram-se parte fundamental do processo de aprendizagem.

Palavras Chave

Humanidades > História > História da arte
Humanidades > Artes > Artes visuais

Tipo de avaliação

Avaliação por exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Exame 100,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 28,00
Frequência das aulas 28,00
Total: 56,00

Obtenção de frequência

O cumprimento da assiduidade por parte dos estudantes será verificado em todas as aulas através de um registo de presenças, que se destina a fins estatísticos e de controlo interno. Atendendo às condições concretas de funcionamento desta Unidade Curricular (um elevadíssimo número de estudantes inscritos e uma única docente, o que dificulta um controlo rigoroso das presenças e a exclusão dos estudantes não-cumpridores), a assiduidade, embora muito importante, não constitui um pré-requisito para a avaliação. Não obstante, considera-se imprescindível a presença dos estudantes nas aulas, dado que a realização da prova final pressupõe o conhecimento aprofundado dos conteúdos ministrados e discutidos semanalmente.

Fórmula de cálculo da classificação final

A classificação final corresponde à classificação obtida na prova de exame final. Este consta exclusivamente de uma prova escrita. A realização do exame supõe o conhecimento aprofundado dos diferentes conteúdos programáticos ministrados nas aulas, bem como da bibliografia indicada como obrigatória. Os critérios de avaliação das provas são os seguintes: Rigor científico e conceptual; adequação da resposta ao problema colocado; conhecimentos específicos demonstrados; clareza da estrutura da resposta e do discurso escrito.

Provas e trabalhos especiais

Não são permitidas quaisquer provas ou trabalhos especiais.

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Exame final.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação final efectua-se exclusivamente por exame, conforme consta no RREA.

Observações

Horário de atendimento: 3ª feira, das 9h30 às 11h30; sujeito a marcação prévia, devido ao elevado número de estudantes inscritos.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-05-19 às 10:20:49 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais