Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > LV102

Laboratório de Vídeo

Código: LV102     Sigla: LV

Ocorrência: 2008/2009 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Pintura
Instituição Responsável: Faculdade de Belas Artes

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
DC 34 Licenciatura em Design de Comunicação 2 - 4,5 -
3
4

Docência - Horas

Teorico-Prática: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Teorico-Prática Totais 1 4,00
Vitor António dos Reis de Almeida 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Pretende-se que a disciplina seja uma aproximação às práticas audiovisuais contemporâneas e à história do cinema e video. O desenvolvimento de projectos é orientado, por um lado, para a iniciação na aprendizagem técnica e tecnológica audiovisuais, mas também, por outro, para a experimentação num sentido mais amplo da cultura video-cinematográfica, justificando abordagens de complementaridade curricular.
Esta aprendizagem da prática video-cinematográfica desenrola-se percorrendo as três fases que caracterizam essencialmente a concepção e a realização de um objecto audiovisual: a pré-produção, a produção e a pós-produção.

Procura-se obter do aluno uma atitude criativa , crítica e consciente das potencialidades e limites dos media utilizados, assim como dos elementos constituintes da video-cinematografia.

Tendo como princípio que o video é um trabalho colectivo com um objectivo comum é estimulado o trabalho de equipa e por conseguinte a distribuição de funções; ao mesmo tempo a partilha de esforços e a afirmação da individualidade.

Programa

Aspectos fundamentais na aproximação ao discurso audiovisual. As artes figurativas, sonoras e verbais como constituintes da video-cinematografia. A ficção e o documentário como perspectivas estruturantes na abordagem do imaginário e do real.

1. Concepção e realização
Pré-produção, produção e pós-produção
A escrita cinematográfica
Gramática fílmica, montagem e a continuidade

2. Aspectos técnicos e tecnológicos
A aprendizagem da câmara, a luminância e a crominância
A escala de planos, os movimentos no espaço e os movimentos ópticos
Registo e tratamento sonoro
Manuseamento de sistemas de edição video e audio
A edição como técnica narrativa video-cinematográfica

3. Análise do video e do cinema
Plano sequência
Dramaturgia da luz e da cor
Mise-en-scéne no espaço e no tempo
Montagem, continuidade, campo e contra-campo
Pontuação e abstracção
Narrativa em mosaico e paralela
Narrativa linear e narrativa não-linear
Narrativa sincrónica e assincrónica

4. História do video e do cinema
Documentário e ficção (narrativas no tempo e no espaço)
Da estabilização da gramática de cinema às vanguardas video-cinematográficas:
Cinema mudo e o cinema clássico
Cinema e video de autor
Videoclips de música
Motion Graphics

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Descrição Tipo Tempo (Horas) Peso (%) Data Conclusão
Participação presencial (estimativa) Participação presencial 56,00
Total: - 0,00

Observações

Os projectos são desenvolvidos respeitando, na medida do possível, os diferentes graus de domínio técnico nos audiovisuais e a diversidade do aprofundamento cultural nas áreas do cinema e video dos discentes, uma vez que a frequência é possível para alunos de todos os anos curriculares.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z  I Livro de Visitas
Página gerada em: 2022-01-19 às 02:09:21 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais