Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: José Teixeira Lopes

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

José Teixeira Lopes

Fotografia de José Teixeira Lopes José Teixeira Lopes
1872-1919
Arquiteto



Casa-museu José Teixeira LopesJosé Joaquim Teixeira Lopes Júnior nasceu no Porto, na freguesia de Santo Ildefonso, em 28 de janeiro de 1872. Era filho do ceramista e escultor José Joaquim Teixeira Lopes e de Raquel Pereira Meireles Teixeira Lopes e irmão do escultor António Teixeira Lopes.

Em 1885 inscreveu-se na Escola de Belas Artes do Porto, tendo terminado o 5.º ano de Arquitetura durante o ano letivo de 1891-1892 e, ao mesmo tempo, o 5.º ano de Desenho Histórico.

Em 1892 partiu para Paris a fim de aperfeiçoar os estudos. Aí encontrou o irmão e preparou-se para o concurso das "Beaux-Arts" na oficina de Blondel, também frequentada por Adães Bermudes.

Túmulo de Almeida GarrettRegressou ao País em 1897. Deste ano em diante trabalhou em Portugal e no Brasil. Entre as suas obras podem citar-se a Casa-museu Teixeira Lopes (1898), em Vila Nova de Gaia; o Instituto Moderno (1915), na Quinta da Bela-Vista, em S. Roque da Lameira, premiado pela Câmara Municipal do Porto; o projeto da sede do Banco de Portugal, no Porto, elaborado com Ventura Terra; o plano de urbanização da estância balnear de Miramar, em Vila Nova de Gaia; e a construção de múltiplas casas de praia. É-lhe, também, atribuída a autoria do Palacete Neomanuelino localizado entre a Avenida Brasil e a Rua de Gondarém, na Foz do Douro, conhecido como Casa do Relógio, edificado para Artur Jorge Guimarães, e de uma casa bancária na Praça de Almeida Garrett, no Porto. Na sua obra, destacam-se, ainda, os trabalhos realizados em colaboração com o seu irmão António Teixeira Lopes no arranjo do atual Museu Militar (Lisboa, 1895-1908), no túmulo de Almeida Garrett, e no mausoléu de Oliveira Martins no Cemitério dos Prazeres, em Lisboa.

Palacete Neomanuelino de Nevogilde, atribuído a José Teixeira LopesJosé Joaquim Teixeira Lopes Júnior associou-se à Sociedade de Belas Artes do Porto, fundada em 1906, que ajudou a dirigir. Em 1908, a revista intitulada "A Architectura Portuguesa" englobou Teixeira Lopes Júnior, juntamente com Ventura Terra, Adães Bermudes e Marques da Silva, no "movimento arquitetónico moderno" da Escola do Porto, considerando-o como um dos responsáveis pela reconstituição da "Casa Portuguesa", a par de Raul Lino.

O Arquiteto, que faleceu em 1919, foi casado com a pintora e professora Ernestina Teixeira Lopes.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2018-02-08 Página gerada em: 2019-01-23 às 10:10:42