Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Hoje é domingo
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Docentes e Estudantes da 1ª Faculdade de Letras da Universidade do Porto: Aarão Soeiro Moreira de Lacerda

Memória U.Porto

Docentes e Estudantes da Primeira Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Aarão Soeiro Moreira de Lacerda


Fotografia de Aarão Soeiro Moreira de Lacerda

1890-1947
Professor Universitário, Historiador de Arte, Musicólogo e Escritor



Filho do Dr. Aarão Ferreira de Lacerda, professor da Academia Politécnica e da Faculdade de Ciências do Porto, nasceu a 23 de Fevereiro de 1890 na cidade do Porto. Habilitado, com distinção, com o bacharelato em Direito pela Universidade de Coimbra, abriu um escritório no Porto ao reconhecer a sua predileção pelas Letras. Ainda enquanto estudante fundou a revista literária "Dionysos" e organizou, em conjunto com outras figuras artísticas do Porto, a primeira exposição de "Modernistas e Humoristas", em 1915.

De regresso à Universidade de Coimbra, cursou Ciências Histórico-Filosóficas na Faculdade de Letras, tornando-se um dos discípulos prediletos de Joaquim de Vasconcelos, que o chegou a propor para seu sucessor na cadeira de Arqueologia, ideia que não foi possível concretizar devido à sua condição de estudante. Igualmente por recomendação do mestre foi admitido como seu sucessor na Escola de Belas Artes do Porto, regendo provisoriamente a cadeira de História da Arte desde 1918. Neste ano tornou-se um dos fundadores da Sociedade Portuguesa de Antropologia e Etnologia, a par de José Ferreira, Mendes Correia e Luís Viegas.

Em 1921, por morte do Dr. Teixeira de Carvalho, foi convidado pela Faculdade de Letras de Coimbra para assumir a cadeira anexa de Estética e História da Arte (3.ª Secção), convite que declinou após equivalente proposta da 1.ª Faculdade de Letras do Porto; tomou posse deste lugar a 4 de Janeiro de 1922. Já em exercício da carreira académica docente, apresentou-se às provas de licenciatura do curso em Coimbra, conquistando a classificação de 19 valores. Exerceu funções na Faculdade de Letras da Universidade do Porto até ao seu encerramento a 31 de Julho de 1931, onde lecionou, também, as cadeiras de Arqueologia e História Geral de Civilização. Em 19 de Abril de 1926 foi-lhe conferido o grau de Doutor em Letras – Ciências Históricas.

Nos anos seguintes dedicou-se em exclusivo ao ensino na Escola de Belas Artes do Porto, na qualidade de professor efetivo do 8.º Grupo, regendo as cadeiras de História Geral da Arte, Arqueologia Artística Geral e Arqueologia Artística Portuguesa. Por Portaria de 23 de Outubro de 1939, foi nomeado diretor dessa Escola. Em 1944, aceitou o convite para lecionar a cadeira de Acústica e História da Música no Conservatório de Música do Porto.

Aquando da morte do Prof. Virgílio Correia, em 1945, o Dr. Aarão de Lacerda apresentou-se a provas públicas para provimento da cadeira de Estética e História da Arte na Faculdade de Letras de Coimbra. Obtida a indispensável aprovação, dedicou-se a lecioná-la em regime de exclusividade até ao seu falecimento, ocorrido em 7 de Setembro de 1947, na Curia.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2008)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-21 Página gerada em: 2018-12-16 às 04:09:55