Go to:
Logótipo
Você está em: Start > Publications > View > Rugby em cadeira de rodas em Portugal: Motivação e necessidades básicas psicológicas dos praticantes
Map of Premises
Ed. Principal Ed. Principal Ed. Principal
Publication

Rugby em cadeira de rodas em Portugal: Motivação e necessidades básicas psicológicas dos praticantes

Title
Rugby em cadeira de rodas em Portugal: Motivação e necessidades básicas psicológicas dos praticantes
Type
Thesis
Year
2020-12-17
Authors
Fábio Daniel Moreira
(Author)
FADEUP
View Personal Page You do not have permissions to view the institutional email. Search for Participant Publications Without AUTHENTICUS Without ORCID
Scientific classification
FOS: Social sciences > Other social sciences
Other information
Resumo (PT): O Rugby em cadeira de rodas é uma modalidade paralímpica que foi, recentemente, introduzida em Portugal e onde é evidente uma reduzida adesão à prática. Nesse sentido é fundamental identificar os fatores psicológicos que podem interferir na iniciação e manutenção da prática nesta modalidade. O objetivo do presente estudo foi identificar os níveis de motivação e de satisfação das necessidades psicológicas básicas dos atletas de Rugby em cadeira de rodas ao nível nacional. Para além disso, pretendeu-se descrever os principais motivos e barreiras relacionados com a prática desta modalidade. A amostra foi constituída por 12 atletas com deficiência motora e idades compreendidas entre o 33 e 49 anos de idade (M=41.8; DP=5.70). Os participantes preencheram em formato on-line um questionário sociodemográfico com o propósito de caracterizar a amostra, a versão portuguesa do Behavioral Regulation in Exercise Questionnaire 2 que avalia as regulações motivacionais e a versão portuguesa do Basic Psychological Needs in Exercise Scale que avalia a satisfação das necessidades psicológicas básicas (autonomia, competência e relacionamento). Os atletas de Rugby em cadeira de rodas apresentaram níveis elevados de motivação autónoma para a prática e elevada satisfação das necessidades psicológicas básicas, com especial ênfase para a dimensão Relacionamento. Relativamente aos motivos para a iniciação à modalidade, verificou-se o contacto através de situações de demonstração e o convite por terceiros para experimentar a modalidade. Por outro lado, os motivos para a manutenção da prática estavam relacionados com a possibilidade futura de envolvimento num contexto competitivo. Por último, importa destacar as barreiras e dificuldades ao nível organizativo que os atletas desta modalidade têm de enfrentar relacionados com o número reduzido de praticantes ao nível nacional e escassez de oportunidade de prática e competição. No entanto, os resultados obtidos são muito positivos pois apontam para um caminho de continuidade em relação à prática do Rugby em cadeira de rodas.
Abstract (EN): Wheelchair rugby is a Paralympic sport that was recently introduced in Portugal. Currently, a reduced adherence to the practice is evident. In this sense, it is essential to identify the psychological factors that can interfere in the initiation and maintenance of the practice in this sport. The aim of the present study was to identify the levels of motivation and satisfaction of the basic psychological needs of wheelchair rugby athletes at national level. In addition, it was intended to describe the main reasons and barriers related to the practice of this sport. The sample consisted of 12 athletes with physical disability ranging in age between 33 and 49 years old (M=41.8; SD=5.70). Participants filled out a sociodemographic questionnaire in order to characterize the sample; the Portuguese version of the Behavioral Regulation in Exercise Questionnaire 2 which evaluates motivational regulations; and the Portuguese version of the Basic Psychological Needs in Exercise Scale which evaluates the satisfaction of basic psychological needs (autonomy, competence and relatedness). Wheelchair rugby athletes showed high levels of autonomous motivation for the practice and high satisfaction of basic psychological needs, with special emphasis on the Relatedness dimension. Regarding the reasons for starting the sport, demonstrations and the invitation by third parties to try the sport were highlighted. The reasons for maintaining the practice were related to the future possibility of involvement in a competitive context. Finally, it is important to highlight the barriers and difficulties at the organizational level that athletes of this sport face, namely the reduced number of practitioners at national level and the scarcity of opportunities for practice and competition. However, the results obtained are very positive because they point to a path of maintenance in relation to the practice of wheelchair rugby.
Language: Portuguese
Documents
We could not find any documents associated to the publication.
Recommend this page Top
Copyright 1996-2022 © Faculdade de Desporto da Universidade do Porto  I Terms and Conditions  I Acessibility  I Index A-Z  I Guest Book
Page created on: 2022-05-27 at 05:23:12