Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Professores Eméritos - Maria de Sousa

Memória U.Porto

Professores Eméritos da Universidade do Porto

Maria de Sousa

Fotografia de Maria de Sousa / Photo of Maria de Sousa Maria de Sousa
1939-2020
Professora universitária e imunologista



Maria Ângela Brito de Sousa nasceu em Lisboa em 1939.

Em 1963 concluiu a licenciatura em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa.

No início da carreira académica foi Leitora na Universidade de Glasgow (Escócia), onde fez o doutoramento em Imunologia. Já nos E.U.A. foi Professora Associada na Escola de Estudos Pós-Graduados de Cornell Medical College e, em simultâneo, Membro Associado e Diretora do Laboratório de Ecologia Celular no Memorial Sloan Kettering Cancer Center do Sloan Kettering Institute (SKI), em Nova Iorque.

Nesse período foi autora de artigos científicos de alcance internacional, tidos como fundamentais para a definição da estrutura funcional dos órgãos que constituem o sistema imunológico, entre os quais se destaca o consagrado à descoberta da área timo-dependente (1966), hoje conhecida universalmente por área T.

Seguidamente estudou o sistema imunológico em pacientes com uma doença genética de sobrecarga de ferro, a hemocromatose hereditária. Esta investigação conduziu-a ao Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, em 1985, para fundar o Mestrado em Imunologia.

Enquanto docente e investigadora da Universidade do Porto liderou (1996) a junção de três mestrados, resultante na criação do Programa Graduado em Biologia Básica e Aplicada (GABBA), o primeiro programa doutoral em Portugal; e constituiu uma inovadora equipa de investigação no campo da hemocromatose, dividida pelo ICBAS, o Hospital Geral de Santo António e o Instituto de Biologia Celular e Molecular (IBMC), uma das entidades que deu origem ao atual Instituto de Investigação e Inovação em Saúde, i3S, onde é investigadora honorária.

No Salão Nobre do edifício histórico da Reitoria da Universidade do Porto, a Professora Catedrática de Imunologia (1985-2009) proferiu a sua Última Aula, na sua jubilação em 2009, e, em 2010, foi-lhe atribuído o título de Professora Emérita da Universidade do Porto.

Maria de Sousa foi distinguida com o Bial Merit Award in Medical Sciences (1994), o Prémio Estímulo à Excelência, atribuído pelo Ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior (2004), o Prémio Universidade de Coimbra (2011), o Prémio Universidade de Lisboa (2017) e o Prémio Mina Bissel (2018).

Distinção pelo Presidente da República com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Santiago de Espada, 2016 / Distinction by the President of the Republic with the Grand Cross of the Military Order of Santiago de Espada, 2016Foi ainda condecorada com graus de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique- (1995), de Grande-Oficial da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada (2012) e com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant’Iago da Espada (2016).

Em 2018, juntamente com Corino de Andrade (1906-2005) e Nuno Grande, foi figura de destaque no ICBAS.

Morreu dia 14 de abril, nos cuidados intensivos do Hospital de S. José, vítima de COVID-19.
(Universidade do Porto Digital / Gestão de Documentação e Informação, 2018)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2020 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2020-04-14 Página gerada em: 2020-10-30 às 02:36:19