Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Professores Eméritos - Isabel Pires de Lima

Memória U.Porto

Professores Eméritos da Universidade do Porto

Isabel Pires de Lima

Fotografia de Isabel Pires de Lima / Photo of Isabel Pires de Lima Isabel Pires de Lima
1952-
Professora, escritora e política



Maria Isabel da Silva Pires de Lima nasceu a 17 de julho de 1952 em Braga, cidade onde viveu até aos 17 anos de idade.

Na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde cursou Filologia Românica (1974) e se doutorou em Literatura Portuguesa (1987), desenvolveu carreira de docente e investigadora.
Também se dedicou à política. Foi deputada da Assembleia da República (1999-2009), tendo na IX Legislatura representando a Instituição no Conselho Nacional de Educação, e foi Ministra da Cultura do XVII Governo Constitucional (de 12 de março de 2005 a 30 de janeiro de 2008).

É autora de cerca de 100 títulos publicados em revistas e jornais na área da crítica e dos estudos literários. Escreveu As Máscaras do Desengano – Para uma leitura sociológica de “Os Maias” de Eça de Queirós (1987), entre outras obras, coordenou Eça e “Os Mais” Cem anos Depois (1990), Lettres Européennes – Histoire de la Littérature Européenne (coordenação portuguesa, 1992) e Antero de Quental e o Destino de uma Geração (1993) e Sentido que a vida faz – Estudos para Óscar Lopes (co-coordenação, 1997).
Sobre Óscar Lopes produziu um documentário apresentado na Feira do Livro do Porto de 2005.

Especialista na obra do escritor Eça de Queirós (1845-1900) foi membro do Conselho Cultural da Fundação Eça de Queirós e responsável científica do Colóquio Internacional Eça de Queiroz – 150 Anos do Nascimento (Sintra/Fundação Eça de Queirós, 1995). Foi responsável científica do Encontro Neorealismo/Neorealismos (Câmara Municipal de Matosinhos/Casa-museu Abel Salazar, 1996) e comissária científica do I Encontro de Literaturas Ibero-Americanas, organizada pelo Instituto Camões, no âmbito da VIII Cimeira Ibero-Americana de Chefes de Estado e de Governo (1998).

Foi ainda júri de vários prémios literários, como o da V edição do Encontro de Escritores Correntes D’Escritas realizado na Póvoa de Varzim (2005).

Em 2010 foi agraciada com o título de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. No final de 2015 foi nomeada, juntamente com José Pacheco Pereira, membro do Conselho de Administração da Fundação de Serralves, pelo Ministro da Cultura, e, em 2016, recebeu o título de Professora Emérita da Universidade do Porto, ficando responsável pela promoção, nacional e internacional, das atividades do Centro de Estudo de Cultura Portuguesa.

Professora catedrática aposentada continua a dedicar-se aos estudos e divulgação da Literatura Portuguesa.
(Universidade do Porto Digital / Gestão de Documentação e Informação, 2016)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2018-11-12 Página gerada em: 2021-05-18 às 00:44:39