Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Doutores Honoris Causa pela U.Porto - Agustina Bessa-Luís

Memória U.Porto

Doutores Honoris Causa pela Universidade do Porto

Agustina Bessa-Luís


Fotografia de Agustina Bessa-Luís

Proposta: Faculdade de Letras
Data: 22 de março de 2005


Maria Agustina Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de outubro de 1922.

Desde cedo que experimentou uma grande paixão pela leitura e pela escrita. Após estreia literária em 1948, os seus livros despertaram a atenção de autores portugueses como Aquilino Ribeiro, Ferreira de Castro, Teixeira de Pascoaes e Vitorino Nemésio.

A produção literária de Agustina impressiona pela qualidade e pela quantidade e também pela variedade de géneros – escreveu romances, obras de teatro, biografias, contos, diálogos, memórias, crónicas, notas, comentários, ensaios, artigos, aforismos e a sua autobiografia. Reveladora de uma grande inteligência e de extrema sensibilidade, bem como do domínio da língua portuguesa e do conhecimento das paixões e comportamentos humanos, a sua obra tem por cenário o norte, onde escolheu viver. Várias das suas obras foram traduzidas para castelhano, francês, italiano, grego, alemão, dinamarquês e romeno e adaptadas ao cinema, por Manoel de Oliveira, e teatralizadas.

Agustina Bessa-Luís proferiu conferências em universidades portuguesas e estrangeiras. Representou Portugal no Rencontre Delourmarin, a convite da Faculdade de Letras e de Ciências Humanas de Aix-en-Provence, França, e da Fundação Laurent-Vibert (1959) e foi membro do Conselho Diretivo da Comunità Europea degli Scritori (Roma, 1961 e 1962) e da Alta Autoridade para a Comunicação Social (1990). Participou no III Encontro Mundial de Mulheres Jornalistas e Escritoras (Israel, 1973), no Congresso da Associação Internacional para a Cultura Ocidental (Roma, 1975), no LX Encontro Nacional de Professores Brasileiros de Literatura Portuguesa (Recife, 1982), no Encontro Nacional de Professores de Português (Georgetown University, 1984), na Conferência Internacional "Os Portugueses e o Mundo" (Porto, 1985), no Congresso "O Espaço Cultural Europeu", patrocinado pela Comunidade Europeia e o Parlamento Europeu (Madrid, 1985), no Congresso Internacional "As Fronteiras Culturais da Europa" (Palermo, 1996) e no Fórum Internacional para a Cultura da Paz pelas Mulheres Criadoras do Mediterrâneo (Rodes, 2000).

Dirigiu o diário portuense "O Primeiro de Janeiro" entre 1986 e 1987 e o Teatro Nacional D. Maria II entre 1990 e 1993.

Ao longo da sua carreira literária foi distinguida com numerosos e prestigiados galardões. Foram-lhe atribuídos os prémios "Delfim Guimarães" (1953), "Eça de Queirós" (1954), "Ricardo Malheiros" (edições de 1966 e 1977), "Nacional de Novelística" (1967), "Adelaide Ristori" (1975), "Pen-Club Português" (1980), "D. Dinis" (1981), "Cidade do Porto" (1982), "RDP-Antena1- Romance" (1988), "RDP" (1988), "Associação de Críticos" (1993), "Internazionale Unione Latina di Letterature Romanze" (1997), "Vergílio Ferreira" (2004) e "Camões" (2004). Foi, ainda, distinguida com o "Grande Prémio de Romance e Novela" em 1983 e 2001.

Agustina Bessa-Luís foi sócia da Academia das Ciências de Lisboa desde 1979 e da Academia Brasileira de Letras desde 1989 e membro titular da Académie Européenne des Sciences, des Arts et des Lettres de Paris (desde 1988). Era, também, grande-oficial da Ordem Militar de Santiago da Espada (1980) e Officier de l’Ordre des Arts et des Lettres de France (1989). A Universidade Lusíada conferiu-lhe o grau de Doutor honoris causa em 1999 e a Universidade do Porto, em 2005, em simultâneo com Eugénio de Andrade, por proposta da Faculdade de Letras.

Agustina Bessa-Luís foi homenageada em ocasiões sucessivas, em congressos e colóquios, nacionais e internacionais.

Afastada da vida pública, por motivos de saúde, desde 2006, faleceu a 3 de junho de 2019, aos 96 anos de idade.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2013)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2022 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2022-05-06 Página gerada em: 2022-10-03 às 16:03:51 Denúncias