Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Nuno Portas

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Nuno Portas

Fotografia de Nuno Portas Nuno Portas
1934-
Arquiteto, urbanista, professor e governante



Nuno Rodrigo Martins Portas, reputado arquiteto, professor e urbanista, nasceu em S. Bartolomeu, Vila Viçosa, a 23 de Setembro de 1934. É filho de Leopoldo Barreiro Portas e de Umbelina do Carmo das Neves Martins.

Fotografia de Nuno Teotónio PereiraEstudou arquitetura na Escola de Belas Artes de Lisboa e na Escola de Belas Artes do Porto, onde concluiu a licenciatura em 1959. Dois anos antes, tinha começado a trabalhar no atelier do arquiteto Nuno Teotónio Pereira, no qual se manteve até 1974.

Em 1958 associou-se à revista "Arquitectura", que veio a dirigir e na qual escreveu textos que lhe valeram o prémio Gulbenkian de Crítica de Arte, em 1963.

Entre os anos sessenta e setenta foi investigador do Laboratório Nacional de Engenharia Civil (1962-1974), onde coordenou o Núcleo de Pesquisa de Arquitetura, Habitação e Urbanismo.

Na qualidade de professor, lecionou a Cadeira de Projeto na Escola de Belas Artes de Lisboa (1965-1971) e, em 1983, transferiu-se para o curso de Arquitetura da Escola de Belas Artes do Porto, tendo participado na fundação da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Nesta Faculdade viria a assumir funções como Professor Catedrático, a partir de 1989. Atualmente, é Professor Jubilado.

Prémio Patrick Abercrombie 2005Durante o seu percurso docente presidiu ao Conselho Científico, criou um Centro de Estudos e lançou um Curso de Mestrado em Planeamento e Projeto do Ambiente Urbano.

Foi professor convidado da Escola Técnica Superior de Arquitetura de Barcelona, do Instituto de Urbanismo de Paris, da Universidade de Paris VIII, do Politécnico de Milão, da Universidade de Ferrara e da Universidade Federal do Rio de Janeiro. É membro da Comissão Científica Consultiva do Departamento de Arquitetura da Universidade do Minho.

Em 1974 assumiu o cargo de Secretário de Estado da Habitação e Urbanismo, que conservou durante os três primeiros Governos Provisórios. No exercício dessas funções, fomentou a criação de cooperativas de habitação e de gabinetes de apoio local (GAT), concebeu o Serviço de Apoio Ambulatório Local (SAAL) e desencadeou o processo conducente à adoção dos Planos Diretores Municipais. Mais tarde, em 1990, tornou-se Vereador do Pelouro do Urbanismo da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Como arquiteto, colaborou com Pedro Botelho, Pedro Vieira de Almeida, A. Pinto de Freitas, Bartolomeu Cabral, M. Aragão, Camilo Cortesão, José Luís Gomes e Mercês Vieira, para além de Nuno Teotónio Pereira.

Mapa do Campus Universitário de AveiroDesde os finais dos anos 70 e paralelamente às suas atividades como docente, governante e arquiteto, Nuno Portas tem-se dedicado ao Urbanismo, no país e no estrangeiro. Em Portugal foi consultor dos planos de ordenamento dos municípios do Vale do Ave, diretor do plano do campus universitário de Aveiro, responsável pelo primeiro Plano Geral da Expo 98 e dos termos de referência para o concurso de conceção e construção da área de Chelas, em Lisboa, e consultor de urbanismo no âmbito do centro histórico do concelho de Guimarães.

Livro A Arquitectura para HojeInternacionalmente, coordenou o Planeamento Intermunicipal de Madrid (1980-1983). Foi consultor do Plano Estratégico Metropolitano de Barcelona (1991-1992), do Plano de Ordenamento de Santiago de Compostela e das Nações Unidas e da União Europeia para as questões urbanísticas e de investigação. Com Oriol Bohigas, foi autor do Plano de Frente de Mar e Estação das Barcas (1997-2000) e do Plano de Recuperação da Zona Central (1995-2000) para o Rio de Janeiro. Participou, ainda, na elaboração de legislação urbanística em Cabo Verde.

Nuno Portas tem publicado múltiplas obras sobre Teoria da Arquitectura, História Crítica da Arquitectura e Urbanismo Contemporâneos e artigos em publicações periódicas relacionados com a sua vertente de cineclubista e de crítico de cinema, actividades às quais também se dedica.

Nuno Portas homenageado no Politécnico de MilãoRecentemente, foi distinguido com os títulos de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Aveiro e pelo Instituto Politécnico de Milão, com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique e com o Prémio Sir Patrick Abercrombie de Urbanismo da União Internacional de Arquitetos.

Nuno Portas é pai de três figuras mediáticas: os políticos Paulo e Miguel Portas, fruto do primeiro casamento com Helena Aires Trindade de Sacadura Cabral, e da jornalista/empresária Catarina Portas, do segundo casamento com Margarida Sousa Lobo.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-23 Página gerada em: 2017-06-23 às 14:39:06