Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Manuel Duarte Baganha

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Manuel Duarte Baganha

Fotografia de Manuel Duarte Baganha / Photo of Manuel Duarte Baganha Manuel Duarte Baganha
1922-2004
Economista e professor



Manuel Duarte Baganha, filho de Manuel Enes Baganha e de Maria José Duarte Baganha, nasceu na freguesia da Vitória, Porto, a 5 de dezembro de 1922.

Fez o Curso Complementar de Comércio (concluído em 1939) na Escola Comercial de Mouzinho da Silveira. Depois ingressou no Curso de Contabilista do Instituto Comercial do Porto, enquanto trabalhava na Empresa Electro Central Vulcanizadora. Em 1945, quase no final deste curso, começou a trabalhar na empresa MABOR – Manufactura Nacional da Borracha, como contabilista com a categoria de adjunto da direção.
Nos anos 40 e 50 frequentou os cursos do Centro de Estudos Económicos e Financeiros da Associação Comercial do Porto (1947-1953) e os Cursos de Literatura Portuguesa e História de Portugal, organizados pelo Centro de Estudos Humanísticos, anexo à Universidade do Porto (1947-1953).
Em 1953, já casado e com filhos, inscreveu-se na primeira licenciatura ministrada pela Faculdade de Economia da Universidade do Porto entre 1953 e 1958.

Tinha concluído o curso há 3 anos quando integrou o corpo docente da FEP ao ser contratado como 2.º assistente além do quadro (despacho publicado no Diário do Governo, 2.ª série, n.º 290, de 14 de dezembro de 1961).
Nesta Faculdade, onde lecionou durante mais de 3 décadas (1961-1993) – primeiro, como 2.º assistente além do quadro, depois, equiparado a professor auxiliar além do quadro, a seguir, como assistente além do quadro, professor auxiliar além do quadro e, por fim, professor catedrático convidado além do quadro -, desempenhou as funções de encarregado de curso (1970), de membro da Comissão de Reestruturação da Licenciatura em Economia (1977-1978) e de Presidente do Conselho Diretivo (1985-1992).

Na empresa MABOR, onde trabalhou até 1977, ascendeu, sucessivamente, aos cargos de economista, de diretor-geral e de encarregado da coordenação do Gabinete de Estudos. Depois dessa data passou a prestar serviços como economista, sobretudo como trabalhador independente, nas áreas da consultadoria económica e financeira.

Manuel Baganha deixou muitos trabalhos de investigação nos domínios da Contabilidade de Custos e de Cálculo de Custos, os quais têm contribuído decisivamente para a formação dos estudantes da FEP e de outras escolas onde também foi professor, como a Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa e o Centro Regional do Porto da Universidade Católica.

Manuel Baganha contribuiu para o desenvolvimento do ensino da Economia e da Gestão no nosso país devido ao papel que desempenhou na presidência de comissões de avaliação de cursos e licenciaturas e na formação e organização de diversas instituições na sua área de estudo. Entre estas contam-se a Ordem dos Economistas e a Ordem dos Revisores Oficiais de Contas (foi o primeiro presidente do Conselho Diretivo desta última, então chamada Câmara dos Revisores Oficiais de Contas), entre 1974 e 1975, assim como a Associação Portuguesa de Analistas Financeiros.

Participou nos movimentos associativo e cooperativo do Porto e foi um dos fundadores do Teatro Experimental do Porto. Foi presidente da Assembleia Municipal (entre 1990 e 2002) e membro da Associação dos Antigos Alunos da FEP.

Foi agraciado com o grau de Grande Oficial da Ordem de Mérito (1995) e da Ordem do Infante D. Henrique (1999) e homenageado pelo Centro Regional do Porto da Universidade Católica (1999).

Morreu a 14 de setembro de 2004.

Convite para a sessão de homenagem a figura eminente U.Porto 2015 / Invitation to homage of proeminent figure of UPORTO, 2015Em 2005 foi postumamente homenageado no Porto num evento organizado pela Ordem dos Revisores Oficiais de Contas, realizado no Salão Árabe do Palácio da Bolsa e pela Comissão de Toponímia da Câmara Municipal do Porto, que atribui o seu nome a um arruamento de Campanhã – “rua Professor Manuel Baganha – Economista 1922-2004”.
Em 2015 foi a Figura Eminente da U.Porto.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2014)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-08-16 Página gerada em: 2024-07-13 às 20:32:12 Denúncias