Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Hoje é domingo
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Fernando Fernandes

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Fernando Fernandes

Busto de Fernando Fernandes Fernando Fernandes
1924-1992
Escultor e professor



A Lógica e o Silogismo de Fernando FernandesFernando Fernandes nasceu em Braga a 11 de Abril de 1924.
Na sua cidade natal frequentou o Curso Industrial de Entalhador, na Escola Bartolomeu dos Mártires, que terminou com a classificação de catorze valores.

Em Outubro de 1942 inscreveu-se no Curso Especial de Pintura da Escola Superior Belas Artes do Porto que, em 1945, abandonou pelo Curso Especial de Escultura, concluído três anos depois.

Em 1949 ingressou no Curso Superior de Escultura. Neste mesmo ano exibiu uma obra abstracionista pioneira, intitulada "Dupla intenção".
Três anos mais tarde, em 1952, participou na exposição de Arte Moderna do SNI com a obra "Piet".

Como prova final para obtenção do diploma de curso apresentou "A Lógica e o Silogismo" (1953), considerada a primeira escultura abstrata a ser mostrada numa prova escolar e que obteve a classificação de dezanove valores.

Fotografia de Júlio ResendeApós a conclusão do curso frequentou a Escola de Belas Artes de Paris e a londrina Slade School of Art (1959-1960), onde lecionava o escultor britânico Reg Butler (1913-1981).

Durante o período parisiense (1946-1947) conviveu de perto com os escultores Manuel Pereira da Silva e Eduardo Tavares e com o pintor Júlio Resende.

Fernando Fernandes foi, também, bolseiro do Instituto da Alta Cultura e da Fundação Calouste Gulbenkian e representante de Portugal na II e V bienais de Arte Moderna de São Paulo, em 1953 e 1959, respetivamente.

No regresso a Portugal dedicou-se à produção de composições abstratas e expressionistas, que denotam motivações alegóricas e de inspiração literária. Aqui mostrou a sua arte e ensinou.

Participou no III Salão Nacional de Arte (1968) e na exposição "Arte Portuguesa dos Anos 50" (1993), decorridas ambas na Sociedade Nacional de Belas-Artes, em Lisboa. Até ao ano de 1974 lecionou a disciplina de Desenho no Liceu Camões, para cuja entrada esculpiu, em 1972, um busto do patrono.

Faleceu em 1992.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-29 Página gerada em: 2018-12-16 às 04:38:58