Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Observatório Astronómico do Professor Manuel de Barros

Memória U.Porto

U.Porto - Edifícios com história

Observatório Astronómico do Professor Manuel de Barros

Imagem da notícia sobre a construção do Observatório Astronómico (O Primeiro de Janeiro) / Image of the news of the The construction of the Astronomy ObservatoryO Observatório Astronómico do Professor Manuel de Barros, estabelecimento dependente da Faculdade de Ciências da U.Porto, foi criado em 1948 para dar resposta às necessidades dos estudantes de Matemática e de Engenharia Geográfica nas aulas de Astronomia. Ao longo do tempo têm sido desenvolvidas actividades de investigação e ensino nas áreas das Ciências da Terra, do Espaço e da Engenharia Geográfica.

O nome do Observatório ficou a dever-se a Manuel Gonçalves Pereira de Barros, professor da Faculdade de Ciências, que se empenhou em estabelecer um observatório na Universidade do Porto onde os estudantes pudessem dedicar-se ao estudo da Astronomia, o qual dirigiu até 1968. Ao Professor Ruy Luís Gomes, enquanto Director do Gabinete de Astronomia, coube a escolha do local para a sua implantação - a Alameda do Monte da Virgem, em Vila Nova de Gaia.

O edifício foi projectado pela Direcção dos Edifícios e Monumentos Nacionais, delegação do Norte do Ministério das Obras Públicas e a obra ficou concluída em 1957, assim como a instalação dos equipamentos necessários ao Observatório.

Em 19 de Abril de 1968 foi lavrado um Auto de entrega e cessão simultânea dos edifícios para o Círculo Meridiano e Mira Leste do Observatório Astronómico da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto – Monte da Virgem – Vila Nova de Gaia, sendo partes intervenientes na escritura a Direcção dos Edifícios e Monumentos do Norte e a Universidade do Porto representada pelo seu Reitor, o Professor Manuel Correia de Barros Júnior.

No livro "Os Edifícios da Universidade do Porto: Projectos", editado pela Universidade do Porto em 1987, lê-se que, à data, o Observatório dispunha de salas de aula, de uma biblioteca e de oficinas, acrescentando-se ainda que o edifício se encontrava "organizado em cave e dois pisos, [era] de uma arquitectura sem pretensões – um volume recortado de modo a tornar clara uma das entradas e a valorizar a outra, a principal, que se abriga sob uma varanda do piso superior." [pp. 42-43].

Ao longo dos anos, o Observatório acolheu estudantes de todos os graus de ensino. Para além de visitas de estudo, esteve aberto ao público em ocasiões como a passagem do cometa Hale-Bopp em 1997 e o eclipse solar de Agosto de 1999.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2017 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2011-07-12 Página gerada em: 2017-09-26 às 21:03:10