Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page is not available in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Ensino > U.Verão - edição 2010: Pólo de Baião

Ensino

Módulo do Pólo de Baião

6 a 9 de Julho de 2010

Módulo de Literatura: Contar Eça pelos contos (O itinerário estético de Eça de Queiroz)
Módulo de Arquitectura Paisagística: A Paisagem das Serras

Módulo de Literatura: Contar Eça pelos contos (O itinerário estético de Eça de Queirós)

Coordenação geral: Profa. Doutora Isabel Pires de Lima
Calendário: 6 a 9 de Julho de 2010
Carga horária: 25 horas de contacto
Créditos: 1 crédito ECTS (U.Porto); 1 U.C (CCPFC)
Local: Porto e Baião

Apresentação

O módulo “Contar Eça pelos contos” visa revisitar e percorrer o itinerário estético de Eça de Queirós, desde a adesão ao paradigma realista naturalista e seu posterior questionamento até às práticas antecipativas da modernidade, através da narrativa breve, centrando-se especialmente nos seguintes contos: Singularidades de uma rapariga loira; No moinho; Civilização e José Matias.

Programa

A - Estudo dos contos:
1. Singularidades de uma rapariga loira
2. No moinho
3. Civilização
4. José Matias.

B - Visionamento do recente filme de Manuel de Oliveira, Singularidades de uma rapariga loira e debate.
C - Visita à Quinta de Tormes (sede da Fundação Eça de Queiroz, em Santa Cruz do Douro), cenário do romance A Cidade e as Serras e fonte de inspiração do conto Civilização.
D - Visita guiada à casa-museu que será ponto de partida para um itinerário queirosiano.

Docentes: Professora Isabel Pires de Lima (FLUP).

Módulo de Arquitectura Paisagística: A Paisagem das Serras

Coordenação geral: Prof. Doutor Paulo Farinha Marques
Calendário: 6 , 7, 8 e 9 de Julho de 2010
Carga horária: 25 horas de contacto
Créditos: 1 crédito ECTS (U.Porto)
Local: Fundação Eça de Queirós, Quinta de Vila Nova/Tormes; Santa Cruz do Douro - Baião

Apresentação

A paisagem identifica uma das relações mais profundas e complexas da humanidade com o território. É o resultado sensorial da interacção múltipla e complexa entre metabolismo natural dos ecossistemas e a presença humana, constituindo a face visível do território e um dos seus mais explícitos indicadores. Durante o século XX a paisagem do norte de Portugal em geral e a de Baião em particular, divulgou-se ao nível nacional e internacional, por um dos seus mais notáveis narradores, a partir do romance “A Cidade e as Serras”.
Eça foi neste e noutros escritos um eficaz analista e interpretador da paisagem portuguesa, sobretudo a do noroeste, traduzindo-a em espaços de celebração e valor. Hoje, com este módulo pretende-se retomar o exercício queirosiano, analisando e interpretando a paisagem das serras em algumas das suas vertentes biofísicas e culturais, de modo a sintetizar mais uma vez a sua melhor compreensão e contribuir para o aumento do seu conhecimento e valorização. Neste país acidentado e antigo, constituem as serras um dos seus territórios identitários mais significativos. Conhecê-las é gostar delas; conhecê-las é potenciá-las.

Programa

6 de Julho - A GEOLOGIA DAS SERRAS: Alexandre Lima e Jorge Espinha
Manhã: 9h30 – 12h30
- A Geomorfologia das Serras;
- As Águas e os Solos das Serras

Tarde: 15h00 – 19h00
- Visita de Campo

7 de Julho - A ECOLOGIA DAS SERRAS: João Honrado e Paulo Célio Alves
Manhã: 9h30 – 12h30
- As Plantas das Serras;
- Os Animais das Serras;

Tarde: 15h00 – 19h00
Visita de Campo

8 de Julho - A HISTÓRIA DAS SERRAS: Carla Stockler
Manhã: 9h30 – 12h30
- A Arqueologia das Serras;
- Os Povoados das Serras;

Tarde: 15h00 – 19h00
Visita de Campo

9 de Julho - A CIDADE E AS SERRAS: Paulo Farinha Marques e Teresa Andresen
Manhã: 9h30 – 12h30
- A Paisagem das Serras em Eça de Queiroz
- Os Jardins das Serras ou a celebração do Jardim de Jacinto

Tarde: 15h00 – 19h00
Visita de Campo

Docentes: Prof. Doutor Paulo Farinha Marques, Profa. Doutora Teresa Andresen, Doutora Carla Stockler ; Prof. Doutor João Honrado e Prof. Doutor Paulo Célio Alves, Prof. Doutor Alexandre Lima e Prof. Doutor Jorge Espinha (Faculdade de Ciências da U.Porto).
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2011-06-03 Página gerada em: 2019-02-20 às 22:26:06