Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Hoje é domingo
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: José Carneiro da Silva

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

José Carneiro da Silva

Retrato de José Carneiro da Silva / Portrait of José Carneiro da Silva José Carneiro da Silva
1791-1853
Matemático e professor universitário



José Carneiro da Silva nasceu na rua de Trás, paróquia da Vitória, no Porto, a 14 de abril de 1791. Era filho de Manuel José Carneiro e de D. Ana Clara de Santa Rosa.

No ano letivo de 1809-1810 matriculou-se na Academia Real da Marinha e Comércio da Cidade do Porto, onde frequentou o curso de Matemática. Foi premiado nos dois primeiros anos matemáticos. Fez exame a "aparelho e manobra naval", em 1812, o "ato" de Astronomia (3.ª cadeira), em 1815, e realizou o exame geral do curso, em 1818. Nesta Academia frequentou, igualmente, as disciplinas de Francês e Inglês. José Carneiro da Silva diplomou-se, também, pela Universidade de Coimbra.

Em 1820 foi nomeado lente substituto de Matemática da Academia Real de Marinha e Comércio por carta régia de 13 de abril, indo ocupar o lugar deixado vago pelo professor João Carlos de Miranda, que fora promovido. Tomou posse a 13 de agosto daquele ano.
Adepto do liberalismo, foi demitido do exercício de funções em 13 de maio de 1829 pelo governo de D. Miguel. Regressou ao lugar uns anos mais tarde, após as mudanças políticas, mas acabou por ser exonerado em 1836, por decreto de 19 de julho.
Com a lei de 19 de outubro e o decreto de 9 de dezembro de 1840, Carneiro da Silva e os demais professores exonerados da Academia Real de Marinha e Comércio ficaram "adidos" à Academia Politécnica do Porto, até lhes ser atribuído um novo serviço condizente com a sua categoria.
Em 1840, pelo decreto de 15 de dezembro, e em 1841, pela carta régia de 12 de Maio, José Carneiro da Silva foi nomeado lente da 7.ª cadeira, tornando-se, assim, o primeiro professor de Zoologia na Academia Politécnica do Porto.

Na companhia de outros homens de igual modo cultos, Carneiro da Silva frequentou a tertúlia da livraria de Nicolau Moré, situada no quarteirão sul da Praça Nova, atual Praça da Liberdade, no Porto.

Faleceu no Porto a 27 de abril de 1853.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2011)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-07-06 Página gerada em: 2018-12-16 às 04:28:34