Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto: Guilherme António Correia

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Guilherme António Correia

Auto-retrato de Guilherme Correia (Museu Nacional de Soares dos Reis) / Self-portrait of Guilherme Correia (Soares dos Reis National Museum) Guilherme António Correia
1829-1901
Pintor e professor



Litografia de D. Jerónimo José da Costa Rebello, por Guilherme António Correia / Lithography of D. Jerónimo José da Costa Rebello, by Guilherme António CorreiaGuilherme António Correia, filho de António José Correia e de Tomásia Rosa Graça e irmão de João António Correia (1822-1896), nasceu na Freguesia da Sé, no Porto, a 23 de Maio de 1829.
Iniciou a aprendizagem em Desenho e Pintura com o irmão, de quem foi discípulo na Academia Portuense de Belas Artes, onde cursou Pintura entre 1840 e 1849.
Nesta Escola frequentou a Aula de Anatomia como aluno voluntário (1840-1842) e ordinário (1843), a Aula de Perspectiva como aluno voluntário (1840-1842) e ordinário (1843), a Aula de Pintura Histórica como aluno voluntário (1844) e, ainda, a Aula de Arquitetura como aluno ordinário e voluntário (1848-1849).

Prosseguiu os estudos em Paris, com uma subscrição particular liderada por Joaquim Torcato Álvares Ribeiro (1803-1868), lente e diretor da Academia Politécnica do Porto. Frequentou o ateliê de Adolphe Yvon (1817-1893), mestre que, na apresentação ao "concours des Places", em 1851, certificou que o candidato estava preparado para o concurso de acesso à Escola Nacional de Belas Artes de Paris. Terá também recebido ensinamentos de Horace Vernet, Nanteuil, Petitot e Robert Fleury.

Litografia de Santa Margarida de Cortona, do pintor Guilherme António Correia / Lithography of Santa Margarida de Cortona, by the painter Guilherme António CorreiaDe volta a Portugal, dedicou-se à pintura de retrato e à regência de aulas particulares. Traçou o frontispício do Teatro Baquet (1858-1888), mandado erigir pelo alfaiate António Pereira Baquet. Fez parte do júri da Secção de Belas Artes da Exposição Internacional do Porto de 1865. Foi nomeado Académico de Mérito da Academia Portuense de Belas Artes, em 1867 e, três anos depois, integrou o corpo de docentes do Instituto Industrial do Porto, como lente da 8.ª Cadeira - Desenho de Ornato -, tendo apresentado a dissertação "Artes do Desenho".

Dom João de Portugal, litografia de Guilherme António Correia / Dom João de Portugal, lithography by Guilherme António CorreiaGuilherme Correia foi um reputado desenhador e litógrafo. Nesta área destacam-se as litografias do retrato do Bispo do Porto, D. Jerónimo José da Costa Rebello, de Santa Margarida de Cortona, sobre um trabalho do pintor Vieira Portuense, e de "Dom João Rei de Portugal", trabalho realizado a partir de um desenho de Miguel Ângelo Lupi (1826-1883), publicado em França em 1866.

Guilherme António Correia ficou viúvo de D. Albina Júlia Correia em 1890 e faleceu onze anos depois, no Porto, a 10 de Junho de 1901. Apesar de nunca ter alcançado a reputação do irmão mais velho, o pintor António Correia, partilhou com ele algum protagonismo no panorama artístico do Porto oitocentista.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2011)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-07-06 Página gerada em: 2019-01-23 às 10:13:04