Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Convento de S. José e Santa Teresa das Carmelitas Descalças

Memória U.Porto

Enquadramento Urbano do Edifício da Reitoria da U.Porto - Praça de Guilherme Gomes Fernandes

Convento de S. José e Santa Teresa das Carmelitas Descalças

A Rua das Carmelitas num Postal Alberto Ferreira da Tipografia Peninsular / The Rua das Carmelitas (Postcard Alberto Ferreira of the Peninsular Typography)A autorização para a fundação do Convento de S. José e Santa Teresa de Religiosas Carmelitas Descalças, pedida por Frei Pedro de Jesus, Geral dos Carmelitas Descalços, foi concedida por D. Pedro I em 1701 e obteve a bênção do bispo D. José de Santa Maria. As obras de construção levaram cerca de duas décadas até ficarem concluídas.

Após a extinção do convento, em 1833, as suas instalações acolheram a Escola Normal, a Direcção das Obras Públicas, os Correios e Telégrafos, o Teatro Variedades, entre outros serviços, e nos terrenos da sua cerca tiveram lugar uma série de diversões (exibições de animais ferozes, espectáculos de variedades e circo), para além de peças de teatro popular. E até um Mercado de Ferro Velho.

Fotografia do Edifício em estilo Arte Nova, da Rua da Galeria de Paris, Porto / Photo of the Art Nouveau Building, in Rua da Galeria de Paris, PortoA cerca do convento deu lugar à Rua da Galeria de Paris, projectada para ter uma cobertura envidraçada à moda das galerias parisienses, onde, em 1906, se ergueu um edifício em estilo Arte Nova classificado como imóvel de interesse público.

Hoje em dia, esta rua é uma das mais animadas da baixa portuense, atraindo estudantes universitários e turistas de várias nacionalidades.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2011-09-29 Página gerada em: 2018-12-18 às 17:52:55