Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Enquadramento do Edifício da Reitoria: João de Almada e Melo

Memória U.Porto

Edifício da Reitoria da U.Porto - Enquadramento

João de Almada e Melo (1703-1786)

João Manuel de Almada e Melo nasceu em Troviscoso, termo de Monção, a 15 de Agosto de 1703. Era filho do brigadeiro António José de Almada e Melo, senhor de Vila Nova de Souto de El-rei, Alcaide-Mor de Palmela e Morgado dos Olivais, e de D. Maria Josefa de Lima da Cunha Velho, filha do Governador da Praça de Monção, Francisco da Cunha da Silva. Como irmãos teve D. Maria Luísa Engrácia de Mendonça, Francisco de Almada e Mendonça, 1.º visconde de Vila Nova de Souto de El-rei, e Alexandre de Sousa de Almada. Foi batizado na freguesia de Santa Maria dos Anjos no dia 3 de Setembro, tendo sido seu padrinho o mestre de Campo, D. João Manuel de Noronha.

João de Almada e Melo foi 7.º senhor do Morgado dos Olivais, 11.º senhor da Albergaria da Madalena e 1.º Arminhão, 8.º Alcaide-mor de Palmela, conselheiro de El-rei, Comendador de Cristo, moço fidalgo da Casa Real, Governador das Justiças e Relação da Casa do Porto.

Com 15 anos iniciou uma carreira militar, assentando praça na vedoria de Viana. Em 1735 ascendeu ao posto de Capitão, sendo destacado para a guarnição da cidade de Portalegre. Passou também pelas praças de Monção e de Elvas e, em 1745, foi promovido a Coronel pelo regimento de Cascais.

Pensa-se que a primeira notícia da sua ligação ao Porto date de 29 de Junho de 1735, depois da qual terá visitado a cidade por diversas vezes.

Fotografia do Busto de Francisco de Almada e Mendonça no cemitério do Prado do Repouso / Photo of the bust of Francisco de Almada e Mendonça at Prado do Repouso cemeteryCom 49 anos de idade casou com D. Ana Joaquina de Lencastre, viúva de Gonçalves de Almeida de Sousa e Sá, mãe de 12 ou 13 filhos. O casamento teve lugar na casa desta, na Quinta do Paço, em Valadares, Vila Nova de Gaia. Do enlace nasceram António José de Almada e Melo (1753-1789), futuro 2.º visconde de Vila Nova de Souto de El-rei, e Francisco de Almada e Mendonça, que veio a ser corregedor e provedor da comarca do Porto.

João de Almada e Melo encontrava-se em Lisboa, em 1755, quando ocorreu o terramoto, tendo-lhe sido confiada a guarda do rei D. José I, na Real Barraca. Em 1757, depois do "levantamento" popular do Porto, fixou-se nesta cidade, no Palácio do Corpo da Guarda, para desempenhar o cargo Governador de Armas.

Durante os anos seguintes (1758-1761) foi brigadeiro, Presidente da Junta da Marinha do Porto, governador militar das províncias do Minho e Trás-os-Montes, Presidente da Junta das Obras Públicas (1763-1786), Governador das Justiças e Casa do Porto (1765-1786) e Diretor do Depósito Público do Porto (1774). Destacou-se à frente da Junta das Obras Públicas, organismo onde desenvolveu uma política de modernização da cidade de Lisboa, abrindo e renovando eixos viários, construindo obras públicas, contribuindo para a formação de um novo modelo arquitetónico e do assentamento de normas para o licenciamento de obras particulares.

Desenho do Teatro do Corpo da Guarda, do arquitecto Mário Bonito / Drawing of Corpo da Guarda theater, by architect Mário BonitoMilitar e político, Almada e Melo foi também um homem dedicado à cultura e ao ensino. É considerado o introdutor do Teatro Lírico no Porto e até mesmo em Portugal devido à sua atuação no Teatro do Corpo da Guarda, ativo entre 1760 e 1797. Pensa-se que terá estado ligado à Arcádia Lusitana Portuense.

Enquanto Presidente da Junta da Marinha, João de Almada e Melo teve um papel decisivo na criação da Aula de Náutica.

Executante do projeto pombalino no Norte de Portugal, João de Almada e Melo manteve-se fiel a Sebastião José de Carvalho e Melo, mesmo depois da morte do rei, em 1777.

Faleceu no dia 3 de Outubro de 1786 e foi sepultado no jazigo de família, na capela da Senhora de Rosa, na igreja matriz de Monção.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-29 Página gerada em: 2019-01-23 às 18:32:54