Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Hoje é domingo
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Alfredo Queiroz Ribeiro

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Alfredo Queiroz Ribeiro

Fotografia de Alfredo Queiroz Ribeiro Alfredo Queiroz Ribeiro
1939-1974
Escultor e professor universitário



Alfredo Queiroz Ribeiro nasceu na Beira, Moçambique, em 1939.

Muito jovem fixou-se no Porto para estudar. Nesta cidade frequentou o Curso de Escultura da Escola Superior de Belas Artes do Porto, entre 1959 e 1964, durante o qual também se dedicou à cerâmica e à pintura, e participou nas exposições dos Novíssimos e em mostras na ESBAP, na Cooperativa Árvore e no Centro de Arte de Évora.

Em 1964 estreou-se a expor a solo na Galeria Divulgação, no Porto, e obteve o Prémio de Escultura "Mestre Manuel Pereira", do Secretariado Nacional de Informação.

Em 1965 expôs novamente em Lisboa e no Porto, mas em Abril desse ano interrompeu todas as atividades artísticas para cumprir o serviço militar obrigatório (dois anos no continente e dois na Guiné).

De regresso à vida civil, expôs individualmente na Galeria Alvarez, no Porto, em 1969, e integrou uma coletiva na Galeria Quadrante, em Lisboa.

Entre 1970 e 1972 prosseguiu os estudos de Escultura na Saint Martins School of Art de Londres, na qualidade de bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian. Durante os anos passados na capital britânica aderiu aos materiais pré-fabricados e aos objects trouvés, que usou em assemblages simples e sem significado.

Em 1974 foi viver para Liverpool, onde trabalhou como Senior Lecturer no Departamento de Escultura da Liverpool Polytechnic. Nesta nova fase da sua carreira produziu esculturas abstratas de grande rigor geométrico, próprio da tecnologia industrial, e também serigrafia e litografia. Expôs na Liverpool Academy Gallery e na Bluecoat Gallery e na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Acção Cultural elaborada pelo Grupro Acre, Rua do Carmo, Lisboa, Agosto de 1974Em 1974 repetiu a mostra da Gulbenkian na Cooperativa Árvore, no Porto, fundou o Grupo ACRE com os colegas Clara Menéres e Lima de Carvalho.

Alfredo Queiroz Ribeiro participou nos Encontros Internacionais de Arte da Galeria Alvarez e produziu trabalhos para entidades públicas e privadas. Tem obras suas em coleções nacionais e estrangeiras.

Este artista pioneiro da renovação da escultura portuguesa, filiado no movimento pós-minimalista britânico e americano, morreu no Porto, em 1974, sem ter tido tempo de consolidar uma carreira promissora.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-29 Página gerada em: 2018-12-16 às 04:12:35