Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Hoje é domingo
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Januário Godinho

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Januário Godinho

Fotografia de Januário Godinho Januário Godinho
1910-1990
Arquiteto



Januário Godinho de Almeida nasceu em Santa Maria da Válega, Ovar, a 16 de Agosto de 1910. Era filho de António Godinho de Almeida e de Albina de Jesus Lopes Godinho.

Estudou Arquitetura na Escola Superior de Belas Artes do Porto, entre 1925 e 1930.

Onze anos mais tarde obteve o diploma de Arquiteto com o estudo para o Hotel do Parque-Vidago, no qual já contemplou algumas das principais preocupações que o acompanharam ao longo da carreira, tais como a interpretação do lugar, as acessibilidades, a relação entre a paisagem e o espaço interior e a escolha de materiais.

Edifício Frigorífico do Peixe de Massarelos de Januário GodinhoNos anos trinta do século XX iniciou o período de estágio, em colaboração com o arquiteto portuense Rogério de Azevedo, durante o qual projetou uma das suas mais importantes obras – o Mercado do Peixe, de Massarelos –, que denota influências da Art Déco e do neoplasticismo holandês.

Edifício da Estaçao União Eléctrica PortuguesaDurante a sua carreira distanciou-se de alguns dos modelos mais recorrentes na Europa Central, optando por uma arquitetura que conciliava o moderno e o contemporâneo, a tradição e o sítio e que prenunciava o regionalismo crítico.

Pousada da Barragem de Venda Nova (HICA)Trabalhou um pouco por todo o país em diversificadas obras de arquitetura e urbanismo. Das muitas obras que criou destacam-se as construções para a Hidroelétrica do Cávado (anos 40 e 60), as pousadas no Norte, blocos residenciais, palácios de justiça, como o de Vila do Conde (1953), mercados como o de Ovar (1950), a Câmara Municipal e o Tribunal de Vila Nova de Famalicão (1961), a Estação da União Elétrica Portuguesa, no Porto (anos 50 e 60) e os planos de urbanização para a Baixa de Amarante (1965) e de Coimbra (1968).

Januário Godinho faleceu no Porto, em 1990.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-22 Página gerada em: 2018-12-16 às 11:23:53