Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Emília Silvestre

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Emília Silvestre

Fotografia de Emília Silvestre Emília Silvestre
1960-
Atriz e professora de Teatro



Maria Emília Cabral Silvestre nasceu no Porto a 29 de Maio de 1960.

Desde criança que gostava de fazer "teatros" na casa da avó, nos quais os irmãos eram chamados a participar ou simplesmente a assistir, mas só mais tarde veio a frequentar o Teatro. O seu sonho de menina era ser freira, devido ao fascínio exercido pelas religiosas (traje, ritual, pose e voz) que povoavam o colégio onde estudou.

No Liceu Carolina Michaelis foi induzida a fazer testes para uma adaptação d' "A Bela Adormecida", encenada por Correia Alves, na qual conseguiu o papel da protagonista, o que lhe valeu a convicção, por parte do seu promotor, de que seria futuramente uma atriz.

Contudo, a experiência teatral mais decisiva teve lugar em 1973, quando participou no primeiro espetáculo da Companhia Seiva Trupe, com uma peça dedicada às crianças e intitulada "Muscalim na Praça dos Brinquedos". Foi na sequência da participação nesta peça que, um ano depois, integrou o elenco do Teatro Experimental do Porto, no qual se conservou até 1986.

Emília Silvestre na Peça Turismo Infinito no Teatro S. João.jpgNo decurso da sua carreira artística fez parte de outras companhias teatrais ("Tear", "Os Comediantes" e a do "Teatro de S. João"), representou obras de autores, clássicos e contemporâneos, como William Shakespear, Tchékhov e Bertolt Brecht e trabalhou com grandes encenadores, como Ricardo Pais, Rogério Paulo, Robert Delawere, Merino, Blanco-Gil, José Cayolla, Moncho Rodriguez, Fernando Gusmão, Fernanda Lapa, Rogério de Carvalho, Toni Servillo, Nuno Carinhas, João Grosso, Carlos Pimenta.

Para além de dirigir dobragens, na TV participou em séries como "A Viúva do Enforcado", "Club Paraíso", "Os Andrades", "Ora Viva", "Elsa uma Mulher Assim", "Triângulo J" e na peça "O Motim". No cinema protagonizou uma personagem do filme "Terra Fria", de Jorge Campos, e na rádio fez spots publicitários e gravou peças teatrais.

Emília Silvestre frequentou cursos de interpretação, de voz e de locução, com profissionais como M. Shelly e Lynn A., Roberto Merino, Polina Klimovetskaya, Julie-Wilson Dickson, Luís Madureira e Kuniaki Ida. E 1996, com Jorge Pinto, fundou o Grupo Ensemble – Sociedade de Atores.

Em paralelo com as atividades artísticas, a atriz, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, também se dedica ao ensino, lecionando na Academia Contemporânea do Espetáculo e na Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo, no Porto.

Em 2001 foi distinguida pela Câmara Municipal do Porto com a Medalha de Mérito Cultural, grau de Ouro, e, em 2007, recebeu da Associação de Críticos de Teatro o Prémio Menção Honrosa Especial pela sua carreira.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2009)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-22 Página gerada em: 2019-01-23 às 10:02:31