Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Docentes e Estudantes da 1ª Faculdade de Letras da Universidade do Porto: Urbano Canuto Soares

Memória U.Porto

Docentes e Estudantes da Primeira Faculdade de Letras da Universidade do Porto

Urbano Canuto Soares


Inexistência de fotografia de Urbano Canuto Soares

1894 – [?]
Professor Universitário e Filólogo



Natural da cidade do Funchal, Urbano Canuto Soares nasceu a 19 de Janeiro de 1894. Concluiu os estudos liceais nessa cidade e só mais tarde é que se deslocou ao continente para prosseguir a sua formação académica. Matriculou-se no curso de Filologia Clássica da Faculdade de Letras de Lisboa, onde desde cedo mostrou a sua apetência pela Filologia e pelo Latim através dos trabalhos que publicou. Concluiu o bacharelato com a classificação de 16 valores no ano letivo de 1916-1917.

Uma vez terminado o curso regressou à sua cidade natal e aí se dedicou a investigar a vida e obra do Padre Manuel Álvares, pois para tal fora incumbido pelo Ministério da Instrução Pública.
Durante o verão de 1919 foi convidado para assumir funções docentes na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, criada nesse ano. O convite foi-lhe endereçado por Leonardo Coimbra, fundador dessa instituição e, na altura, Ministro da Instrução Pública.

Até 1921 desempenhou funções como professor contratado do 1.º Grupo (Filologia Clássica) e mais tarde foi reconduzido pelo Governo no cargo de professor ordinário, convertido em professor catedrático após a Reforma de 1926. Manteve-se na Faculdade de Letras até ao seu encerramento, em 1928.

Ainda durante o ano de 1921, Urbano Canuto Soares foi indicado pela Universidade do Porto para proferir a saudação em Latim, e para a elaborar os diplomas doutorais a entregar durante a cerimónia de Doutoramento Honoris Causa em honra do Soldado Desconhecido ao Marechal Joffre (em representação da França), ao Generalíssimo Diaz (em representação da Itália) e ao General Smith Dorrien, em representação da Grã-Bretanha.

Na Faculdade de Letras, onde regeu as cadeiras de Língua e Literatura Latina, Língua e Literatura Grega, Latim Medieval e Bárbaro, Curso Elementar de Grego, Gramática Comparada do Grego e Latim e Paleografia, o Conselho Escolar atribui-lhe o grau de Doutor em Letras – Filologia Clássica, a 23 de Outubro de 1926.

Depois de ter interrompido a sua carreira docente na Universidade do Porto, Canuto Soares foi colocado na situação de adido. Lecionou, então, no Liceu Gil Vicente, em Lisboa, até ser convidado pelo Professor Teodoro Ramos para ingressar como professor convidado na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de S. Paulo. Aqui foi professor catedrático de Latim entre 1939 e 1954, desconhecendo-se o seu percurso profissional posterior a esta data.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2008)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2021 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-20 Página gerada em: 2021-10-25 às 03:14:51