Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english Ajuda Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Notícias > "TORRE BELA", «filme mítico de uma ocupação mítica», sessão com debate a 15 Out.

"TORRE BELA", «filme mítico de uma ocupação mítica», sessão com debate a 15 Out.

Sessões às 18h30 e 22h, Teatro do Campo Alegre

É um «filme mítico de uma ocupação mítica» e chega agora às salas (tinha tido algumas breves exibições), 3 décadas depois, pela mão do produtor e exibidor Paulo Branco, naquele que é «o acontecimento de maior importância simbólica deste final de Verão» (João Lopes).

Em Abril de 1975, camponeses sem terra e sem trabalho, analfabetos, deserdados ocuparam a herdade de Torre Bela, feudo do Duque de Lafões, mais de mil e quinhentos hectares onde nada se cultivava, e aí constituíram uma cooperativa. Foi uma acção espontânea, 572 dias que abalaram o Ribatejo, que contou com a colaboração do MFA. Por lá passara, Zeca, Sérgio Godinho, Vitorino. O alemão Thomas Harlan filmou os acontecimentos, e Torre Bela, o filme, é «um dos mais notáveis documentários feitos no imediato pós-25 de Abril». Pode ser visto no Teatro do Campo Alegre, a partir de 11 de Outubro (sessões às 18h30 e 22h).

Na próxima segunda-feira, 15 de Outubro, a sessão das 22h será seguida de um debate com João Teixeira Lopes (sociólogo e professor), Jorge Campos (documentarista e professor), Pedro Baptista (escritor e professor de Ciência Política), com moderação do jornalista Alberto Serra.

TORRE BELA
um filme de Tomas Harlan

"É preciso ver este filme, se queremos ser portugueses e ter a mania de ter ideias sobre Portugal."
Luís Miguel Oliveira, Público ****

"Estamos perante um dos mais notáveis documentários feitos no imediato pós-25 de Abril."
João Lopes, Première

"Uma obra rara e preciosa."
Rodrigues da Silva, JL

"A experiência de Torre Bela, gesto político e utópico como poucos no cinema, é um património da história de Portugal do último quartel do século XX. [...] É, ainda hoje, o filme que melhor retrata o pós-25 de Abril."
Francisco Ferreira, Expresso ****

"Torre Bela é, antes do mais, um desses documentos extraordinários que surgem por vezes no coração das lutas ou das situações-limite, quando a obstinação em "continuar a filmar" leva a melhor sobre todas as ideias preconcebidas ou não, comprometidas ou não, daquele que filma. Os amadores do "real", os canibais do "sur le vif" (no número dos quais nos contamos) ficarão pois siderados com o filme de Thomas Harlan. Raramente se terá visto melhor o fazer e o desfazer de uma colectividade singular em si e feita ela própria de singularidades, apanhada num processo político em que ela é a verdade cega e o ponto da utopia."
Serge Daney, Cahiers du Cinema
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2018 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Página gerada em: 2018-08-14 às 20:06:33