Saltar para:
Logótipo SIGARRA U.Porto
This page in english A Ajuda Contextual não se encontra disponível Autenticar-se
Você está em: U. Porto > Memória U.Porto > Antigos Estudantes Ilustres U.Porto: Maximiano Lemos

Memória U.Porto

Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto

Maximiano Lemos

Retrato de Maximiano Lemos Maximiano Lemos
1860-1923
Médico, professor universitário e historiador da Medicina



Selo de Maximiano Lemos (1966)Maximiano Augusto de Oliveira Lemos Júnior nasceu em S. Faustino, Peso da Régua, a 8 de Agosto de 1860.

No dia 30 de Setembro de 1876 inscreveu-se no primeiro ano da Escola Médico-Cirúrgica do Porto, depois de ter sido aprovado nos exames de Química, Física, Zoologia e Botânica da Academia Politécnica, escola onde se matriculara a 12 de Outubro de 1875. Em 16 de Julho de 1881 concluiu o curso de Medicina e Cirurgia com a defesa da respetiva dissertação.

Em 1889 ocupou uma vaga de substituto da secção médica e, seis anos depois, ascendeu ao cargo de lente proprietário de Medicina Legal (1895), que veio a ocupar cinco anos mais tarde (1900).

Livro História da Medicina em PortugalEntre 1895 e 1900 regeu a cadeira de Patologia Geral onde a História da Medicina era lecionada e, em 1916, foi-lhe atribuída a regência da cadeira de História da Medicina, acabada de criar, que assegurou até à data do seu falecimento.

Foi Director da Faculdade de Medicina (1918-1922), Vice-Reitor da Universidade do Porto (1921), Sócio Efectivo e Presidente da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Porto e Sócio Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa, da Sociedade das Ciências Médicas de Lisboa, da Sociedade Portuguesa de Ciências Naturais, da Sociedade de Medicina e Cirurgia da Baía e da Sociedade Alemã de História da Medicina e das Ciências Naturais de Leipzig.

Livro Camilo e os MédicosMaximiano Lemos notabilizou-se, também, como investigador da História da Medicina em Portugal, sendo autor de inúmeros títulos entre os quais se podem citar: "Anuário dos Progressos da Medicina em Portugal" (1884), "História da Medicina em Portugal – Doutrinas e Instituições" (1899), "Amato Lusitano – a sua vida e a sua obra" (1907), "Zacuto Lusitano – a sua vida e a sua obra" (1909), "Ribeiro Sanches – a sua vida e a sua obra" (1911), "Camilo e os Médicos" (1915-1921), a "História da Medicina Peninsular" (1916), "Gomes Coelho e os Médicos" (1922) e "História do Ensino Médico no Porto" (1925).
Morreu em Vila Nova de Gaia a 6 de Outubro de 1923.
(Universidade Digital / Gestão de Informação, 2010)

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Universidade do Porto Termos e Condições Acessibilidade Índice A-Z Livro de Visitas
Última actualização: 2016-06-23 Página gerada em: 2019-01-23 às 10:23:22