Saltar para:
Logótipo
Comuta visibilidade da coluna esquerda
Você está em: Início > Notícias > FLUP | 1 Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) - Mestre | CIC. DIGITAL

Noticias

FLUP | 1 Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) - Mestre | CIC. DIGITAL

Candidaturas até 15 de janeiro

Encontra-se aberto um concurso para a atribuição de uma Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia para Mestre, no âmbito do Projeto CIC.Digital, com a referência UID/CCI/04667/2019, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, financiado por fundos nacionais através da Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT, I.P.), nas seguintes condições:

1. Área Científica: Ciências da Comunicação e da Informação

2. Requisitos de admissão

Podem candidatar-se a esta bolsa todos os indivíduos detentores dos seguintes requisitos, comprovados documentalmente:

a) Mestrado em Ciência da Informação ou Ciências da Comunicação.
b) Competências no domínio da gestão de informação e tecnologias de informação, preferencialmente em contexto universitário.

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira terá de ser reconhecida por instituição de ensino superior portuguesa, nos termos do disposto no Decreto-Lei n.º 341/2007, publicado no Diário da República, 1.ª série, n.º 197, de 12 de outubro, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data do termo do prazo para a candidatura.

3. Condições de preferência:

a) Experiência em Gestão de Ciência e Tecnologia;
b) Experiência no domínio da gestão de informação e tecnologias de informação (produção, organização, classificação, avaliação, armazenamento, recuperação, sistematização e disseminação);
c) Experiência na organização de congressos, seminários, workshops;
d) Experiência no âmbito da gestão de plataformas editoriais e de plataformas de gestão de conferências;
e) Experiência de organização de atividades editoriais, monitorização e de difusão de conhecimento.
f) Experiência na criação e gestão de páginas WEB, redes sociais e outros meios de comunicação de base tecnológica;
g) Experiência na criação e gestão de bases de dados;
h) Bons conhecimentos de informática (bases de dados, edição eletrónica, redes sociais);
i) Competências na aplicação das regras implementadas pela U.Porto ao nível da gestão financeira e contabilística, através da plataforma SIGARRA, e elaboração de relatórios justificativos a apresentar às auditorias;
j) Competências na instrução de procedimentos preparatórios de gestão financeira e áreas afins;
k) Conhecimento de línguas estrangeiras.

4. Plano de trabalhos:

A - Apoio à atividade do CIC.Digital Porto, nomeadamente nas vertentes de:
a. Gestão de informação;
b. Angariação e gestão de projetos;
c. Monitorização e benchmarking estratégico.

B – Apoio à Gestão de Informação:
a. Gestão de informação e de plataformas de comunicação da unidade de I&D (website, zona pública e zona privada, portal, edições eletrónicas, newsletters, entre outros);
b. Apoio à conceção e implementação de ferramentas de comunicação e plataformas intranet e internet;
c. Apoio aos grupos de trabalhos e à preparação de propostas para a dinamização de atividades, iniciativas e serviços nos domínios supramencionados;
d. Apoio ao desenvolvimento de estudos e relatórios, assim como a recolha de informação visando o seu tratamento e disponibilização;
e. Apoio à implementação de serviços de informação e disseminação.

C - Apoio à instrução de procedimentos preparatórios de gestão financeira e gestão das despesas/receitas comuns à Unidade e ligação com os investigadores na apresentação de despesas/receitas e na sua respetiva justificação, contemplando a aplicação dos regulamentos das entidades financiadoras, tendo em conta as regras implementadas pela FLUP e contemplando:
a. a criação de processos individuais de despesa/receita;
b. a realização de consultas e apresentação de orçamentos;
c. a execução de Pedidos de Autorização de Despesa (PADS), Pedidos de Deslocação, Pedidos de Adiantamento ou Folhas de Receita na plataforma SIGARRA;
d. a elaboração de relatórios justificativos a apresentar às auditorias, a anexar ao processo de despesa/receita.

D – Apoio à Gestão de Projetos que visem contribuir para as atividades supramencionadas
a. Identificação e angariação;
b. Preparação de propostas e candidaturas a projetos financiados;
c. Implementação, monitorização e avaliação e gestão técnica e administrativa.
E - Apoio ao processo de gestão e organização de ações científicas, atividades de informação e benchmarking estratégico no âmbito do CIC.Digital Porto.
F – Coordenação de bolseiros no âmbito de projetos em curso, de acordo com o plano de trabalho aprovado pelo Investigador responsável e a Direção do CIC.Digital Porto.

5. Legislação e regulamentação aplicável:

Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto, na redação atualmente em vigor, e Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. aprovado pelo Regulamento n.º 234/2012, na redação atualmente em vigor.

6. Local de trabalho:

O trabalho será desenvolvido no CIC.Digital Porto, sito à Rua dos Bragas, 223 - 1º andar – Edifício UI&D da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, sob a orientação científica e operacional do Coordenador Científico do CIC.Digital Porto ou elemento da Direção por ele designado.

7. Duração da bolsa: 6 meses, em regime de exclusividade, com possibilidade de renovação. Prevê-se que a duração da bolsa seja de 6 meses, estando a sua duração condicionada pelos resultados da avaliação da FCT, I. P. à Unidade CIC.Digital Porto.

8. Valor do subsídio de manutenção mensal:

O montante da bolsa corresponde a 980,00¤, conforme a tabela de valores das bolsas atribuídas pela FCT, I. P., no País. O pagamento será realizado pela FLUP por transferência bancária. Além deste subsídio, o/a bolseiro/a será abrangido por um seguro de acidentes pessoais. Caso a entidade financiadora cesse o financiamento a bolsa cessará de imediato.

9. Métodos de seleção:

O processo de seleção será desenvolvido com base na avaliação curricular (AC) e, caso o júri entenda necessário, em entrevista (E) aos três candidatos melhores classificados na AC.

A classificação final será obtida pela seguinte fórmula: 0,6 x AC + 0,4 x E. Caso não haja entrevista, a classificação final será igual à classificação obtida na AC.

A AC será efetuada com base nos seguintes fatores de avaliação e critérios de ponderação:

a) Média de Licenciatura (10%)
b) Experiência e conhecimento nos requisitos fixados nas alíneas a) a j) das condições de preferência (50%)
c) Competências na aplicação das regras implementadas pela U.Porto ao nível da gestão financeira e contabilística (10%)
d) Competências na instrução de procedimentos preparatórios de gestão financeira e áreas afins (10%)
e) Conhecimento de línguas estrangeiras (20%)

10. Composição do Júri de Seleção:

Presidente – Professor Doutor Armando Malheiro da Silva
1º vogal efetivo – Professora Doutora Maria Manuela Pinto
2º vogal efetivo – Professor Doutor Fernando Zamith
1º vogal suplente – Professor Doutor António Machuco
2º vogal suplente – Professor Doutor Elisa Cerveira

11. Forma de publicitação/notificação dos resultados:
Os resultados finais da avaliação serão divulgados através do envio de ata(s) via correspondência registada para a morada indicada pelos/as candidatos/as no CV/Carta de Motivação. Quando o número de candidaturas for superior a 50, os/as candidatos/as serão notificados/as via email.

12. Forma de apresentação das candidaturas e prazo de candidatura:

O concurso encontra-se aberto de 26 de dezembro de 2018 a 15 de janeiro de 2019.

As candidaturas deverão ser formalizadas, obrigatoriamente, através de email para o endereço candidaturasrh@sp.up.pt, com conhecimento para cic.digital.porto@letras.up.pt,com a ref.ª “FLUP | BGCT | CIC.DIGITAL” no assunto, acompanhadas dos seguintes documentos:

a) Carta de motivação;
b) Curriculum Vitae, com indicação do nome e morada completos;
c) Cópia do(s) certificado(s) da(s) habilitação(ões);
d) Comprovativos da experiência exigida;
e) Documentos considerados relevantes para comprovar documentalmente as condições preferenciais de seleção enunciadas neste edital;
f) Quaisquer documentos que os candidatos entendam ser relevantes para apreciação do seu mérito.

Solicita-se que os comprovativos sejam anexados diretamente à mensagem de candidatura, sem recurso a links para plataformas/drives externas. De forma a garantir a leitura de todos os documentos o formato preferencial de gravação é o Portable Document Format (.pdf). Os ficheiros devem ser designados com o primeiro e último nome do/a candidato/a e não ultrapassar, no seu conjunto, 5 MB. Estes poderão ser comprimidos em formato .zip.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2019 © Serviços Partilhados da Universidade do Porto I Termos e Condições I Acessibilidade I Índice A-Z I Livro de Visitas
Página gerada em: 2019-01-23 às 18:37:00 | Política de Utilização Aceitável | Política de Proteção de Dados Pessoais